Home ARP Batalha dos drones na Suíça: vencedor foi o Hermes 900

Batalha dos drones na Suíça: vencedor foi o Hermes 900

602
3

Hermes 900 - foto via Força Aérea Suíça

Deverá começar, porém, a guerra no parlamento para aprovar a escolha

Em nota divulgada nesta quinta-feira, 5 de junho, o Departamento de Defesa da Suíça informou resultado da seleção de um sistema de drones (aeronaves remotamente pilotadas) destinado a substituir os ADS 95 Ranger que operam desde 2001 e estão chegando ao final da vida útil.

O sistema escolhido foi o Hermes 900 da empresa israelense Elbit Systems, que venceu o rival Super Heron da também israelense IAI (Israel Aerospace Industries). O Hermes 900 escolhido por atingir os melhores resultados globais nos critérios de avaliação – tanto ele quanto o Super Heron já haviam passado pelos requerimentos preliminares.

Ainda segundo anota, o Hermes 900 pode ser empregado em qualquer condição de tempo e oferece maior flexibilidade, autonomia e alcance que o atual ADS 95.

O novo sistema de drones deverá ser denominado ADS 15 na Suíça, e sua aquisição está cotada em aproximadamente 250 milhões de francos suíços (cerca de 280 milhões de dólares ou 635 milhões de reais). Não foi revelada a quantidade de drones a ser adquirida.

A nota do Departamento de Defesa repetiu várias vezes que os novos drones não são armados, afirmando também que drones armados (UCAVs, na sigla em inglês para unmanned combat air vehicle – veículo aéreo não tripulado de combate) não estão em consideração pelo departamento no curto prazo.

A aquisição deverá ser submetida ao Parlamento Suíço quando das discussões sobre o programa de armamentos para 2015. Como mostramos em matéria anterior (veja primeiro link da lista abaixo), deverá haver oposição à compra por ser um sistema de origem israelense e, para alguns, representar um aumento na capacidade do Estado em vigiar a população.

Hermes 900 - foto 2 via Força Aérea Suíça

Com informações do Departamento de Defesa da Suíça e tradução do Poder Aéreo a partir de original em francês.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

qual é a restrição à sistemas israelenses na Suiça? Acho que não acompanhei esse assunto.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Israel não ataca, se defende 24 horas por dia todos os dias, o resto é balela de pseudo-pacifistas e nazis, que por sinal, ambos tem espaço e presença no país “neutro”.