Home Noticiário Nacional Ministério da Defesa é o mais afetado nos cortes orçamentários do governo

Ministério da Defesa é o mais afetado nos cortes orçamentários do governo

719
10

KC-390 em voo

A Pasta aplicou R$ 2,8 bilhões a menos no primeiro quadrimeste deste ano, em relação ao mesmo período de 2014

Marina Dutra

ClippingNEWS-PAO ajuste fiscal atingiu em cheio os repasses para a Política Nacional de Defesa (PND), programa coordenado pelo Ministério da Defesa que engloba as ações destinadas à defesa nacional. Até o fim de abril, apenas R$ 2,2 bilhões foram destinados às iniciativas da PND, valor que corresponde a 12% do orçamento autorizado para o programa durante todo o exercício – R$ 18 bilhões.

A quantia repassada ao Ministério da Defesa para a gestão do PND é inferior em mais de 50% ao transferido para o órgão até o mês quatro de 2014. No exercício passado, R$ 4,7 bilhões já haviam sido aplicado nas iniciativas do programa.

Voltada essencialmente para ameaças externas, a Política Nacional de Defesa estabelece objetivos e orientações para o preparo e o emprego dos setores militar e civil em todas as esferas do Poder, em prol da defesa nacional.

Questionado sobre a queda nas aplicações, o Ministério da Defesa não respondeu a solicitação do Contas Abertas. No entanto, o impacto do corte pode ser notado na execução orçamentária de várias ações.

O Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB), por exemplo, recebeu até abril apenas 2% (R$ 32,4 milhões) do valor autorizado para a iniciativa no Orçamento – R$ 1,7 bilhão. O restante do recursos repassados ao SISCEAB (R$ 296,1 milhões) corresponde a quitação de despesas de exercícios passados (restos a pagar).

O atraso nos pagamentos à iniciativa compromete a circulação segura do tráfego aéreo civil e militar no espaço aéreo brasileiro, pois a iniciativa tem como objetivo a ampliação da capacidade de defesa aérea, o controle do espaço e a segurança do voo.

Outra iniciativa cujos repasses estão praticamente parados é a que prevê a implantação de estaleiro e base naval para construção e manutenção de submarinos convencionais e nucleares. Dos R$ 1,1 bilhão autorizados pela Lei Orçamentária para a ação, apenas 8% foram desembolsados até abril (R$ 89 milhões). O valor inclui os restos a pagar pagos. No ano passado, R$ 776,4 milhões já haviam sido aplicados na iniciativa no mesmo período.

As ações de aquisição e desenvolvimento do Cargueiro Tático de 10 a 20 toneladas, em sua versão de reabastecedor aéreo (Projeto KC-X), também foram prejudicadas pelos cortes. A iniciativa recebeu até abril R$ 114 milhões, valor que corresponde a 7% dos R$ 1,6 bilhão liberados para o projeto. No mesmo período do ano passado, R$ 260,5 milhões já haviam sido repassados. Na versão civil, o cargueiro destina-se ao atendimento da necessidade de transporte de carga das empresas aéreas comerciais nacionais e da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) na reformulação da Rede Postal Noturna (RPN).

Gripen NG Mock-up

Os R$ 1 bilhão autorizados no Orçamento de 2015 para a aquisição de 36 aeronaves de caça com armamentos, simuladores de voo e outros serviços de integração de sistemas nem chegaram a ser empenhados (comprometidos para pagamento posterior). Os recursos têm como finalidade a manutenção da capacidade da Força Aérea Brasileira de realizar suas missões constitucionais de defesa do espaço aéreo nacional. Confira aqui tabela com outras ações da PND.

Investimentos
Considerados apenas os investimentos, o Ministério da Defesa foi o mais afetado pelas retrações que atingiram 23 órgãos. A Pasta aplicou R$ 2,8 bilhões a menos no primeiro quadrimeste deste ano, em relação ao mesmo período de 2014. As aplicações passaram de R$ 4,4 bilhões para R$ 1,6 bilhão. O órgão afirmou que o atraso na aprovação do orçamento teve impacto na redução dos investimentos, mas não respondeu se o corte atrapalhou o andamento das ações do Ministério.

FONTE: www.contasabertas.com.br

10
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
a.cancadowfeitosa_RJ_MarcosAugusto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Nada de novo. Em linha com o que aconteceu no passado. Todas as vezes que o GF precisa enxugar o gasto é a Defesa a mais penalizada.

Enquanto isso ….
Dilma triplica repasse a partidos: R$ 867,5 milhões

Alfredo Araujo
Visitante
Member
Alfredo Araujo

Enquanto isso na Índia, saiu uma lista de novas compras a serem acordadas…

56 C295
145 obuses M777
200 Helicópteros Ka-226T
38 Pilatus PC-7 Mk.2

Além de 7 aviões comerciais, usados, para a Força Aérea e o início dos estudos para construção do segundo CV construido no país…

http://www.livefistdefence.com/2015/05/big-bang-india-clears-3-big-deals-with.html

Franco Ferreira
Visitante
Franco Ferreira

Pronto. Agora os gatos estão na beira do telhado!

Falta pouco

Requena
Visitante
Requena

Mais do mesmo. E vai piorar.

Ninguém sabe a verdadeira profundidade do buraco em que o partido afundou o Brasil.

As coisas ainda vão piorar bastante antes de chegarmos no fundo do poço.

Augusto
Visitante
Augusto

A corja que ocupa cargos eletivos no Brasil saqueou o país de todas os modos possíveis e a toda hora uma conta nova chega para o povo pagar.

E que o povo continue a ser saqueado, se decidir continuar a se manter pacífico!

Marcos
Visitante
Member
Marcos

O Brasil está quebrado e será entregue aos chineses.
Com um aporte de US$ 53 bi por parte dos chineses na PetroBó, que não é investimento, como quer o governo passar a ideia à população, é empréstimo, mais os juros, mais as concessões, a palavra mais certa é… vou ser chique, vai em francês… au revoir!!!!

_RJ_
Visitante
_RJ_

Marcos,

O PT quebrou o país, e os chineses estão trazendo dinheiro e ofertando vagas de trabalho. (comprando o Brasil na liquidação).

Na atual situação, enquando você diz au revoir, eu digo “xiè xie”

wfeitosa
Visitante
wfeitosa

Bom dia senhores …
Quais são as reais ameaças a soberania do país HOJE?
Vejo apenas duas …
1 – proteção a rede de dados e computadores governamentais/militares e das principais empresas;
2 – satélite de comunicação.
Obviamente que todos os projetos em andamento são relevantes tanto do ponto de vista estratégico como cientifico tecnológico, porém, em período de vacas anoréxicas (as magras já eram) tomara que sejam dadas as prioridades para estes dois itens…

a.cancado
Visitante
a.cancado

A arrogância, a incompetência e a corrupção dos governos ‘socialistas’ do PT deram nisso.
Parabéns a quem, votando no PT, permitiu que isso acontecesse.