domingo, maio 16, 2021

Gripen para o Brasil

Secretaria de Aviação Civil estuda concessão do Aeroporto de Guarujá

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Base Aérea de Santos - no Guarujá - foto 4 Nunão - Poder Aéreo

ClippingNEWS-PAOs estudos de modelagem de concessão do Aeroporto Civil de Guarujá estão nas mãos do diretor de Outorgas da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Ronei Saggioro, desde segunda-feira. O órgão agora deverá analisar o pedido e ainda poderá solicitar à Administração Municipal informações complementares.

O pedido de anuência prévia para a concessão do equipamento foi entregue a Saggioro, em Brasília, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário de Guarujá, Adilson Luiz de Jesus, e pelo diretor de Desenvolvimento Aeroportuário, Dário Lima.

Segundo o comandante da Base Aérea de Santos, major aviador Olympio de Carvalho Mendes Neto, a pista do aeroporto será 200 metros maior que a atual, que já possui 1.390 metros, e poderá receber, em média, dez voos por dia.

“Hoje, a pista já tem 40 metros a mais que o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e que opera com o 737-200 (modelo de aeronave)”, destacou o major aviador Mendes Neto.

Base Aérea de Santos - no Guarujá - foto Nunão - Poder Aéreo

O comandante visitou, na manhã de ontem, o diretor-presidente de A Tribuna, Marcos Clemente Santini. O diretor-superintendente do jornal, Paulo Naef, participou do encontro.

O comandante, que assumiu o posto em dezembro, estava acompanhado pelo presidente da Associação dos Amigos da Base Aérea de Santos, Aníbal Martinez.
Informações

Conforme a Prefeitura de Guarujá, o pedido apresenta informações ambientais preliminares e estudos de viabilidade técnica e econômica, que subsidiam o modelo de concessão pretendido pelo Município.

Conforme o diretor de Desenvolvimento Aeroportuário da Cidade, o próximo passo será uma análise minuciosa dos estudos por parte da SAC.

Segundo Lima, a solicitação de informações adicionais é comum, devido às particulares de de cada empreendimento. “Paralelamente, uma consulta será feita ao Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea) e, após a publicação do Plano Geral de Outorgas, que está em consulta pública, a Prefeitura receberá a anuência para conceder o aeroporto”

FONTE: A Tribuna, via Notimp

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Flighting Falcon

Alguém ainda utiliza o 737-200 no Brasil?

Não me lembro de nenhuma companhia.

Será um excelente aeroporto para operação dos A318/319.

Reportagens especiais

O Saab Gripen E/F de Nova Geração

A filosofia de melhoramentos nas aeronaves, no caso do Gripen, é introduzi-los gradativamente, sem os grandes saltos normalmente realizados...
- Advertisement -
- Advertisement -