quarta-feira, setembro 22, 2021

Gripen para o Brasil

Taxa de acidentes aeronáuticos cai 12% em 2014 no Brasil

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Quadro taxa acidentes aeronáuticos 2014 - FAB

O CENIPA registrou, também, queda no número de fatalidades

O número de acidentes aeronáuticos reduziu 12% em 2014 no Brasil, segundo dados do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). No ano passado, ocorreram 145 acidentes aéreos, 19 a menos que em 2013, quando foram contabilizadas 164 ocorrências envolvendo aeronaves de matrícula brasileira.

 

O CENIPA registrou, também, queda no número de fatalidades (mortes), que passou de 75 para 70. Houve, ainda, redução na quantidade de ocorrências por tipo de aeronaves. Em comparação a 2013, foram 16 acidentes a menos com aviões e quatro a menos com helicópteros. Na aviação regular (transporte de passageiros), foram registrados, apenas, três acidentes em 2014.

Quadro 2 taxa acidentes aeronáuticos 2014 - FAB

Essa redução é resultado do trabalho de prevenção realizado pelo CENIPA com a participação do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e outros órgãos do Estado Brasileiro.

FONTE / IMAGENS: FAB (CENIPA)

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Franco Ferreira

…artifício contábil!

Últimas Notícias

Embraer amplia o Programa Pool com a Cobham, da Austrália

Singapura – 22 de setembro de 2021 - A Embraer anunciou hoje a assinatura de uma extensão e ampliação...
- Advertisement -
- Advertisement -