Home Divulgação Sistema Aéreo Não Tripulado HERON da IAI participa na segurança do Rio...

Sistema Aéreo Não Tripulado HERON da IAI participa na segurança do Rio de Janeiro durante os jogos da Copa do Mundo

428
7

IAI Heron[1]

O Sistema Aéreo Não Tripulado (UAS – Unmanned Aerial System) HERON, da Israel Aerospace Industries (IAI), está participando nas operações de segurança no Rio de Janeiro e redondezas durante a Copa do Mundo FIFA 2014.

O sistema HERON está sendo implantado operacionalmente na área do Rio de Janeiro pela Polícia Federal brasileira. Isto como parte de um conjunto abrangente de medidas de segurança durante os jogos da Copa do Mundo.

O HERON executa continuamente missões de reconhecimento para monitorar qualquer atividade suspeita ou incomum nas redondezas do Rio, incluindo a sua periferia e áreas litorâneas.

O sistema HERON está sendo usado operacionalmente pela Polícia Federal brasileira desde 2010. A Polícia Federal já acumulou uma experiência operacional significativa com o sistema HERON, possibilitando a operação do sistema em uma grande variedade de cenários complexos. O sistema também está sendo operado diariamente no Estado do Paraná em missões de policiamento, tais como segurança da fronteira e prevenção do contrabando e narcotráfico.

Corcovado, Rio de Janeiro[1]

O sistema HERON carrega múltiplas cargas úteis, incluindo sensores eletro-ópticos para visão diurna e noturna. Um sistema exclusivo de comunicação satelital permite que o HERON seja operacional em uma ampla gama de altitudes de voo e que cubra áreas além de mil kilometros, podendo operar contínuamente no ar por mais de quarenta horas.

O CEO da IAI do Brasil , Henrique Gomes, comentou: “A IAI está orgulhosa das atividades do HERON com a Polícia Federal, e honrados com o fato do HERON estar participando na segurança do Rio durante os jogos da Copa do MUndo. Enquanto os olhares de bilhões de pessoas em todo o mundo estão afixadas na Copa do Mundo, é reconfortante saber que os olhos do HERON no céu estão contribuindo para a segurança do Rio.”

O Dr. José de Freitas Iegas, Diretor de Inteligência da Polícia Federal, declarou: “A Polícia Federal, através da sua Diretoria de Inteligência Policial, está promovendo esforços operacionais em prol da segurança do Grande Evento Copa do Mundo FIFA 2014 no campo da prevenção e repressão ao Terrorismo e à Criminalidade Organizada. Para suporte destas operações está sendo empregado o Sistema de Veículos Aéreos Não Tripulados da Polícia Federal, o conhecido VANT. As principais missões do VANT são angariar e prover dados e informações de Inteligência Policial para subsidiar o emprego de meios operacionais no enfrentamento de organizações criminosas e terroristas que possam afetar a paz social no transcorrer da Copa do Mundo.

Maracanã stadium, Rio de Janeiro[2]

DIVULGAÇÃO: Rossi Comunicação

7 COMMENTS

  1. Puxa, pela baixa qualidade das imagens (se não eram meramente ilustrativas) o VANT deveria estar beeeeeem longe. Acho que na Baía de Guanabara ou no litoral…

  2. Boa tarde.

    Acredito que o HERON não possar carregar armamento.
    Mas por onde anda o Hermes 900 adquirido pra Copa? Não achei mais notícias.

  3. Os sistemas do HERMES 900 apresentam melhor qualidade de imagens. A última edição da Revista Força Aérea contém uma matéria interessante sobre o HERMES 900. A referida ARP – Aeronave Remotamente Pilotada (essa é a designação correta) não foi adquirido para a COPA, mas chegou num momento bastante oportuno, e está sendo empregado durante os jogos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here