Home Aviação de Caça FAB completa 1.000 horas de voo com caças A-1M

FAB completa 1.000 horas de voo com caças A-1M

552
6

A-1M Esquadrão Adelphi 1000 horas - foto FAB sgt Marllon

A aeronave modernizada tem equipamentos como ‘iscas’ para mísseis inimigos

O Esquadrão Adelphi completou 1.000 horas de voo com suas aeronaves de caça A-1M. A unidade da Força Aérea Brasileira é a única que opera essas aeronaves. O marco foi alcançado com uma missão de apoio aéreo aproximado, realizada na última semana durante o Exercício Boca do Monte, na Base Aérea de Santa Maria (RS).

A-1M Esquadrão Adelphi - foto FAB ten Kirchhof A-1M Esquadrão Adelphi - foto FAB sgt Marllon

Desenvolvido pelo Brasil em parceria com a Itália, o caça A-1 entrou em operação na FAB em 1989. Em setembro de 2013, o Esquadrão Adelphi recebeu o primeiro A-1M, versão modernizada com radar multimodo, novos sistemas de navegação e mira, novos equipamentos para enganar os sistemas de guiagem de mísseis inimigos e uma cabine mais moderna, entre outras modificações.

A-1M Esquadrão Adelphi - foto FAB cb Santos A-1M Esquadrão Adelphi - foto 2 FAB sgt Marllon

A modernização é realizada na fábrica da Embraer em Gavião Peixoto (SP). Até agora, o Esquadrão Adelphi, sediado na Base Aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, recebeu três A-1M. Os Esquadrões Poker e Centauro, ambos da Base Aérea de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, operam as versões A-1A e A-1B.

A-1M cabine - foto FAB sgt Batista

FONTE / FOTOS: FAB (1º/16º GAV)

NOTA DO EDITOR: a história do AMX (A-1) na FAB, desde o início de seu desenvolvimento em cooperação internacional com a Itália até os primeiros voos e entregas no novo padrão A-1M, é tema de matéria especial de capa da revista Forças de Defesa número 9. Tanto a edição 9 quanto outros seis números da revista (a maioria dos quais esgotados na versão impressa) podem ser adquiridos em versão digital clicando aqui.

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Soldat
Soldat
5 anos atrás

Esquadrão Adelph

Estão de parabéns.

Sou fá do AMX.

Iväny Junior
5 anos atrás

Só tem 1 A-1M?

Baschera
Baschera
5 anos atrás

Vamos fazer uma continha…. em agosto de 2007 a EMB informou que iniciava a modernização dos A-1 (AMX)…. e até agora foram entregues três unidades.

Nesta “cadência” maravilhosa de modernização…quando vamos receber a última ?????

Depois escrevem e falam que a gente é ranzinza… pessimista… e outras coisas piores….

Mas realmente não dá para levar este “paif” a sério.

Sds.

Justin Case
Justin Case
5 anos atrás

Olá, Roberto. Sobre o acidente do Bombonato, não creio que tenha sido identificada a causa exata da colisão com a superfície. A razão mais provável acho que foi a desorientação espacial. Com ou sem condição de voo por instrumentos, a baía de Sepetiba cria condições especiais de desorientação. Em dias de bruma, as águas da baía podem ser confundidas com o resto do ambiente que está acima do horizonte. Também, com o mar espelhado, a noção de profundidade (ou melhor, da altura em que se está voando), fica absolutamente prejudicada. Ao associarmos essa condição com as manobras de um treinamento… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
5 anos atrás

Nessa cadência de entrega eu acho que esses três A-1M irão para inspeção antes da FAB receber outros três.