Home Aviação de Transporte Museu Aeroespacial recebe Lockheed C-130 Hercules 2453

Museu Aeroespacial recebe Lockheed C-130 Hercules 2453

1267
25
CHEGADA AO MUSAL
Chegada ao MUSAL

Pousou na manhã de terça-feira, dia 07 de outubro de 2014, o Lockheed C-130 2453 HERCULES, a mais nova aquisição para o acervo do Museu Aeroespacial.
O HERCULES é um avião dotado de quatro motores turboélices, que opera no transporte de tropas e cargas, lançamento de paraquedistas, busca e salvamento, ajuda humanitária, dentre outras missões, prestando relevantes serviços à Força Aérea Brasileira, há mais de 50 anos.

Com uma tripulação de seis pessoas, comandada pelo Tenente Coronel Aviador BORBA, a aeronave 2453 decolou do Aeroporto do Galeão (RJ), para sua última missão, com destino ao Museu Aeroespacial, onde permanecerá em exposição.

Segundo o SGT Anderson, rádio navegador da tripulação, o derradeiro voo aconteceu numa altitude de 1000 pés (304,8 metros), durou cerca de cinco minutos, e a despedida foi realizada num “céu de brigadeiro”.

A cerimônia oficial de incorporação da aeronave ao acervo será realizada em 2015, mas o avião já fará parte das atrações do Domingo Aéreo no Museu Aeroespacial, com visitas ao seu interior, no dia 19 de outubro.

TRIPULAÇÃO DO C-130
Tripulação do C-130
RECEPÇÃO NO MUSAL
Recepção do MUSAL
SGT ANDERSON - RÁDIO NAVEGADOR
Sargento Anderson – Rádio Navegador
T CEL CARVALHO - COM. SOCIAL DO MUSAL
Tenente Coronel Carvalho – Comunicação Social do MUSAL
C-130 NO MUSAL
C-130 repousa no MUSAL depois de 50 anos de serviços prestados à FAB
Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Essa é uma das unidades modernizadas? É um dos italianos? O que aconteceu com os modelos “E” que foram os primeiros a entrar em operação na FAB?

Carlos
5 anos atrás

Clésio Luiz

Você viu as pantallas todas em LCD, esse foi um dos modernizados.

Baralho, help …. SOS …. Juárez ….. socorro.

Só no Brazil mesmo …..

Carlos
5 anos atrás

http://www.aereo.jor.br/2012/01/17/colombia-quer-cargueiro-da-embraer-busca-hercules-no-curto-prazo/

E ai, melhor destino…..

Essa é uma FA que merece doação ……

Guilherme Poggio
Editor
5 anos atrás

O FAB 2453 é provavelmente o C-130E mais antigo da frota (nao sei se o 2451 anda voa).

Ele foi incorporado em 31 de agosto de 1964 e completou 50 anos de FAB faz pouco tempo.

Merecido descanso. Que venha o KC-390.

Guilherme Poggio
Editor
5 anos atrás

Não Clésio. Como respondi acima, este não é um dos “italianos”.

É fácil saber se é “italiano” ou não. A numeração dos ex-AMI começa em 2470.

Carlos
5 anos atrás

Poggio,

vi um filme, não me lembro onde, do check “D” e da modernização, inclusive trocaram todo cabeamento etc etc etc.

Avião não tem ano, mas horas de vôo e fadiga, pelo painel esse deve ter sido um dos agraciados.

Para mim continua não justificando.

Entrei no sitio da FAB e nada.

Como contribuinte, quero esclarecimentos …..

Caso nenhum dos foristas (FAB) comente algo convincente, a pergunta vai direto para FAB (contato).

Aliás, no sitio tabém não há nada.

Poggio, Nunão & Galante

Há uma matéria/convite no sitio do MUSAL sobre “Domingo Aéreo dia 19”, creio que vale matéria/tópico.

http://www.musal.aer.mil.br/

Carlos
5 anos atrás

Esclarecendo:

“Agraciado” com a reforma e atualização geral.

“Aliás, no sitio também não há nada.” Melhor e é no sitio do MUSAL.

Estou inconformado, adoro os Hércules …. sniff …. sniff ….

Alexandre Galante
5 anos atrás

Este C-130 merece o devido descanso. Se fica na ativa, o pessoal reclama que é sucata, se vai para o museu, reclama que deveria continuar na ativa.

Como disse o Poggio, uma nova era está chegando com o roll out do KC-390.

O C-130 deve ceder o lugar ao nosso cargueiro.

juarezmartinez
juarezmartinez
5 anos atrás

Senhores, em especial meu amigo Cel Nery, Jesuixxx aviosu que o fim dos tempos está para inicar, este aí pux a fila para mas qutro células que vão dar baixa. Isto ái é o resultado das diversas intervenções do Gf mandando fazer pernadas haiti, enchentes, buscar mudança de cumpanhero, e coisas que ne posso falar se me matam. Galante, eo colocaria o mate para cevar com agua no muy caliente com esta euforia com KC 390, este negócio tem que rodar e ensaiar e digo para vocês: Não acreditem nestas datas politiqueiras, isto aí é tudo em função da eleições,… Read more »

Carlos
5 anos atrás

Pô tiraram o vídeo do louro.

“……a FAB vai ter que buscar este C 130 lá do museu para o Galeão.”

Juárez, é isso ai.

Carlos
5 anos atrás

Falei, pantallas LCD e digitais, isso em 2007:

http://www.youtube.com/watch?v=5d2m2G2X258

Carlos
5 anos atrás

“Sandrini F. Scremin

O C-130 Hércules é de fabricação americana e não italiana. Nessa categoria de aeronave o mais importante é a qualidade da tripulação, na Red Flag de 2008 a tripulação da FAB com seu Hércules se destacou, sendo ele a aeronave mais velha naquele ano.”

Carlos
5 anos atrás

Os caras que escolhem as músicas …. deixa pra lá vai, vale o vídeo ….
http://www.youtube.com/watch?v=BaLiLi2oD88

Carlos
5 anos atrás

Vejam nos vídeos as diferenças do painel com a foto do painel do nosso que está no MUSAL.

Sei lá, afinal de contas temos 84 Brigadeiros que sabem o que fazem né ….. mas o dindim é nosso ….. mas …..

Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Obrigado pelas respostas.

Lembrei agora que um tempo atrás a FAB estava convertendo os “E” para o padrão “H”. Não sabia que tinham modernizado a frota toda, pensei que tinha sido apenas os italianos.

Phacsantos
Phacsantos
5 anos atrás

Carlos
7 de outubro de 2014 at 19:47 #

Colega, discordo.

Sou contra a doação de artigos militares (a menos que seja um “agrado” por compra de equipamentos novos e com valor significativo).

Acho que o destino desse C-130, com 50 anos de serviço, foi mais do que justo!

Se não fosse isso, ele poderia ser destinado exclusivamente ao combate a incêndios no Cerrado, por exemplo. Contudo, não sei se seria viável $$$.

Abraço

Guilherme Poggio
Editor
5 anos atrás

É isso mesmo Clésio.

Primeiramente falou-se apenas na modernização dos ex-AMI (os “italianos”). Mas depois incluíram algumas células mais antigas no pacote.

Cito o 2453 (“E”) e o 2459 (SC-130E), além dos dois KC-130H.

Carlos
5 anos atrás

“Phacsantos 8 de outubro de 2014 at 8:51 #” “Se não fosse isso, ele poderia ser destinado exclusivamente ao combate a incêndios no Cerrado, por exemplo. Contudo, não sei se seria viável $$$.” Ótima ideia Ph, muito boa mesmo. Quem pode responder isso é o pessoal BAGL, não falam sua origem: GTT/GT/BINFAE-GL Seria fundamental a informação vir de quem o operava, real …. sem frescuras, a lá tipo “Juárez Martinez”. Quem sabe nosso colega consegue algo por lá. Quando mencionei “doar” e eu sistematicamente na Trilogia tenho me manisfestado CONTRA, foi por caso das compras e cooperação da Colômbia conosco… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Carlos
5 anos atrás

Eu realmente não entendo o por que de tanta celeuma em relação à baixa desta aeronave especificamente. Trata-se de um C-130 da primeira compra feita pela FAB, de meados da década de 1960. Tem 50 anos de serviço, e se não é o mais velho, voado e usado da frota, está entre eles. Nessas 5 décadas, acumulou milhares e milhares de horas de voo, realizou diversas revisões nível parque, modernizações, atualizações, troca de peças, partes e motores. Foi transformado de C-130E para C-130H. Foi depois modernizado para o padrão C-130M, com novos aviônicos, em meados da década passada, na iniciativa… Read more »

Alexandre Galante
5 anos atrás

Comentário de leitor enviado pela página de contato do blog:

O site poder aéreo é muito bom mas tem uma cambada de comentaristas que está dando nojo.
É impressionante a capacidade desse pessoal de ver coisa ruim em tudo, o maior vira latas de todos é um tal de … e tem outros bem idiotas também.
Esse pessoal está fazendo voces perderem muitos leitores e tirando o brilho de seu trabalho, obrigado.

Carlos
5 anos atrás

Ops

O ping pong aqui esta totalmente centrado ao tópico.

Mas o post já foi respondido em outro tópico.

Shalon

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
4 anos atrás

Carlos, desculpe responder tão atrasado. É como o Nunao postou: estava ficando inviável pra FAB manter a aeronave. Já devia estar próxima do limite da vida em fadiga, se é que já não atingiu esse limite. Os C-130 foram todos concentrados no Galeão pra otimizar a manutenção. Posso estar enganado, mas de 20 aeronaves só 4 ou 5 estavam voando. A FAB, assim como as demais Forças, estão no fundo do poço, graças à incompetência da nossa presidAnta e sua corja, que afundaram o País.
A FAB já está concentrada somente no KC-390.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Rinaldo Nery 13 de dezembro de 2015 at 21:10
Obrigado Coronel e G abraço.