segunda-feira, agosto 2, 2021

Gripen para o Brasil

F-16 portugueses interceptam aeronaves russas (e não foi no Báltico)

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

F-16 português intercepta Tu-95 russo - foto Força Aérea Portuguesa

Defesa de Espaço aéreo de responsabilidade nacional: duas aeronaves da Força Aérea Portuguesa (FA) realizaram uma missão de defesa aérea em espaço aéreo de responsabilidade nacional no dia 29 de outubro. Durante a manhã de quarta-feira, o Sistema de Defesa Aérea (DA) da FA detetou duas aeronaves não identificadas na zona noroeste de Portugal e com rumo sul, voando alto, rápido e sem comunicações com o Controlo de Tráfego Aéreo.

O Centro de Relato e Controlo da FA reportou de imediato para a estrutura militar NATO da qual depende, tendo sido decidido ativar a parelha de aeronaves F16 Fighting Falcon, em alerta na Base Aérea de Monte Real, para intercetar e identificar as aeronaves.

Após realizado o reconhecimento visual, as aeronaves foram identificadas como sendo Bombardeiros Tu-95 “Bear”, de nacionalidade russa, que, entretanto, mudaram o rumo para norte, tendo sido escoltados até à sua saída do espaço aéreo de responsabilidade nacional.

Tu-95 russo interceptado por F-16 português - foto Força Aérea Portuguesa

FONTE / FOTOS: Força Aérea Portuguesa (FAP)

NOTA DO EDITOR: foi mantida a grafia portuguesa da nota original. Mudamos apenas o título, que originariamente dizia apenas “F16 intercetam aeronaves russas”, acrescentando a referência ao Báltico pois atualmente há um destacamento português com caças F-16 operando na Lituânia, como parte do rodízio de forças aéreas da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) na defesa aérea dos países bálticos. Isso porque a primeira impressão deste editor, ao ver a notícia no site da Força Aérea Portuguesa, era de que se tratava de uma interceptação de avião russo no Báltico, onde esses eventos andam bem comuns, e não no próprio espaço aéreo português. Ou seja, era a parte portuguesa de uma série de interceptações realizadas naquele dia por caças de várias forças aéreas europeias, conforme já noticiado.

Falando em Báltico, poucos dias antes da interceptação relatada acima o chefe do Estado-Maior da Força Aérea Portuguesa, general José António de Magalhães Araújo Pinheiro, visitou o destacamento que realiza a missão “Baltic Air Policing”, visita sobre a qual a FAP divulgou o vídeo abaixo.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Hamadjr

La vem o Boris cruzando o baltico com seu Tu-95, taca lhe pau Boris taca lhe pau Boris, mas ah Boris véio

Wellitom Villain

Os russos querem guerra!?! Vem cá, não seria um meio de descobrir a situação das Forças Aéreas dos países vizinhos esse tipo de ação? Pois para chegar até Portugal(a não ser que se dê a volta fora e, quando digo por fora, tem de ser lá por cima da Noruega e pelo lado de fora da Irlanda), deve-se primeiro passar pela Alemanha, França, Espanha, fora outros muitos países. Se eles chegaram até Portugal sem serem detectados, deve estar meio feio o negócio por lá, não? A força em melhor estado, até onde sei(se sei), é a da França e ele… Read more »

Victor Matheus

Caramba, isso está ficando cada vez mais interessante! Haja nervos de aço hehehe! Mas cara… Sobrou até para os portugueses… Talvez seja impressão minha mas acho que a Europa está muito vulnerável à um ataque aéreo, se a Rússia quisesse atacá-los é claro. Sinceramente eu não estou sentindo muita firmeza. Ainda mais pelo simples fato da Europa ser um continente pequeno com países minúsculos. Do extremo oeste da Rússia até o centro da Europa é um pulo! Se o T-50 se consolidar então… Só com F-35 de contramão mesmo. Porém acredito que o lado bom de ser um continente pequeno… Read more »

Melky Le Faucheur

Seria muito mais útil se a Rússia usasse os BEAR pra bombardear o Islamic state.

Soldat

“Merkel diz que Rússia não violou espaço aéreo europeu”

Bom eu acredito nela apesar dela ser ex-guerrilheira e comunista.

https://www.youtube.com/watch?v=ICDSo26MgEM

Últimas Notícias

Aeronave P-3AM Orion completa 10 anos de incorporação à FAB

A data marcou a modernização da Aviação de Patrulha, pois o modelo possibilitou a detecção, localização, identificação e, até...
- Advertisement -
- Advertisement -