sábado, dezembro 3, 2022

Gripen para o Brasil

ABIMDE completa 29 anos

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Aniversario ABIMDE_2

AbimdeA ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) comemorou seus 29 anos no início de agosto. A data foi celebrada em evento que reuniu empresários do setor, representantes das três forças armadas e parlamentares no Círculo Militar de São Paulo. O encontro, ocorrido na terça-feira, dia 5/8, contou ainda com a palestra “Atualidades e Perspectivas da Base Industrial de Defesa”, ministrada pelos Conselheiros da entidade, Marcílio Boavista, Claudio Moreira e Fernando Ikedo.

Com um número de 225 Associadas, a ABIMDE reforça seu posicionamento dentro do setor de defesa e segurança, atuando como importante interlocutora no relacionamento entre as indústrias e os órgãos governamentais, procurando agilizar e incentivar a comercialização, o desenvolvimento e a qualidade dos produtos brasileiros.

De acordo com a entidade, as companhias que atuam no mercado de defesa geram, juntas, cerca de 25 mil empregos diretos e 100 mil indiretos, movimentando mais de US$ 3,7 bilhões/ano, sendo US$ 1,7 bilhão em exportação, e US$ 2 bilhões em importação.

Segundo pesquisa realizada pela Associação, esses números podem mais que dobrar nos próximos 20 anos devido aos grandes projetos anunciados pelo governo. A expectativa é de que os investimentos girem na ordem de US$ 120 bilhões a longo prazo, sendo US$ 40 bilhões já anunciados para programas voltados para vigilância das fronteiras marítimas, aéreas e terrestres do país.

Até 2020, o Brasil tem a possibilidade concreta de praticamente dobrar o número de postos de trabalho altamente especializados. A estimativa é de que o setor gere cerca de 48 mil novos empregos diretos e 190 mil indiretos. Já para 2030, a expectativa é ainda melhor, passando para 60 mil novas vagas diretas e 240 mil indiretas.

“A ABIMDE tem trabalhado fortemente, ano a ano, para potencializar o mercado de defesa no Brasil, bem como a capacidade industrial do setor, apoiando as indústrias que atuam neste segmento. Uma das ações que a associação tem dado especial atenção refere-se ao poder de exportação das empresas. A entidade está em constante contado com órgãos do governo para encontrar soluções que possam ampliar o poder de exportação dessas companhias, pois isso abre a possibilidade de planejamento a longo prazo, garante maior segurança na tomada de decisões e amplia o número de clientes. Conquistar mercados externos também permite melhoria no fluxo de caixa e maximização do capital de giro”, explica Sami Youssef Hassuani, presidente da ABIMDE.

DIVULGAÇÃO: Rossi Comunicação

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest

7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edgar

Poderiam ter feito um bolo mais temático…:

Guilherme Poggio

Parece bolo de casamento!

Rinaldo Nery

Esse japonês, primeiro da esquerda, é da EMBRAER. Ou era. Não me recordo o nome. Quando estava na COPAC me procurou pra conversarmos sobre inteligência de mercado de defesa. Não sou expert no assunto, longe disso. Mas, a EMBRAER possuía nos seus quadros uma sumidade no setor, chamado Anastácio Katsanos. Engenheiro iteano, um dos responsáveis pelo A-29. Por ocasião do primeiro F-X, ele se opôs frontalmente à parceria da EMBRAER com a DASSAULT para emplacar o Mirage 2000. Por isso, foi demitido. Esse amigo da foto assumiu sua função, mas não tinha o mesmo nível. Talvez hoje tenha. Experiencia só… Read more »

Justin Case

Nery,

O japonês é o Fernando Ikedo. O nome dele está no artigo. Saiu da Embraer. Se não me engano, está na Rockwell Collins. Acho que é considerado excelente profissional.
Quando estava na Embraer, teve ligação com o FX-2 na gestão dos assuntos técnicos.

Justin

Rinaldo Nery

Obrigado, Jaguar. É isso mesmo, Ikedo. Quando recebemos os E/R-99 ele fazia parte da comissão. Depois foi promovido.

Mauricio R.

“…chamado Anastácio Katsanos. Engenheiro iteano, um…”

Escreveu mta abobrinha contra o C-130 e o P-3, na RFA.

Carlos Alberto Soares

O bolo é diet, zero açúcar …. sou diabético !

Coronel & Justin

Mentes brilhantes que se vão.

Não conseguimos manter os melhores.

Eu entendo-os.

Este pais está cada vez mais difícil de que terá uma realidade proveitosa,
recomendo aos meus filhos ….
“pintou oportunidade boa …. mete o pé” !

Chega dessa de pais do futuro.

Estou escutando essa m#rd@ já tem mais de 50 anos.

Últimas Notícias

VÍDEO: Documentário ‘Highway’ sobre operações aéreas em rodopista na Tchecoslováquia, em 1980

O documentário "Highway" foi filmado pelo Checoslovak Army Film no outono de 1980 durante um exercício militar entre os...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -