Home Treinamento Força Aérea Israelense inaugurou centro de treinamento de voo do M346 Lavi

Força Aérea Israelense inaugurou centro de treinamento de voo do M346 Lavi

451
2

M346 Lavi - foto Força Aérea Israelense

Na terça-feira, 23 de setembro, a Força Aérea Israelense (IAF) divulgou nota sobre a inauguração realizada nesta semana do novo Centro de Treinamento de Voo para o jato M346 Lavi, na Base Aérea de Hatzerim. O principal contratante, a empresa Elbit Systems, desenvolveu e entregou o novo sistema de treinamento baseado no solo (Ground Based Training System – GBTS) para o Lavi, juntamente com a Alenia Aermacchi (do Grupo Finmeccanica), a CAE e a Sellex ES (Finmeccanica Group). O GBTS será apoiado durante 20 anos por serviços de logística da Elbit.

Com a introdução do jato M346, uma maior ênfase está sendo dada para o treinamento baseado no solo nas fases avançadas de treinamento de voo, tanto para pilotos quanto para operadores de sistemas de armas (WSO). O GBTS consiste de dois simuladores completos de missão (Full Mission Simulators – FMS) de dois simuladores operacionais de voo (Operational Flight Simulators – OFS), todos conectados, proporcionando uma experiência que é praticamente igual ao voo real, segundo a nota da IAF, sendo que os treinamentos de pilotos e de operadores de sistemas de armas compreenderão desde a familiarização básica com a aeronave. Os alunos deverão utilizar o GBTS diariamente, em simulações que vão desde procedimentos de emergência e de práticas não usuais em voo até, num nível mais avançado, a simulação de cenários de combate complexos em voo solo ou em formação.

M346 Lavi com A4 em primeiro plano - foto Força Aérea Israelense

Paralelamente, os alunos realizarão voos de treinamento, utilizando o sistema embarcado EVATM (Embedded Virtual Avionics), integrado pela Alenia Aermachi ao jato M346. Esse sistema transforma o avião, virtualmente, num caça avançado e permite que os alunos passem por experiências essenciais na operação de sistemas avançados, como radar virtual, sensores ópticos e sistemas de guerra eletrônica, assim como armas ar-ar e ar-solo virtuais, durante os voos de treinamento.

Com essa solução de treinamento, espera-se que os pilotos e operadores de sistemas de armas estejam prontos e qualificados para progredir diretamente para caças de quarta e quinta gerações (F-16, F-15 e F-35).

FONTE / FOTOS: Força Aérea Israelense (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
CarlosIväny Junior Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Iväny Junior
Visitante
Member

Ótimo treinador. A chancela da força aérea de israel é um prêmio por isso.

Carlos
Visitante

Certificado de qualidade *****

Rosh Hashana

Shana Tovah