Home Indústria Aeroespacial Um ‘break’ com DNA Dassault

Um ‘break’ com DNA Dassault

299
5

Apesar de leitores já terem colocado o vídeo em comentários, não é demais rever as belas cenas do voo realizado em março e divulgado pela Dassault Aviation em abril, em que voaram juntos para as câmeras um caça Rafale, um jato executivo Falcon 7X e o demonstrador de veículo aéreo não tripulado de combate (UCAV) Neuron.

Segundo a empresa, foi a primeira vez que um drone de combate voou em formação com outras aeronaves, numa operação que durou 1 hora e 50 minutos, cobrindo várias centenas de quilômetros sobre o Mar Mediterrâneo.

Rafale - Falcon - Neuron em break - foto Dassault

FOTO / VÍDEO: Dassault

VEJA TAMBÉM:

5 COMMENTS

  1. (…) Segundo a empresa, foi a primeira vez que um drone de combate voou em formação com outras aeronaves (…)

    Isso não é verdade.

    X-45A and F/A-18B Formation Flight (Flight 13)
    http://www.youtube.com/watch?v=qTfMaDEuNzE

    X-45 A Multi-vehicle Coordinated Flight Video
    http://www.youtube.com/watch?v=W4dNuG9tpiA

    http://forum.keypublishing.com/attachment.php?attachmentid=227379&d=1397505020

    Global Hawk RQ-4 UAV Unmanned Aircraft Fly in Close Format
    http://www.youtube.com/watch?v=FMbwifwj5pg

    The Aviation Forum:
    http://forum.keypublishing.com/showthread.php?123534-Dassault-Rafale-News-amp-Discussion-(XV)/page50

  2. Penguin, de fato.

    Mas talvez a “pegadinha do Malandro” esteja no plural da frase original da empresa (um drone junto com outraS aeronaveS), já que os outros exemplos que você citou eu creio só haver uma aeronave junto ao drone, e não duas…

    Texto original em francês:

    “C’est la première fois au monde qu’un drone de combat effectue un vol en formation avec d’autres appareils, en l’occurrence un avion d’affaires et un avion de combat.”

    Aproveitando a deixa e saindo um pouco do tópico (também tenho direito de vez em quando, já que todo mundo vive saindo), gostei do termo “avion d’affaires” (literalmente, avião de afazeres ou de negócios / trabalho).

    O termo poderia ser usado aqui na FAB para alertar os políticos usuários do nosso Grupo de Transporte Especial (que até que gostariam do termo “chique” em francês) de que estão entrando num avião de “affaires” e não de “férias”, com o perdão da rima trocadilhesca…

    Mas iam acabar levando para o lado que se costuma usar o termo “affair” por aqui, entendendo “avion d’affaires” como avião para casos amorosos, puladas de cerca ou sacanagem em geral. Bom, aí não mudaria nada mesmo, é troca de seis por meia dúzia…

    Lembrando que tem político que usa avião da FAB como “avion d’affaires capillaires”…

    http://www.aereo.jor.br/2013/12/21/renan-usa-aviao-da-fab-em-viagem-a-pe-onde-fez-implante-de-cabelo/

    Já repararam como tem político mais cabeludo atualmente?

    Antes do “affaire capillaire”

    http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2013/10/25/20131025_00116g.JPG

    Depois do “affaire capillaire”

    http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2014/04/30/20140430_01484j.JPG

  3. KKKKKKK esse Nunão está um pândego.

    Já tive a oportunidade de estar ao lado de um Rafale bem como vê-lo voando. É belíssimo.

    Nisso a jaca é top.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here