Home Acidente Aéreo Avião com 295 pessoas a bordo ‘é atingido por míssil e cai’...

Avião com 295 pessoas a bordo ‘é atingido por míssil e cai’ na Ucrânia

482
76

ukraine_plane_r

ClippingNEWS-PAA empresa aérea Malaysia Airlines confirmou ter perdido contato com uma aeronave com quase 300 pessoas a bordo que estava sobrevoando a região leste da Ucrânia. Grupos separatistas e o Exército ucraniano estão em conflito há semanas nesta mesma região. Um conselheiro do Ministério do Interior da Ucrânia disse que o avião, um Boeing 777, foi atingido por um míssil – embora isso não tenha sido confirmado de forma independente. O avião estaria fazendo a rota entre Amsterdã e a capital malaia, Kuala Lumpur, quando teria caído na região entre as cidades de Donetsk e Lugansk, que são controladas por rebeldes pró-Rússia.

140717170012_map_ukraine

Segundo relatos, o voo MH17 viajava de Amsterdã, na Holanda, para Kuala Lumpur, na Malásia, e desapareceu dos radares quando sobrevoava a região de Donetsk, às 16h20 do horário local (9h20 no horário de Brasília). Equipes de resgate estão tentando chegar ao local, segundo a agência de notícias russa Interfax.

O correspondente da BBC em Moscou, Oleg Boldyrev, diz que relatos não confirmados dão conta de que pessoas teriam visto destroços na área onde o avião teria caído na Ucrânia. Ele diz ainda que investigações sobre o que poderia ter acontecido seriam um “pesadelo” para as autoridades, por causa das tensões na região.

A queda do Boeing acontece depois que o governo ucraniano acusou a Rússia de derrubar um caça ucraniano que não havia adentrado o espaço aéreo russo. O correspondente da BBC em Moscou Daniel Sandford diz que a área na qual o avião teria caído fica no centro da área controlada por rebeldes anti-Kiev.

Separatistas pró-Rússia em Donetsk negaram à agência Interfax que tenham derrubado o avião da Malaysia Airlines. “O avião foi derrubado pelo lado ucraniano. Simplesmente não temos sistemas de defesa aérea desse tipo”, disse o porta-voz Sergey Kavtaradze à agência. O correspondente de Defesa da BBC Jonathan Beale diz que “atingir um avião a 10.000 metros de altura requiriria um míssil terra-ar de longo alcance possivelmente guiado por radar”. Segundo a Interfax, o departamento de imprensa do governo ucraniano afirma que as Forças Armadas ucranianas não estão envolvidas na queda do avião.

140717171243_ukraine_plane_512x288_reuters

140717165019_crash_site_plane_512x288_reuters

 

ukraine_plane__r

 

O correspondente da BBC em Moscou, Oleg Boldyrev, disse que os rebeldes não tem equipamentos sucateados. O que eles tem é equivalente ou até ultrapassa a capacidade do governo ucraniano. Segundo Boldyrev, relatos dão conta de que os rebeldes tem até mesmo caças que teriam trazidos da Criméia e que a possibilidade de terem abatido o avião não deve ser excluída.

Testemunhas

“Eu estava trabalhando no campo com o meu trator quando ouvi o barulho de um avião e então uma explosão e tiros. Então eu vi o avião bater no chão e quebrar em dois. Tinha muita fumaça preta”, disse uma testemunha que se identificou apenas como Vladimir à Reuters. Um rebelde separatista da localidade próxima de Krasni Luch que se identificou apenas como Sergei disse: “Da minha varanda eu vi o avião começando a descer de uma altitude muito grande e então escutei duas explosões”. Ele negou que os rebeldes tenham derrubado o avião.

“Isso somente poderia acontecer se fosse um caça ou um míssil terra-ar (que tenha abatido o avião de passageiros)”, disse ele.

Alerta entre empresas aéreas

Após o acidente, a companhia aérea alemã Lufthansa decidiu passar a evitar o espaço aéreo no leste da Ucrânia, onde ocorreu o acidente e onde são realizados combates separatistas. A medida tem efeito imediato, segundo a Reuters, mas a empresa por enquanto continuará servindo os aeroportos de Kiev e Odessa.

As empresas Virgin e Transaero anunciaram a mesma medida, assim como a companhia aérea russa Aeroflot, a Turkish, da Turquia, a Air France, da França, a italiana Alitalia e a holandesa KLM, que disseram que evitarão o espaço aéreo ucraniano.

“A Air France está monitorando a situação em tempo real e decidiu não voar mais sobre o leste ucraniano após ser informada do incidente”, disse um porta-voz da empresa.

A Administração Federal de Aviação dos EUA havia alertado as companhias americanas a evitarem a área desde 4 de abril.

Autoridades
Segundo a agência russa “RT”, o presidente russo, Vladimir Putin, informou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre a queda imediatamente após as primeiras notícias, em uma conversa telefônica. O Kremlin e a Casa Branca ainda não se pronunciaram sobre a possibilidade de o avião ter sido derrubado.

Putin expressou suas “sinceras condolências” ao primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, que se disse chocado com o ocorrido. “Eu estou chocado com as informações sobre queda de um avião da MH. Nós estamos lançando uma investigação imediata”, disse Razak em sua conta no Twitter. MH é o código usado para a companhia Malaysia Airlines.

Segundo a agência de notícias Reuters, a Casa Branca afirma que o presidente Barack Obama enviou oficiais americanos para “manter contato próximo” com oficiais ucranianos nas investigações sobre a queda do avião.

O premiê da Holanda, que estava em Bruxelas, anunciou que está retornando para seu país após a queda do avião. “Estou profundamente chocado com as dramáticas informações da queda do voo MH17 da Malaysia Airlines”, afirmou.

Se as mortes a bordo do MH17 forem confirmadas, será a segunda tragédia envolvendo a Malaysia Airlines neste ano, após o desaparecimento do voo MH370, em março, com 227 passageiros e 12 tripulantes – um dos maiores mistérios da história da aviação.

FONTE: BBC Brasil

Atualizado até 15:50 – 17-07-2014

76
Deixe um comentário

avatar
73 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
32 Comment authors
OganzalynxIvanРустамом Bogaudinovmdanton Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
eparro
Visitante
eparro

Concordo Nunão que seja cedo (ainda mais você como editor), mas eu, o que mais posso fazer a não ser conjecturar e, talvez, exercitar um pouco a mente, não é?
Bem, bateria SAM então é o que tavez fosse capaz de atingir um Boeing 777 em vôo de cruzeiro. Mas e um jato de combate, também poderia ter lançado um míssil de longa distância, não?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Eparro, Como já escrevi, o fato de eu ser um dos editores dos sites e da revista de modo algum significa que eu saiba mais do que diversas outras pessoas que frequentam este espaço. Todos podemos fazer conjecturas. A derrubada por um míssil lançado de uma aeronave também pode ser conjecturada. Também se pode conjecturar que não houve nada disso, que não ocorreu derrubada alguma e que a aeronave caiu por acidente. Ou mesmo por algum atentado, sequestro, bomba a bordo ou algo do gênero. Como desta vez há destroços, houve contato com o radar etc (diferentemente de outro avião… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares
wwolf22
Visitante
Member
wwolf22

nao seria coerente SEMPRE desviar de regiões que estao em conflito ?!?!?!
quem eh que define a rota do avião ?!?!?! eles não poderiam desviar dessa região que esta em guerra e que todo mundo sabe que ja foram abatidos aviões/heli naquela região ?!?!
sabe, nao estou defendendo ninguém mas o ser humano eh muito ingênuo…

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

O nome da m….. parece que é SAM/Buk …..

Agora quem apertou o gatilho, ai sim vai ser ó do borogodó, como diz o caro juarezmartinez.

No link que passei acima há entradas ao vivo de diversas fontes …. locais etc … Moscú, Kiev, USA, etc …..

B 777 – super seguro, etc ….

Sentimentos aos familiares das vítimas.

eparro
Visitante
eparro

Legal, Nunão!

Phacsantos
Visitante
Member
Phacsantos

Há um vídeo do momento que o avião explode, já no chão.
Parece ter sido filmado de algum veículo, talvez um tanque?

http://www.youtube.com/watch?v=dRb8Anwmyv8

Phacsantos
Visitante
Member
Phacsantos

Desculpem, é o mesmo video ja postado acima.
Por favor, excluam estes comentários.

M.A
Visitante
M.A

Srs. vou escrever o que li até agora. Aparentemente um comandante dos rebeldes lançou, pouco antes da notícia do acidente ser divulgada, uma declaração de que suas forças teriam abatido um An-26 (em área próxima a do acidente) utilizando de um Buk para tal: https://twitter.com/myroslavapetsa/status/489795820070658048 Há duas semanas os rebeldes haviam afirmado ter em mãos sistemas de defesa antiaéreos: http://en.itar-tass.com/world/738262 Foto não confirmada de um Buk perambulando por uma cidade sob controle da DNR: http://liveuamap.com/e/2014/17-of-july-this-photo-was-taken-today-in-terroristoccupied-snizhne?ll=48.026901803891;38.73950958252&zoom=9 O que está se especulando é que, devido a falta de um IFF adequado, falta de estrutura, treinamento e vontade os rebeldes simplesmente atiraram numa… Read more »

Joner
Visitante
Joner

Filmagem ao acaso ou após ter disparado?

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Boa tarde a todos! wwolf22; Pela pura e mais abjeta caracterítica humana: ganância! Neste caso, das companhias aéreas. Um desvio seja ao norte ou ao sul da região faria, muito provavelmente, aumentar o consumo de querosene das aeronaves, aumento os custos e diminuindo a lucratividade dos vôos… não é procedimento exlclusivo da Malaysia, frise-se bem. Quanto ao “acidente”, como só podemos conjecturar no presente momento, acaso se confirme que o Boeing foi derrubado por um míssil, eu guardo comigo a convicção de que não foi a Ucrânia quem abateu esta aeronave, haja vista os abates de aviões miltares deste país… Read more »

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Joner;

Pensei a mesma coisa…

Sds.

Guizmo
Visitante
Member
Guizmo

WWolf,

Quem define a rota é o dinheiro. As cias aéreas traçam as rotas baseado na equação de menor distância x custo de combustível.

Claro que há exceções de mudança de rota devido à condições climática adversas, mas do contrário, se for para economizar e passar por cima de uma zona de conflito, que assim seja.

Eu mesmo já fiz algumas vezes de Air France a rota do Oriente Médio para Paris e sempre sobrevoamos Badgá.

Abs

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Há destroços num raio de 15 km já confirmado, portanto ….

Parece que está cheirando para as milicias “disfarçadas” e apoiadas por Putin.

Na verdade tropas russas, lembram-se da Crimeia….

Alguém bebeu vodka demais, vai dar mer ……

Soldat
Visitante
Soldat

Acredito que foi um acidente tipo o guerrilheiro pensou que fosse um cargueiro Ucraniano e simplesmente atirou!!!

Mas são somente conjecturas..

Colombelli
Visitante
Member
Colombelli

So recordando que a Malásia tem problemas com terrorismo também. A origem do vôo não recomenda muito terrorismo, mas não pode ser descartado, ainda mais quando seria muita burrice atirar em um avião comercial.

Mas se foi um disparo de missil ( certamente de médio alcance) quem teria a ganhar com isso? Parece que os russos e os separatistas não seriam. Sobra quem?

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

“Sobra quem?”

Os BURROS como sempre, falta somente descobrir a cor do pelo ….

eparro
Visitante
eparro

Colombelli, teria a Ucrânia mísseis de médio alcance?

Grievous
Visitante
Grievous

Seguindo nas conjecturas…
Não houve aquele 747 coreano abatido pela URSS em 1983?
Talvez o mesmo tipo de erro.
Vejamos o que a investigação mostrará e se dará em alguma coisa (caso tenha sido um abate)

Guizmo
Visitante
Member
Guizmo

Sim Grievous, mas naquela ocasião foi bem claro quem atacou. Os soviéticos mandaram SU-15 Flagon e a interceptação foi com AAM.
Abs

Grievous
Visitante
Grievous

Guizmo, pelo que eu andei (re)vendo do caso do 747, a confirmação de que foi um abate intencional só veio muitos anos depois.
Na época, era a mesma ladaínha de negação, tentativa de esconder ou culpar outros…

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Pelo jeito a coisa ainda irá “feder” muito:

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2014/07/17/inteligencia-dos-eua-confirma-que-missil-abateu-aviao-na-ucrania.htm

Sobre o que menciona o Sr. Rudzit no texto, é possível a confusão de um avião militar com um civil (altitudes diferentes, velocidades diferentes, etc.), naquelas condições mencionadas por ele?

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

O Galante acabou de dar uma entrevista para a CBN analisando os tipos de sistemas SAM russos que poderiam ter derrubado o avião.

Observador
Visitante
Observador

Senhores, Não sei se a tragédia do KAL 007 serve de parâmetro. Na época o avião coreano se desviou muito da sua rota e entrou no espaço aéreo soviético, devido a tecnologia precária da época. O avião foi confundido com um RC-135 americano que seguiu a mesma rota no dia anterior. Daí os soviéticos acharam que o KAL 007 era o mesmo avião, repetindo a rota no dia seguinte. Inclusive foi este incidente que determinou o uso do GPS pela aviação civil. Já o voo MH17 seguia uma rota conhecida e pré-determinada. E justamente por causa do GPS em uso… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Tudo é estranho nestes primeiros relatos. Existe o post de que o avião de retorno do Putin retornou pela mesma rota com uma hora de diferença sobre o incidente. Existe relato de fulano, que ouviu o avião descendo, depois tirpos depois a explosão. Breque 1: Se viu o barulho do avião descendo, então estava com turbina ligada, se estava a baixa altura e daí chamou a atenção de alguem que se assustou e largou chumbo e terminou a lambança toda, pode ter sido um ataque terrorista e finalizou com engano militar de um dos lados. breque 2: Um missil IR… Read more »

Edgar
Admin
Member

Poggio, você teria o link da entrevista?

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Edgar

Escutei ao vivo. Possivelmente a CBN irá disponibilizar em seu site

http://cbn.globoradio.globo.com/Player/playerAoVivoSP.htm

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

E outra que esqueci de comentar…em reforço de que deve ter sido missil radar de alta potencia e tecnologia:

a) se fosse IR, acertaria a turbina e daria tempo do comandante da cabine comunicar algumas palavras.

b) Se não comunicou, é porque foi destroçado em um unico impacto

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Carvalho,
Mísseis IR “all aspect” não visam necessariamente a turbina já que são sensíveis à faixa do IR do corpo da aeronave.
Basicamente vai depender da programação do sistema de orientação. Ele pode escolher a parte mais “irradiante”, mas também pode escolher a área central da “imagem”, o chamado “centroide”, o que parece mais comum atualmente.

Observador
Visitante
Observador

Como falei antes, já começou o jogo de empurra-empurra, cada um preocupado em tirar o seu da reta:

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2014/07/17/ucrania-russia-e-rebeldes-negam-ter-abatido-aviao-da-malaysia-airlines.htm

Colombelli
Visitante
Member
Colombelli

Eparro, tem com certeza.

Carlos, não sei se são os burros ou os muito espertos espertos. Tanto pode ter sido um arigó pro russia que fez uma besteira, como pode ser um pro Ucrânia, de caso pensado, para chamar atenção e conseguir apoio contra os russos. Os dois lados seriam capazes disso.

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Carvalho,
Mas concordo que deva ser um míssil guiado por radar tendo em vista que nenhum dos lados têm mísseis sup-ar guiados por IR capazes de atingir alvos a 10.000 metros.

Vader
Visitante
Member

Seja lá quem for que tenha feito isso, é um ato de terrorismo de enormes proporções. Se foi um estado que fez isso, Ucrânia ou Rússia, tem que ser BANIDO da comunidade internacional. Se foi um grupo armado, deve ser OBLITERADO da face da Terra.

Agora a coisa por lá fedeu de verdade.

Justin Case
Visitante
Member

Amigos,

Não entendo o que está sendo dito, mas este vídeo está na internet:
ttp://www.youtube.com/watch?v=BbyZYgSXdyw

(completar o link)

Abraços,

Justin

Edgar
Admin
Member

Justin, ativando as legendas automáticas do Youtube o áudio bate com a transcrição no vídeo.

Resta saber a procedência desta comunicação.

Edgar
Admin
Member

Aos mais entendidos de geopolítica, caso se confirme o disparo por parte dos russos, isto abriria um procedente para uma declaração formal de guerra por parte da Ucrânia contra os Russos?

Bogaz
Visitante
Member
Bogaz

Mas que ca… homérica!!!

Os americanos estão afirmando que foi míssel mesmo.
Eu chuto que tenham sido os russos ou separatistas que dispararam. Se nãom foram os próprios russos, devem ter forncedido os mísseis para os separatistas. Claro que todos vão negar. Que eu saiba os rebeldes não estão utilizando aviões, motivo pela qual a Ucrânia não estaria com uma antiaérea ativa. Só se tivesse disparado deliberadamente.

Meus pêsames para os passageiros e para a empresa tb, que aliás, ta precisando se benzer.

Ozawa
Visitante
Member
Ozawa

Se a autoria desse lançamento for imputada, com provas, à Rússia, ela pode dar adeus a sediar a Copa do Mundo… O que, aliás, antes mesmo dessa tragédia, já achava um descalabro tal escolha…

eparro
Visitante
eparro

Pode até abrir precedente mas não acredito numa declaração de guerra da Ucrânia contra a Rússia. Se já não o fizeram quando perderam a Criméia, certamente que não o farão agora.

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
Member
André Sávio Craveiro Bueno

Lembram-se de um A-300 iraniano derrubado por um navio americano, USS Vincennes, se não me engano?

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
Member
André Sávio Craveiro Bueno

A ação aconteceu no Golfo Pérsico, creio, e a afirmação foi de que a aeronave iraniana aparecia no radar como estando em perfil de ataque, algo do tipo. Mesmo em uma área quente, não foi fácil a reação geral.

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Senhores,a pouco em uma entrevista a ordinária, xexelenta presidenta está alegando um possível ataque ao avião do carniceiro do Putin, ora bolas, vocês acreditam que os Ucranianos iriam tentar derrubar o avião do Putin?
p____q pariu que governo de merd.. nós temos, esta fedorenta está defendendo os russos, é inacreditavel.

Grande abraço

EDITADO

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Mas o avião do Putin teve permissão para sobrevoar a Ucrânia?
E o Putin aceitou?
Eu ehm!!!

eparro
Visitante
eparro

Só insensatos acreditariam nessa estorinha da carochinha que o “alvo” era o aviãozinho do Putinzinho.
E a Vanilda está demais! Logo, logo toma outra traulitada dos “amis” e seus espiões e aí vai ficar chorando pelos cantos.

Júlio
Visitante
Júlio

As pistas dos culpado já começaram a aparecer: fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2014/07/17/interna_mundo,437967/lider-separatista-russo-postou-mensagem-comemorando-queda-do-aviao.shtml “Líder separatista russo postou mensagem comemorando queda do avião O líder separatista pró-rússia Igor Girkin, conhecido como Strelkov, comemorou a queda de um avião praticamente na mesma hora da queda do Boeing da Malaysia Airlines, no leste da Ucrânia. “Um avião foi abatido nas imediações de Torez. Um AN-26 está caído em algum lugar na Mina do Progresso. Emitimos avisos para não voarem em nossos espaços aéreos. Temos vídeos confirmando. A aeronave caiu sobre uma pilha de resíduos. Áreas residenciais não foram atingidas. Civis não foram feridos”, escreveu. O post… Read more »

Rogério
Visitante
Member
Blackhawk
Visitante
Blackhawk

Júlio
18 de julho de 2014 at 8:03 #

e

Rogério
18 de julho de 2014 at 9:46 #

É nisso que dá armar cabeça de bagre.
Infelizmente para os inocentes, não há nada que possa ser feito.

Observador
Visitante
Observador

juarezmartinez 17 de julho de 2014 at 22:16 # eparro 17 de julho de 2014 at 23:38 # Senhores, A Dilma calada é uma poetisa. Tudo bem que o negócio é defender os interesses brasileiros junto á Rússia, ou seja, nossa pauta de exportações para lá, mas daí a defender a Rússia, ainda mais quando os fatos ainda não estão claros, é puro amadorismo. Certa é a CHINA, sempre com seu silêncio se não é afetada em seus interesses. Quero ver a cara de tacho dela se ficar comprovado que o avião foi abatido por um Buk russo. E olhe… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Pelo visto, ela ainda não aprendeu a ficar de boca fechada.”

Pô veja se não espalha, ainda bem que a presidenta não aprendeu a ficar calada.

mdanton
Visitante
mdanton

Caso a Russia não retire TOTALMENTE seu apoio e “entregue” os separatistas de bandeja….este episódio será o recomeço da guerra fria….com um lamentável detalhe….atualmente com este desgoverno peteba, estamos do lados da URSS, Cuba, China, Coreia do Norte, etc. O boicote a compa do mundo na russia é uma opção valida sim.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

A Maria Antonieta Tupiniquim pensa e fala igual ao …..
deixa pra lá vai ….

O Adolf de Leningrado, a prova:

http://www.youtube.com/watch?v=tWvk1iipKe0

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Caro Juarez Martinez e demais colegas

Vejam, a diferença de mulheres no comando e as coincidências das notícias atuais,

imperdível:

http://www.youtube.com/watch?v=6DUvfF_dXRw

Рустамом Bogaudinov
Visitante
Рустамом Bogaudinov

it’s all clear, and goes hysterical accusations rebels and Russian and now look at the real thing 1) plane was flying at 10 thousand meters – the rebels were (confirmed) in the presence of complexes of MANPADS and one with the ability Strela10m 3.5T meters 2) talk about the system BUKM1-only he could get the plane at this height a) No picture, the presence of this complex with the rebels, no b) there is a tightening of the availability of photos and videos in the area of ​​systems Buk M1 in Ukraine (although now they say that such sistemmy there… Read more »