Home Aviação de Caça JF-17 Thunder na escola de comandantes de caça da Força Aérea Paquistanesa

JF-17 Thunder na escola de comandantes de caça da Força Aérea Paquistanesa

347
49

JF-17 Thunder introduzido na CCS da PAF - cena vídeo Newsone

Na segunda-feira, 26 de janeiro, o caça JF-17 Thunder foi formalmente introduzido na escola de comandantes de caça – CCS  (Combat Commanders’ School) –  da Força Aérea Paquistanesa, onde são preparados os comandantes de esquadrão e de ala da força. Segundo notícia publicada pelo jornal Pakistan Today, a introdução da aeronave na CCS ajudará no treinamento avançado de combate de pilotos paquistaneses.

O JF-17 é um caça desenvolvido conjuntamente entre o Paquistão e a China, da categoria leve, porém com capacidade multimissão e de operação todo tempo (dia e noite e em diversas condições meteorológicas).

JF-17 Thunder introduzido na CCS da PAF - cena 2 vídeo Newsone

Ainda segundo o jornal, as aeronaves pousaram na segunda-feira na Base Aérea de Mushaf, que abriga a escola, sob aplausos de uma multidão reunida para a ocasião. O comodoro Sarfraz Khan, comandante da base, afirmou que a introdução do JF-17 Thunder na CCS abrirá um novo horizonte no treinamento de pilotos da Força Aérea Paquistanesa, que até o momento já tem 50 caças do tipo comissionados.

JF-17 Thunder introduzido na CCS da PAF - cena 3 vídeo Newsone

JF-17 Thunder introduzido na CCS da PAF - cena 4 vídeo Newsone

O comodoro também afirmou que a introdução do JF-17 na força deu-se em 2007, e que no momento há dois esquadrões operacionais, engajados ativamente em todos os tipos de operação. O caça conta com uma moderna suíte de aviônicos, projeto avançado de cabine e capacidade de ser equipado com diversos armamentos ar-ar e ar-solo. Espera-se que a integração de um potente míssil BVR (além do alcance visual) amplie a versatilidade da aeronave na arena de combate atual.

FONTE: Pakistan Today (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VÍDEO (e cenas destacadas): Newsone

VEJA TAMBÉM:

49
Deixe um comentário

avatar
48 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors
KojakFernando "Nunão" De Martinicarvalho2008Melky CavalcanteOganza Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Iväny Junior
Visitante
Member

Parece que no fim ficou melhor que o tejas.

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

Obviamente as fotos mostram o caça fazendo o traslado e com esses tanques bem robustos, ou a viagem é muito longa ou o motor é meio beberrão ! rsrsrsrsrsrsr ….

Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

O motor russo tem melhor consumo específico que o F404 do Gripen. Aliás, o F404 tem o pior consumo dos 4 concorrentes, o EJ200, M88 e RD-93.

Trata-se de um bom motor, mas nessa área ele não é muito eficiente.

Já o JF-17 é o F-20 que entrou em produção seriada. Uma pena que os 20 anos que os separam não trouxeram grandes avanços na sua capacidade.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Ótima opção à Argentina (em substituição aos Mirage e Dagger), à Venezuela (em substituição/complementação aos Tiger/Falcon), ao Equador e Bolívia (mas acredito que este último deva optar pelo JL-9 ou L-15).

À Argentina faria um grande diferença a sua atual situação e, se bem apoiado por outros vetores como AEW&C e REVO, daria trabalho aos Typhoon e às Type 45.

Até mais!!! 😉

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
Member
André Sávio Craveiro Bueno

Ivany,

Não sei se o Thunder possui melhores qualidades do que o futuro Tejas, mas penso que não deve ser inferior.
E mais. Além de possivelmente não ser inferior, ele já bateu o Tejas em um importante quesito: já está operacional! E há um bom tempo. O tejas ainda precisa cortar o cordão umbilical. Quando isso ocorrer, o Paquistão já deverá ter uma doutrina estabelecida.

Iväny Junior
Visitante
Member

André

Exatamente por isso ele já é melhor que o Tejas. Toda vez que sai uma versão do indiano, volta por não estar de acordo com os requisitos operacionais. Se tomar por base que os requisitos operacionais são manobras de combate e velocidade supersonica, o LCA anda muito mal das pernas… embora, tenha decolado de ski jump recentemente.

Kojak
Visitante
Member
Kojak

Li os comentários de QUATRO anos e Meio, interessante como se repetem…………….

http://www.aereo.jor.br/2010/08/03/jf-17-sensores-e-armas-chinesas-no-farnborough-air-show/%5D

Wellington Góes

Verdade e o Suriname vai comprar F 35.

Cada uma,

Kojak
Visitante
Member
Kojak

Wellington Góes

Aliás os Ingleses já tem até um planejamento pra correr das Ilhas e abandonar tudo assim que os Argies derem start a esse engenhoso empreendimento assustador. (rs)

Vão locar A 380 para dar fuga aos Falkland Islanders, acho que uns 10 darão conta, terá o pessoal do petróleo coisa e tal. Acho que muitos fugirão a nado e em “balsas” importadas de cuba.

Jesuixxxxx está vendo. (JM)

Marcelo Bardo
Visitante
Marcelo Bardo

Os caras estão mandando bem. Deveríamos ter desenvolvidoao mmenos um LIFT, mas nem isso fizemo…

Marcelo Bardo
Visitante
Marcelo Bardo

Desculpem os erros acima. Meu smartphone está dando trabalho.

Vader
Visitante
Member

Cumequié? JF-17 na mão dos argies dando trabalho pro Typhoon E pras Type 45??????

Jesuixxxxxxxx… 🙂 🙂 🙂

Hamadjr
Visitante
Member
Hamadjr

Bom se os filhos da rainha sair pela portas dos fundos então a FAB pode emprestar o KC para ajudar na evacuação

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Acho que tanto o Kojak (discípulo de Jiji) e o Vader não leram direito meu comentário, ou não souberam interpretar. Talvez seja a tal leitura seletiva. Rsrsrs

Até mais!!! 😉

Groo
Visitante
Member
Groo

Deveriam lançar uma versão biplace para LIFT.

Vader
Visitante
Member

Caro Wellington, desculpe a nossa ignorância, mas nos mostre então uma outra leitura pra “À Argentina faria um grande diferença a sua atual situação e, se bem apoiado por outros vetores como AEW&C e REVO, daria trabalho aos Typhoon e as Type 45”.

Grato

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Sério mesmo que é preciso eu explicar melhor? Se sim então a coisa tá feia, mas vamos lá. A situação atual da FAA é pra lá de precária, os M3 não fazem frente mais a ninguém, os Dagger a mesma coisa, só quem tem alguma capacidade crível de combate são os poucos e limitados A-4 modernizados, em relação a todos estes o JF-17 está anos luz em capacidade de combate (armamentos, sensores, sistemas, etc…), seria ou não seria uma boa/ótima melhorada? No mais, quanto a “dar trabalho” veja que eu coloquei “se bem apoiado por outros vetores como AEW&C e… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Se a FAA tiver de três a quatro dúzias dos JF-17, a RAF e a RN vão ter que redobrar o número de equipamentos alocados nas ilhas.

Pangloss
Visitante
Pangloss

Eu concordo com o Wellington: o JF-17 daria muito trabalho para o Typhoon e para a Type 45: decolar ou suspender, conforme o caso, engajar, disparar, retornar, aterrissar ou atracar, reabastecer, remuniciar… Que canseira… Quanto à FAA adquirir três a quatro dúzias de JF-17, isso poderia aumentar o gasto britânico com defesa nas ilhas, mas será que o esforço argentino em adquirir tais meios não lhe seria mais penoso do que a despesa causada ao UK? Sobre a ajuda da FAB na evacuação britânica, aventada pelo Hamadjr, acho que só poderíamos ajudá-los em caso de outro tipo de evacuação, oferecendo… Read more »

Iväny Junior
Visitante
Member

Wellington Góes No momento que um esquadrão subisse com essa formação e apontasse o rumo pras Falkland, os Typhoon derrubariam todos no translado. Faça as contas. Seis JF-17, 1 AEW, 1 KC-130 = 8 aviões. 1 Typhoon Tranche 1, equipado com Captor-M, 6 AIM120-AMRAAM e 4 AIM-132 ASRAAM. Resultado: No momento que os radares do AEW indicassem alguma atividade, os radares do Typhoon achariam essa galera e então bastava um Typhoon subir full e começar a disparar mísseis. O ASRAAM apesar de ser IR tem um alcance BVR (é da nova leva de mísseis que é BVR na prática, como… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Desculpe Iväny, mas não acho que a coisa funciona assim como todo esse “tiro ao pato”.

Até mais!!! 😉

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

E tem mais. Ainda que a beiçola do Prata comprasse esses JF-17 hoje, até eles estarem completamente operacionais é quando o Queen Elizabeth entrará em serviço com seus respectivos F-35. E se o piloto chefe da LM estiver correto, e o F-35 tiver um desempenho cinemático melhor que o Typhoon, a vaca dos argentinos vai ao brejo de vez.

Vader
Visitante
Member

Caro Wellington, quando a Argentina comprar, digamos, 30 JF-17, ou estarei com a idade da minha avozinha (95 anos) ou já terei mudado meu nome pra Mafalda. E já terei aprendido a assobiar a Tocatta i fuga e chupar laranja ao mesmo tempo… Mas seeeeeeeee um dia isso acontecesse, o que impediria a Rainha de ligar pra BAe e encomendar mais uns 50 Typhoon pra lotear nas Falklands? Ou encomendar mais uns 50 F-35B pra LM? Ou mandar uns dois Queen Elizabeth (em breve) com respectivas frotas bloquear o porto de Buenos Aires? Ou perder a paciência de vez e… Read more »

Oganza
Visitante
Oganza

My Lord Vader,

sua acidez está fazendo falta…

“daqui a pouco até o Uruguai passa ela em poder aéreo…”

muuuuito bom… kkkkkkkkk

Grande Abraço.

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Sei não….é uma taxa superior a 6:1 e nem mano a mano é…pois os JF-17 estariam com um AEW e todos sabemos a enorme diferença faz….pode derrubar? Lógico que pode….mas é mamão com açucar?!…duvido….todos sabemos que a guerra e qualquer batalha por maior que existam os diferenciais, não é cartesiana….do contrário é simples jogo de Supertrunfo ( todo mundo desta este exemplo…)….. Outro ponto, é lógico que a Inglaterra está e estará a anos luz do poderio argentino….pode comprar mais F-35, Quen Elizabeth e tudo mais…mas a vida não é facil não…a questão passa a ser exatamente assim…manter as Falklands… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Para mim, o JF-17 não é tão diferente em termos de combate aereo de um Mike….lógico que ele tem vantagens….mas no muque e no braço me parecem relativamente similares… É diante disto que acredito que nesta categoria de caça e de custo, apesar do imenso preconceito, me parece que a ideia chinesa de investir no JL-9 para este segmento parece ter mais sentido…os desempenhos são similares e o chines é mais barato ainda….quase a metade do preço…um pouco mais limitado pois tem carga paga de somente 2 ton….mas no ar-ar, é muito similar…deve ter sido esta mesmo a ideia dos… Read more »

Oganza
Visitante
Oganza

Só sei de uma coisa:

o Thunder está se encaminhando para ser o caça de defesa de ponto do Paquistão… simples, barato e em quantidades suficiente para saturar uma futura qualidade superior dos caças indianos.

Vai dar certo? Vamos ver.

Grande Abraço.

Vader
Visitante
Member

carvalho2008 28 de janeiro de 2015 at 17:14 # “A Argentina não precisa vencer os Ingleses….só precisam vende-la bem caro esta manutenção da ilha a eles…” Perfeito. Só que o contrário também é válido: pra “vender caro” a manutenção de tropas e equipamentos nas Falklands a Argentina precisa mostrar dentes e “plata no hay” para isso. E não são duas ou mesmo três dúzias de caças ching-ling montados no Paquistão (fala sério) e armados (???) com mísseis brasileiros que botarão a Rainha dormindo de armadura, digam os militares britânicos e os falklanders, para quem sempre é bom “botar um terror”… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Pois então Oganza, este é raciocínio (maior quantitativo com certa qualidade técnica).

No mais, o pessoal já está montando cenários quando que no máximo que eu quis passar é que a FAA teria uma melhora significativa com este vetor e que a RAF e RN teriam que ter mais cuidado.

Até mais!!! 😉

Melky Cavalcante
Visitante
Melky Cavalcante

Parabéns ao Paquistão, que com os pés no chão, traçou uma meta e com passos lentos e sólidos alcançou seu objetivo de ter um caça, nas palavras do Oganza: “Simples, barato e em quantidades suficiente para saturar uma futura qualidade superior dos caças indianos”.
E os Indianos quebrando a cabeça com o Tejas.

Oganza
Visitante
Oganza

Wellington, Infelizmente ou felizmente, a Argentina não pode fazer nada quanto a gerar algum empecilho real as novas pretensões da Coroa nas ilhas. A não ser um leve incômodo depois do almoço, nada que um anti ácido não resolva. rsrsrs Se, e é um bem grande, eles conseguissem montar 2 esquadrões até o final do ano que vem, não adiantaria muita coisa… não tem pilotos, não tem manutenção, não tem doutrina, não tem treinamento e até para isso é preciso dinheiro… horas de voo. Isso acontecendo, bastam os Britânicos colocarem mais duas estações de radar com mais duas baterias SAM,… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Pode ser mestre vader, Mas, se com quase todos os avões parados os caras despacharam uma TYpe45….o que feriam se por exemplo, a Argentina no mínimo se equiparar a nossa (depauperada ) força aerea, mesmo surrada como está??? somente como um exemplo….com uns 57 Mike e 43 A-1…os caras teriam um chilique sim…tal como tiveram agora….lógico que pode ser apenas para jogar para a galera mas o fato é que noves fora, tão gastando e bem sem os Ermanos terem P nenhuma voando….imagina se tivesse então…o mundo mudou e grana é o que interessa…manter aquilo lá…vai ficando muito caro…uma hora…alguem… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Oganza, Os Russos já demonstraram que tem motivos e apetite de “ajudar” agora os argentinos em reequipamento tambem….então não é só a China não….se apertarem demais o gogó do Putin e ele ameçar se sufocar, ajudaria a criar rapidinho um “dreno” de recursos militares para os britanicos na forma das malvinas….puro xadres….e de uma hora para outra podemos nos ver com novas maluquices rosadas…ou vcs não conhecem a velha formula de Pais de instituições Fracas + Pupulismo + Crises = factoides/escaramuças/guerras??? as vezes achamos que as coisas estão tão distantes, de repente….olha ai… Seria hoje? não!….amanhã…não! depois de amanhã? talvez….Voces… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Nunão, Nada impede…nada impede…e nada impede a Inglaterra fazer tudo isto e muito mais…mesmo que de repente a Argentina comece a “ganhar” equipamentos brotando armas de uma hora para outra…..a questão é o preço de tudo isto para contrapor, garantir-se e sossegar….coisa que para os britanicos já é pesado e eles precisam deste equipamentos e grana em outro lugar…eles precisam quer queira ou não, destes recursos na Europa, mediterraneo e Oriente Medio….é dureza ter de replicar tudo isto para as malvinas….é o ultimo lugar em que eles gostariam de fato de estar gastando tudo isto…. esta é a questão…e olha… Read more »

Vader
Visitante
Member

Caro Carvalho, os ingleses não “despacharam” Type 45 nenhuma, este navio já estava a vir para o Atlântico Sul de qq maneira. Mas serviu para darem o recado pra beiçola de BA. Repito: “saída honrosa” alguma fará os britânicos abandonarem as Falklands, seja a que custo for. E se encontrarem petróleo e começarem a explorar então esqueça: vai precisar do mundo inteiro junto, inclusive a OTAN (se isso fosse possível ou imaginável) e os EUA para tirar os britânicos de lá. Conheço alguns britânicos e lhe afirmo: é mais fácil cair o Império e a Inglaterra virar uma república de… Read more »

Vader
Visitante
Member

PS: só pra se ter uma ideia do que digo: os índices de popularidade da monarquia britânca variam históricamente de 60 a 90%. Os índices de aprovação do engajamento britânico pelas Falklands nunca estão abaixo de 90%.

Vader
Visitante
Member

PPS: e isso sem petróleo.

Oganza
Visitante
Oganza

carvalho2008,

sei não… vai que os ingleses prometam toda a Terra do Fogo para os Chilenos… kkkkk

Mas vc está certo quando “Pais de instituições Fracas + Pupulismo + Crises = factoides/escaramuças/guerras???”

pode sim, mas uma coisa é certa: Nunca podemos duvidar de Estados com Governos desesperados… sempre deu caca.

Grande Abraço.

Oganza
Visitante
Oganza

Como eu disse,

é um novo Circo que está sendo erguido, no palco estão os mesmo atores e temos alguns convidados novos na plateia…

…a pergunta é: Quem dos novos convidados tem acesso as coxias e aos camarins? Quem deles pode dar pitaco no script…

A AL é muito divertida… nós temos essa veia de tragédia Grega… kkkkk

Grande Abraço.

Ps.: Nunão… pois é… muita bravata, se fosse alguma coisa séria mesmo estariam cuidando e muito bem ou tentando pelo menos, cuidar e manter do que ainda resta.

Iväny Junior
Visitante
Member

Caros amigos

Lembrem do que os Harriers da Royal Navy fizeram com daggers, mirages, e tudo o que mais se aventurou nos céus do conflito.

Se aquela batalha foi tiro ao pato, imaginem hoje… Que mundo estranho…

Kojak
Visitante
Member
Kojak

“discípulo de Jiji” Não sei que po&&@ é essa, mas certamente “esse cara não sou eu” rs. Mais fantasia do que eu li aqui, somente em escola de samba do RJ somando todas. Oganza & Lord Vader, Jesuixxxxxx (rs) JM Nunão, sobre sair da GB e vir dar um passeio no atlântico sul: “No caminho tem uma ilha, tem uma ilha no caminho” (rs) e faz uma diferença. Legal, mas continuando a fantasia, o Tio SAM vai ficar olhando e batendo palmas ? Não conta apoio de satélites, outros e informações daquele que irá ficar assistindo sentado o seu maior… Read more »

Kojak
Visitante
Member
Kojak

Ia esquecendo, G NG BR ou dos Sweden nos Argies ????

kkkk rsrsrs, combinaram com os Ingleses e Americanos.

Meu Deus ………….

Pangloss
Visitante
Pangloss

Por mais desesperadora que seja a situação argentina, é praticamente impossível nova guerra pelas ilhas. Em primeiro lugar, porque a aventura irresponsável de 1982 deixou cicatrizes ainda abertas, 32 anos depois. Em segundo lugar, porque os governantes (???) populistas que se seguiram à patética junta militar têm sido tão cegos em seu revanchismo, que não sabem separar política da necessária operacionalidade de suas forças armadas. Assim, a atual capacidade militar da Argentina não a permite conjecturar qualquer loucura. Ainda bem. O risco restante, apenas hipotético, é que a Argentina, priorizando a reconquista das ilhas sobre todo e qualquer outro objetivo,… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

HMS TIRELESS, boa noite!

Pois então, não acho que eles estejam apelando, mas tão somente jogando com as cartas que tinham na mão, ou seja, Ok Arábia/EUA, se não queres me ajudar, não tem porque eu aliviar pra ti.

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

O amigo Rustam afirmou que trata-se de um fake mas se fosse verdade era apelação afinal os russos estariam criando tensões no O.M para provocar a subida do preço do petróleo.

Iväny Junior
Visitante
Member

Jovens A China quer (e já conseguiu) umas bases avançadas em troca de seus brinquedos para os argentinos (e isso já é uma deixa para demais territórios nômades, populachos, pobres e corruptos). Daí a entrar em conflito com o Reino Unido pra satisfazer capricho ufanista argentinino, existem mil anos luz. Os chineses não são nem um pouco idiotas, eles conhecem suas posições, fazem uso delas. São exímios negociadores. Se a argentinina tem alguma coisa de interesse pros chineses, tem negócio. Comodities famigeradas para uma nação de 1,3 bilhões de pessoas. Livre comércio, gera demanda para as fábricas deles. Mas uma… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

HMS TIRELESS Se a Russia pretender desestabilizar o OM para subir o preço do petroleo, não seria necessariamente surpresa alguma, pois como grande exportadora, os Russos dependem da recuperação do preço do barril para reestabilizar sua economia…mas não pode-se dizer que seria uma desestabilização de fato se apenas estivesse vendendo caças de 5a. geração ao Irã (independente da informação ser fake ou não)… Não acho tambem que a China se envolveria num conflito em prol dos Argentinos nas malvinas, no fundo, tambem não acho que os Argentinos se aventurassem novamente nisto ( embora como disse nos outros posts, não colocaria… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

E sobre esta especulação minha…que sei ser pura especulação….reflitam sobre as denuncias do pseudo suicidio assassinato do procurador argentino que investigava o atentado terrorista na argentina e o escandalo do envolvimento do Governo….Vejam qual seria a pseudo denuncia…a de que o atual Governo argentino teria boicotado e dificultado as insvestigações em prol de “financiamentos” que o Irã propos em troca… isto pode não ser verdade, mas se for….porque seria absurdo os Argies conseguirem um bom reequipamento e financiamento Chines em prol de promessas de exploração de petroleo caso consigam reassumir a ZEE das ilhas…??? Vai saber…mão no fogo…não ponho por… Read more »