sábado, junho 12, 2021

Gripen para o Brasil

MD de Portugal pede informação para eventual compra de aviões KC-390

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

KC-390 roll-out

O Ministério da Defesa solicitou informações à brasileira Embraer para a eventual compra de cinco a seis aeronaves KC-390, que irão substituir os C-130 da Força Aérea Portuguesa

O documento, assinado pelo ex-diretor-geral de Armamento e Infraestruturas de Defesa, general Gravilha Chambel e datado de 29 de dezembro, pede informações à empresa de aviação brasileira para “efeitos de planeamento” e para esclarecer se os KC-390 possuem “todas as caraterísticas e capacidades necessárias para substituir” os Hércules C-130, que operam desde os anos 70.

Questionado pela agência Lusa sobre este processo, fonte do Ministério da Defesa confirmou “o início do processo negocial com a Embraer para a eventual aquisição dos KC390”, mas disse não ter recebido resposta do fabricante.

A mesma fonte referiu que “a substituição das aeronaves C-130 consta da nova lei de Programação Militar, aprovada [na generalidade] na Assembleia da República” na quinta-feira.

O objeto da proposta, pode ler-se, passa pelo “fornecimento de cinco a seis aeronaves KC-390 novas de fábrica”, certificadas “pelas autoridades competentes, com alcance intercontinental, capazes de executar operações estratégicas e táticas, civis e militares, sem limitações”.

“A proposta deverá contemplar uma descrição exaustiva da aeronave, assim como o plano de entrega com base numa data de referência correspondente à celebração de um contrato”, refere o “request for proposal” (pedido de proposta), apresentado pelo ministério liderado por José Pedro Aguiar-Branco.

O Governo solicita à Embraer que apresente “uma lista de opções dos diversos tipos de sistemas e custos associados” e também “uma proposta para a opção de aquisição/disponibilidade sem restrições de utilização de um simulador em território nacional” para um eventual centro de simuladores em Alverca “para apoio internacional”.

FONTE: www.noticiasaominuto.com/Lusa

- Advertisement -

24 Comments

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Oganza

“‘uma lista de opções dos diversos tipos de sistemas e custos associados'” – A Embraer não tem como fornecer tais informações pois nem ela sabe. Só depois de todos os voos e todos os testes. “…certificadas “pelas autoridades competentes, com alcance intercontinental, capazes de executar operações estratégicas e táticas, civis e militares, sem limitações”.” – Terá que ter tb a certificação Europeia e a comprovação de todas as capacidades anunciadas. Meus caros… se nossos patrícios adquirirem o KC-390 só será lá por 2017-18 e partindo do princípio de que dê tudo certo nos testes e certificações, mas é tudo mesmo,… Read more »

André Sávio Craveiro Bueno

É o ponto de partida para uma futura eventual compra. A partir do momento em que a aeronave voar mais interesse haverá. Mas este tipo de aeronave chama realmente a atenção de possíveis usuários quando se apresenta em ação nos mais variados cenários a que se propõe atuar e com sucesso, competência. Ou seja, mostra bom desempenho aliado a um custo suficientemente baixo. O projeto propõe qualidade no desempenho das missões aliado a um custo relativamente baixo. Se a equação do fabricante for efetivada na realidade, então ele terá um grande mercado. Porém há a questão política que, em muitas… Read more »

André Sávio Craveiro Bueno

Oganza, acredito que haja um acordo entre ANAC, FAA, EASA de chancelar a crtificação que uma delas apresente. Alguém confirma?

Kojak

Confirmo. (rs) Portugal de KC 390 depois de 2020. “Meus caros… se nossos patrícios adquirirem o KC-390 só será lá por 2017-18 e partindo do princípio de que dê tudo certo nos testes e certificações, mas é tudo mesmo, pois é muuuuita coisa…” Oganza, Mais os protocolos e requisitos da OTAN. Mais, qual o tamanho de Portugal ? Mais, qual a dimensão do seu papel na OTAN ? Mais, quais são seus territórios e interesses além mares ? Quando comprarem e se comprarem, serão duas ou três unidades e ponto. Oganza, Outro dia vc deu uma aula de negócios na… Read more »

Marcos

Mais especulações.

Kojak

Marcos, corretíssimo.

Aldo Ghisolfi

Nunca esquecendo que o KC vai bater de frente com o C-130… terá deprovar, também, que pode substituir e com vantagens esse ícone provadíssimo da aviação.

Nick

No meu entender essa compra já “molhô”. 🙁

[]’s

Claudio Santos

Ola a todos

Eu me acho muito chato, mais insisto em minhas teorias o KC 390 tem tudo para ser um excepciona avião em sua classe não com certeza terá vendas externas, porem se o Governo Federal de uma ajudinha estimulando linhas de credito via BNDS ele sera um grande sucesso de vendas

Obs. sera ainda possível que os correios comprem C390 para uma possível ala de cargas próprias, pois nunca mais se falou nisto!

Claudio Santos

Ola a todos

*com certeza terá vendas externas

Corsario137

Eu disse que essa novela ainda ia loooonge…

Marcos

Mesmo o Hércules não tem tido muitas vendas – 1un em 2013; 03 un em 2014. Ao meu ver o mercado está saturado com aeronaves desse porte. É como ocorreu com a aviação civil leve: na década de 70 e 80 venderam-se tantas aeronaves, que nas décadas seguintes não se vendeu nada. Mas a análise da Embraer avalia que, mais dia menos dia, essas aeronaves terão de ser substituídas. Qual a cadência de produção prevista pela Embraer para o KC-390? 12 unidades/ano. Essa aeronave, após o primeiro voo, levará cerca de dois anos para ser certificada, ou seja, primeiras entregas… Read more »

Marcelo Pamplona

Boa tarde a todos; Bem, depois de ler os comentários em outro post sobre a “desistência” de Portugal em adquirir o KC-390, e o atual sobre o “reinteresse”, acho que cabe lembrar o prognóstico de mercado feito pela própria fabricante da aeronave (Embraer) “A fabricante brasileira projeta uma fatia entre 15% e 20% no mercado potencial de 728 aeronaves na categoria do KC-390 para os próximos 20 ANOS.” http://www.aereo.jor.br/2014/10/02/embraer-prepara-a-apresentacao-oficial-do-kc-390/ Isto posto, o prazo para a concretização de vendas, bem como, índice de participação global do Kc-390 no mercado a que se destina me parece factível. A atual conjuntura econômica mundial… Read more »

rommelqe

Um programa como o KC-390 requer décadas de desenvolvimento. Não é como ir no suprmercado comprar um cogelado para servir no mesmo dia o tio que veio te visitar oriundo de Castelo Branco, perto de Cintra. Todos os cronogramas da FAB/EMBRAER foram e estão sendo cumpridos e, por mais que me seja difícil admitir, até a GF por infrivel que pareça não atrapalhou muito. Só para exemplificar, à época em que os alemàes desenvolveram o Leopard , eles acabaram dedicando algo em torno de 10 anos só do projeto básico até a produção do primeiro protótipo. Aqui o Osório cumpriu… Read more »

Baschera

Pura especulação….

A aeronave não voou…. a EMB/EDS ainda está decidindo que preço flay away terá o vetor…e seu planejamento corre em cima das unidades já confirmadas pela FAB.

O resto é resto…e demanda um tempo de maturação.

Naturalmente o(s) concorrente(s) faz(em) o seu jogo comercial… natural.

Este mercado só vai decolar quando as verbas do setor de defesa voltarem ao seu nível histórico natural.

Sds.

Marcos

rommelqe

Só algumas correções.

“até a GF por infrivel que pareça não atrapalhou muito”
Só não colocou o dinheiro na cadência necessária, tanto que a Embraer teve de bancar a continuidade com recursos próprios, afetando seu fluxo de caixa.

HMS TIRELESS

Ainda é cedo para decretar que a FAP não irá comprar o KC-390.

Mauricio R.

O KC-390 tem tdo p/ ser um novo G-222.
A ideia era boa, houve algum interesse mas vender, vendeu pouco.
Mesmo qndo foi transformado no C-27 “Spartan”.

Mauricio R.

“Clientes que compraram o PC-21 hoje estão buscando o Super Tucano.”

Essa é uma contingência dos UAE, devido as operações contra o IE.
Tire o IE da situação e não haveria razão alguma, p/ os UAE adquirirem os ST.

Zampol

Então. Quando a coisa se faz séria, compre o Super Tucano.
Grande publicidade.

Marcos

Pois é!
Quer um bom treinador? Compre um PC-21!
Quer uma aeronave para sentar a pua? Vá de Super Tucano.
Como é mesmo a propaganda dos americanos? Super Tucano, feito para a missão.

Mauricio R.

“Então. Quando a coisa se faz séria, compre o Super Tucano.”

“Quer uma aeronave para sentar a pua? Vá de Super Tucano.”

Lamento mas até nisso o “Reaper” e o “Predator”, são mais interessante.
Não tem tripulantes p/ serem resgatados.

Vassili

Só o tempo dirá se o KC-390 conseguirá substituir o Hércules com louvor……… eu sinceramente estou torcendo para que consiga…….. e tb para que a FAB realmente receba as 28 unidades pretendidas. Quanto à Portugal ter postergado a aquisição de 6 unidades, acho natural devido a severa falta de verba apontada por eles no momento……… mas mesmo que decidam mesmo pela modernização dos Hércules da FAP, um dia estes estarão iguais ou em pior estado que os nossos….. terão que substituílos, isso é óbvio. Quanto aos argentinos, bem……………………. a situação financeira deles é bem pior……….. nem aviação de caça de… Read more »

Zampol

Sim, já estou até vendo a fila: tem delegações de Honduras, Burkina Faso e Mauritânia disputando na cotovelada para comprar os Reaper e Predator.

Reportagens especiais

Uma morte espartana – testes de tiro real com mísseis ar-ar

Ninguém quer acabar sua carreira por baixo. Muitas vezes, os atletas profissionais vão se aposentar anos mais cedo para evitar...
- Advertisement -
- Advertisement -