Home Noticiário Internacional Tchecos adquirem, com desconto, mísseis ar-solo para equipar seus caças Gripen

Tchecos adquirem, com desconto, mísseis ar-solo para equipar seus caças Gripen

278
10

Gripen - foto MD República Tcheca

Segundo reportagem publicada pelo jornal tcheco Hospodářské noviny, o Ministério da Defesa da República Tcheca deseja adquirir armamentos ar-solo para equipar os caças Saab Gripen do país, e quer comprá-los a preços mais baratos. Um acordo a esse respeito, segundo o jornal, foi assinado em recente encontro da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), por ministros da defesa de diversos países que garantiram os descontos na compra de armamentos. O encontro da OTAN foi realizado no País de Gales (Reino Unido).

No caso da República Tcheca, o foco é a aquisição de cerca de 200 mísseis ar-solo para seus caças Saab JAS 39 Gripen, que recentemente tiveram seu contrato de “leasing”, com o governo sueco, renovado até 2027 e com opção para dois anos adicionais. Os valores com desconto para aquisição das armas de precisão foram acordados nos bastidores do encontro da OTAN, incluindo países como Dinamarca, Noruega, Espanha, Portugal e Grécia. Não foi revelado, pelo jornal, o tipo de míssil em questão.

Gripen - foto 4 Min Def República Tcheca

FONTE: Hospodářské noviny (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em tcheco)

FOTOS: Ministério da Defesa da República Tcheca

COLABOROU: Sandro

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ivan
Ivan
6 anos atrás

Minha sugestão são os novos Brimstone.

http://brimstonemissile.com/

Montados em racks triplos podem, dependendo de quantos tanques externos são levados, podem ser até uma dúzia por missão.

Fariam um grande estrago em uma coluna mecanizada.
Cada aeronave poderia destruir uma companhia inteira de carros de combate, uma esquadrilha de 4 (quatro) caças poderia praticamente eliminar um batalhão blindado no padrão soviético (31 tanques)

Sds.,
Ivan.

Carlos
6 anos atrás

É uma pena não informarem,

Ivan

quanto custa um lote desses por favor ?

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
6 anos atrás

Me parece que com os tempos bicudos nos orçamentos militares europeus vão montar um esquema de compra de grupo via OTAN onde a aliança compra e repassa um armamento eleito (financiado pelos EUA) com repasse com desconto aos países beneficiados.
Parte da conta fica para a OTAN mesmo…

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
6 anos atrás

ALIÁS o título DEVERIA SER :

Tchecos QUEREM adquir, com desconto, mísseis ar-solo para equipar seus caças Gripen

Pois pelo próprio texto eles só voltaram da reunião com apenas com o “desejam” da promessa e sem nenhum míssil para colocar nos Gripens.

joseboscojr
joseboscojr
6 anos atrás

A isso se dá o nome de “parceria estratégica”.

joseboscojr
joseboscojr
6 anos atrás

Ivan,
Se brincar são só bombas Paveway e/ou mísseis Maverick mesmo.
Duvido muito que o Brimstone esteja já integrado a esses caças.
O Gripen sequer integraram as JDAM.

joseboscojr
joseboscojr
6 anos atrás

Desculpem-me pela concordância verbal errada. Penso muito rápido e digito mais rápido ainda e não raro lanço uma “pérola” gramatical.
Correção:
O Gripen sequer integrou as JDAM.

Mauricio R.
Mauricio R.
6 anos atrás

OFF TOPIC…

mas nem tanto!!!

O “Grupon” da OTAN:

“Denmark is leading an effort to increase the availability of munitions across NATO member states, following depletions in supplies during recent air campaigns.”

“A letter of intent was signed by six nations during the NATO summit in Newport, Wales, which will lead to the establishment of a framework through which NATO members will be able to access air-to-ground precision-guided munitions (PGMs) from other member states easily, should they be required.”

(http://www.flightglobal.com/news/articles/NATO-Summit-Denmark-heads-munitions-sharing-initiative-403388/)