Home Aviação Civil Inteligência dos EUA confirma que míssil abateu avião na Ucrânia

Inteligência dos EUA confirma que míssil abateu avião na Ucrânia

274
24

mapa-mostra-local-da-queda-do-aviao-da-malaysia-airlines-na-ucrania-FONTE UOL

Agências de inteligência dos Estados Unidos confirmaram nesta quinta-feira (17) que o voo MH17, da Malaysian Airlines, foi abatido por um míssil terra-ar.

Um sistema de radar identificou um míssil terra-ar ser disparado e ir em direção ao avião comercial, pouco antes de a aeronave cair. Um segundo sistema de radar identificou o rastro de calor do míssil no momento em que o Boeing 777 foi atingido. A trajetória do míssil está sendo analisada para que seja possível determinar a autoria do disparo.

O premiê da Malásia, Najib Razak, fez a mesma afirmação durante entrevista coletiva sobre o acidente. O governo ucraniano também já havia afirmado que um míssil lançado do solo teria derrubado o avião da Malaysia Airlines.

Um oficial norte-americano, sob condição de anonimato, disse ao “Washington Post” que as agências não conseguiram determinar ainda quem atirou o míssil. “Essa é uma área contestada. Vai demorar para conseguirmos alguma informação sobre quem está envolvido”.

“Não deixaremos pedra sobre pedra. Quando confirmarmos que o avião foi mesmo derrubado, vamos insistir para que os autores sejam rapidamente levados à Justiça”, disse Razak.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, havia afirmado pouco após a queda do avião de que se tratava de um ato terrorista. “Isso não foi um incidente, isso não foi uma catástrofe, foi um ato terrorista”, disse.

O avião de passageiros da Malaysia Airlines com 295 pessoas caiu na Ucrânia, na região de fronteira com a Rússia dominada por rebeldes. Segundo o governo ucraniano, todos a bordo morreram.

Rebeldes já abateram aviões na região

Separatistas pró-Rússia do leste da Ucrânia já derrubaram ao menos dez aeronaves na região. O local é palco de conflitos entre o Exército ucraniano e os rebeldes há meses, desde que o ex-presidente do país Viktor Yanukovich foi deposto em fevereiro deste ano.

As aeronaves derrubadas pelos rebeldes na região, que usaram lança mísseis portáteis, voavam a baixa altitude, diferente do avião da Malaysian, que estava a 10 mil metros de altura. A lista inclui helicópteros militares, aviões de transporte do Exército e caças da força aérea.

Segundo o especialista em segurança internacional Gunther Rudzit, rebeldes ucranianos possuem mísseis terra-ar fornecidos pela Rússia com poder de abater um avião.

“Os rebeldes já vinham alardeando que teriam derrubado dois caças da Ucrânia. Um avião de transporte e helicópteros também teriam sido derrubado”, diz Rudzit. Por causa desses indícios, ele acredita que o alvo do míssil não teria sido o avião de passageiros, e sim um avião militar.

O avião ucraniano que seria o suposto alvo teria conseguido despistar o míssil, que pode ter “enquadrado o avião [da Malaysia Airlines] em altitude maior”,
explica o especialista. “Esse míssil segue calor”, completa. Os aviões de passageiros voam em altitude mais elevada que aeronaves militares, esclarece Rudzit.

Ucrânia, Rússia e rebeldes negam ter abatido avião

Em declarações dadas logo após a confirmação da queda do MH17, autoridades dos governos russo e ucraniano, além do representante da República Autoproclamada de Donetsk, negaram ter abatido o avião.

Rebeldes separatistas da região leste da Ucrânia, onde o avião caiu, negaram qualquer envolvimento. “Nós simplesmente não temos esse sistema de defesa aérea”, de acordo com a agência Interfax. No entanto, o especialista em segurança internacional, Gunther Rudzit, afirma que mísseis terra-ar, guiados por calor e fornecidos pela Rússia aos rebeldes, seriam capazes de abater um avião comercial.

“Os rebeldes já vinham alardeando que teriam derrubado dois caças da Ucrânia. Um avião de transporte e helicópteros também teriam sido derrubado”, diz Rudzit. Por causa desses indícios, ele acredita que o alvo do míssil não teria sido o avião de passageiros, e sim um avião militar.

O presidente ucraniano também negou que o Exército do país tenha participação. “Nós não descartamos que esse avião tenha sido derrubado e reforçamos que as Forças Armadas da Ucrânia não agiram contra alvos aéreos”, disse Poroshenko.

O porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, afirmou que é “estupidez” acusar o país de envolvimento no acidente com o MH17. A suspeita havia sido levantada logo após o acidente pelo ministro das Relações Exteriores de Kiev, Pavlo Klimkin.

Trajeto e resgate dos corpos

O voo MH17 ia de Amsterdã, na Holanda, para Kuala Lumpur, na Malásia, e voava a 10 mil metros quando caiu. O voo teria duração de 11h55 minutos e percorreria uma distância de 10,2 mil quilômetros.

A Malaysia Airlines perdeu contato com a aeronave às 11h15 (horário de Brasília), e que sua última posição foi registrada no espaço aéreo ucraniano, a 30 km de Tamak.

Oficiais de defesa da Ucrânia disseram que o trabalho na região de Donetsk, onde o avião caiu, é difícil em razão dos destroços espalhados por áreas extensas. As buscas também são dificultadas pela presença de terroristas armados na região. O governo russo entrou em contato com a Ucrânia oferecendo ajuda nas investigações e também no resgate das vítimas.

“Estou chocado por relatos de que um avião da MH caiu. Estamos lançando uma investigação imediata”, disse o premiê da Malásia, Najib Razak, em sua conta no Twitter.

O ministro da Justiça e Defesa holandês, Ivo Opstelten, disse em comunicado que está “profundamente chocado” com o acidente, confirmando que havia muitos cidadãos do país no voo. “Meus pensamentos estão com as famílias e amigos daqueles que estavam no avião”, escreveu.

Opstelten destacou que o governo holandês criará um número de emergência para que as famílias das vítimas possam buscar informações.

FONTE: UOL

24
Deixe um comentário

avatar
22 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
RogérioLywMarcelo Pamplonacvn76juarezmartinez Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
joseboscojr
Visitante
Trusted Member
joseboscojr

Radar que detecta rastro de calor é 10. rsrssss
Essa de míssil se desviar do alvo e ir para outro também é lorota.
Míssil sup-ar guiado por calor com alcance vertical de 10 km “non ecziste”.

Rinaldo Nery
Visitante
Member
Rinaldo Nery

Concordo. A imprensa publica essas bobagens (Poggio e Nunão, eu sei que é clipping! rsrsrs) e os leitores leigos acreditam.

rommelqe
Visitante
rommelqe

Me parece que um S-300 não estaria nessa região pois sejam os separatistas ou os ucranianos não operam esse sistema, e aos russos isso (estacionar uma unidade S-300 em territorio separatista. – notar que dentro de território russo seu alcance não seria suficiente) não seria conveniente. Assim, o mais lógico é que tenha sido uma interceptação por um Buk. O radar deste sistema seria suficiente para distinguir um 777 de um cargueiro militar (um caça nem se fala…). Então como disse o Colombeli, poderia ser oriundo de qq um dos lados….mas eu acho que um governo constituido não faria isso… Read more »

Intruder
Visitante
Intruder

Alguém ta sabendo que mais ou menos uma hora antes, na mesma rota, passou um avião contendo em seu interior ninguém menos que Vladmir Puttin?

eparro
Visitante
eparro

Tá e o controle aéreo naquele espaço não era da responsabilidade e conhecimento de Kiev? Penso que se assim fosse, eles não teriam errado o alvo, ainda mais com antecedência e conhecimento.

Vader
Visitante
Member

E mais ainda: errado por UMA HORA…

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Provavelmente o avião foi alvo de um sistema Buk, que diga-se de passagem que não é para qualquer desqualificado operar e saber trakear o alvo, é coisa de “profissional”.

Grande abraço

eduardo pereira
Visitante
Member
eduardo pereira

Juarez, realmente o que pode ter acontecido é esta falta de conhecimento e profissionalismo por parte de um possivel operador deste belo sistema de defesa . Imagina colocar um poder deste em mãos leigas, dá (infelizmente) no que deu;_olha só tem um pontinho parecido com o de um cargueiro ,vou derrubar e contar vantagem depois ,mas…….deu merd.
Porém o erro começa na empresa que não mudou a rota muuuuuito antes devido ao conflito que se arrasta no local como fizeram outras companhias aéreas .
Deus conforte os familiares das vítimas!! Em pensar que haviam 80 crianças a bordo.

Sds.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Caro juarezmartinez Ontem pouco depois das 15:00 hs postei no FORTE no tópico da presidANTA com o Adolf de Leningrado, ex-KGB, logo depois de um comentário vosso, que a me…. tinha nome: SAM/Buk. Estava assistindo ao vivo um canal de TV de Israel que deu a notícia. Em seguida entrei na ABC N e está já comentava que o Barak tinha sido informado do míssil e que este foi detectado por satélite através da trajetória. Quanto ao GF, com o CA no mistério da defesa vc queria o quê ? Estão “colando” o Brazil a CUBA, CHINA, RÚSSIA e nos… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

“Guilherme Poggio
18 de julho de 2014 at 0:05 # ”

kkkk rsrsrsrs …. muito boa, adorei …

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Caro Carlos Alberto, aquela anta só diz o que o MAG manda dizer, o Itamaravilha só é informado, ou seja, vão nos jogar na latrina do mundo junco com a turminha que tu citaste, e esta mulher é tão cega, ou é sem vergonha mesmo, que nem um voto pêsames aos familiares na entrevista ela deu, ahh no meu tempo, ahh no meu tempo de caserna ……

Grande abraço

eparro
Visitante
eparro

Caros senhores;

juarezmartinez

18 de julho de 2014 at 8:51 #

e

eduardo pereira
18 de julho de 2014 at 9:58 #

parece-me que a imprensa rotulou erradamente, os separatistas Russos na Ucrânia, de guerrilheiros. A meu ver são tropas do exército regular da Rússia, travestidos de “separatistas”. Vejo-os como soldados regulares, profissionais e bem capacitados e não reservistas de segunda classe. Talvez, lá um ou outro, esteja de “alegre” nessa parada.

cvn76
Visitante
Member
cvn76

Na realidade os “separatistas” são divididos em diferentes grupos….. Muitos são mercenários a serviço dos oligarcas locais. Outros são ex-soldados de etnia russa que serviam nas forças armadas da Ucrânia….. Como o pessoal aqui já falou; colocar um sistema complicado e difícil de operar em mãos de leigos só podia dar nisso….. Acabei de assistir o noticiário russo e entrevistaram um dos “separatista” onde ele mesmo afirma que foram eles que derrubaram o avião. Confundiram com um avião de transporte ucraniano!!! Eles agora vão tentar confundir os rastros, mas não vai adiantar…… O macabro é que no dia 24.05.1998 eu… Read more »

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Exatamente eparro, até porque como eu já comentei, não é qualquer bestunto que opera um SAM Buk, traqueia e trava o alvo de um sistema desta complexidade, muito diferente de um Igla da vida que qualquer bestunto com dois neurônios opera . O Putin está com as mãos sujas de sangue de gente que não tinha nada que ver com o problema da Ucrãnia, os Eurobâmbis parece que agora vão sair de trás do sofa e se mexerem, pois se continuarem levando o problema na base da luvinnha de caxemir e da pantufa, quando acordarem, o Vladimir vai estar cruzando… Read more »

eduardo pereira
Visitante
Member
eduardo pereira

Eparro;
pior ainda se tiver sido um disparo por parte de soldados treinados e capacitados, ae a covardia é maior que a burrice de um provavel leigo.

Sds.

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Boa tarde a todos!

Como diz o adágio: desgraça pouca é bobagem!

http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2014/07/cura-da-aids-poderia-estar-naquele-aviao.html

Sem maiores comentários…

Sds.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Estimados Juarez Martinez Eparro Marcelo Pamplona Eduardo Pereira cvn76 Concordo com 100% de vossas afirmações. Juarez, esqueci do MAG, essa é a mente do Jihadismo salafista do PA. “A meu ver são tropas do exército regular da Rússia, travestidos de “separatistas”. Vejo-os como soldados regulares, profissionais e bem capacitados e não reservistas de segunda classe. Talvez, lá um ou outro, esteja de “alegre” nessa parada.” É isso mesmo eparro, soma-se mercenários ex = a m….da que deu. Bem lembrado, sobre a Maria Antonieta Tupiniquim “que nem um voto pêsames aos familiares na entrevista ela deu, ahh no meu tempo, ahh… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares
Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Prezados editores: Vi este “ranking” de Forças Armadas – e não exércitos, como menciona a chamada – e achei por bem compartilhar: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/os-15-exercitos-mais-poderosos-do-mundo#2 Desde pronto, aqui vão dois pedidos de desculpas: 1) Pelo off-topic e off-page (não possuo cadastro no Forte); 2) Pelo número de “ogiva nucleares” da Alemanha… Pode isso, Arnaldo?! Carlos Alberto Soares; Além das triviais imbecilidades e desmandos internos, temos que aguentar o “czarzinho” fazendo mesbla no cenário internacional sem, ao menos, ter alguma estratégia clara definida… Quer invadir a Ucrânia? Quer anexar os territórios ao leste desta? Quer bancar o Adolf kamikaze? Quer brincar de War?… Read more »

Lyw
Visitante
Member
Lyw

Isto é o resultado desastroso da geopolítica internacional.

A Rússia apoiou rebeldes na Ucrânia que irresponsavelmente provocaram uma tragédia histórica.

Não muito diferente do apoio que os Ianques deram aos rebeldes sírios, que agora se juntaram a rebeldes iraquianos e proclamaram um Estado Islâmico que vêm fazendo uma limpeza étnica e religiosa no “seu território”. Centenas de mortos (não se sabe ao certo quanto, mas é um número bem maior que o desta aeronave) e pelo menos 300 mil refugiados!

Rogério
Visitante
Member
Rogério

Lyw
18 de julho de 2014 at 18:52

Concordo plenamente com você, 2 superpotências governadas por incompetentes

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

E um país governado por uma desvairada que é comandada por um bêbado chefe de quadrilheiros.