Home Aviação de Caça Delegação indiana visita base tcheca que opera o Gripen

Delegação indiana visita base tcheca que opera o Gripen

299
8

Gripen da República Tcheca - foto AFB Caslav

Segundo informe divulgado pela Base de Caslav, da Força Aérea da República Tcheca, em 4 de novembro uma delegação da Escola de Guerra Aérea da Força Aérea Indiana visitou a base, onde fica estacionado o Esquadrão 214 que opera os caças Saab JAS-39 Gripen tchecos.

Delegação indiana visita base aérea tcheca de Caslav onde opera Gripen - foto 2 AFB Caslav

A delegação indiana, liderada pelo vice-marechal do ar Upot, realizou uma visita à República Tcheca que incluiu a base, onde seus integrantes foram recebidos pelo comandante de Caslav, coronel Rejmanem. A visita incluiu o hangar de manutenção do Esquadrão 214, onde estavam em exposição estática caças JAS-39 Gripen da Força Aérea da República Tcheca.

Depois da visita a Caslav, a delegação indiana seguiu para Pardubic, com o objetivo de conhecer as atividades do Centro de Treinamento Aéreo.

Delegação indiana visita base aérea tcheca de Caslav onde opera Gripen - foto 3 AFB Caslav

Delegação indiana visita base aérea tcheca de Caslav onde opera Gripen - foto AFB Caslav

FONTE / FOTOS: Base Aérea de Caslav (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em tcheco)

NOTA DO EDITOR: a imagem do alto, também do site da Base Aérea de Caslav, está em caráter meramente ilustrativo. As demais são da visita da delegação indiana.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Parece que os indianos estão dando um esquento na Dassault. Pelo visto ela vai ter que dar o braço a torcer.

Victor Matheus
Victor Matheus
5 anos atrás

Ora ora. Só faltava essa hahaha!

Oganza
Oganza
5 anos atrás

Rapa…

…se eles tivessem escolhido o Gripen, estariam adquirindo por esse valor do Rafale, 252 caças ao invés de 126 e com no mínimo a metade do custo da hora de voo do caça francês.

Os caras teriam um enxame coordenado.

Com uma compra desse tamanho era capaz da GE abrir uma fábrica na índia só pra eles… lembrando que eles selecionaram a GE 414 pro Tejas.

Ps.: é claro que não daria para comprar o dobro de Gripens, mas chegaria perto 🙂

Grande Abraço

Mauricio R.
Mauricio R.
5 anos atrás

Mta calma nessa hora…

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
5 anos atrás

Se a India entrasse também no programa do Gripen NG, haveria espaço para incluir empresas indianas no desenvolvimento desse caça, ou agora já é tarde?

Com relação ao programa brasileiro, que implicações resultariam?

Hamadjr
Hamadjr
5 anos atrás

Eu chuto que a India só vai decidir alguma compra após saber quem será forncedor de caças ao Paquistão, até lá os Franceses descobre quem enterrou o sapo na fábrica da Dassault.

Nick
Nick
5 anos atrás

Para os Indianos seria muito mais negócio dar um fim Tejas MK2 e entrar no Gripen E/F.

[]’s