Home Aviação de Caça Gripen para a FAB: comitiva da Saab visita Anápolis

Gripen para a FAB: comitiva da Saab visita Anápolis

322
20

Gripen NG F-X2 - recorte imagem FAB

Base Aérea de Anápolis recebe visita de comitiva da SAAB, responsável pelo Gripen NG. O primeiro esquadrão da FAB a receber aeronaves do tipo será o 1º GDA, segundo nota da Força Aérea

A Base Aérea de Anápolis (BAAN) recebeu nesta quarta-feira (12/02) a visita de uma comitiva da Defesa Sueca com o objetivo de conhecer a estrutura da futura casa das novas aeronaves Gripen NG. A equipe foi composta pela Agência de Exportação de Segurança, por representantes da SAAB, empresa sueca responsável pela fabricação do Gripen NG, e pela gerência do Projeto F-X2.

Comitiva da Força Aérea da Suécia recepcionada pelo comandante da BAAN - foto FAB

O representante da Defesa Sueca, Major General Jan Andersson, ex-comandante da Força Aérea da Suécia, liderou a comitiva e procurou saber todos os detalhes da infraestrutura do Esquadrão de Suprimentos e Manutenção, além do banco de provas dos motores, pistas, hangar de alerta e o Primeiro Grupo de Defesa Aérea: o esquadrão de aviação de caça que receberá as primeiras aeronaves Gripen NG.

Após a visita à área operacional da BAAN, a comitiva retornou para Brasília.

Comitiva da Força Aérea da Suécia conhece instalações da BAAN - foto FAB

FONTE / FOTOS / ILUSTRAÇÃO: FAB

NOTA DO EDITOR: o título original é a primeira frase do subtítulo.

20
Deixe um comentário

avatar
18 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
Carlos Alberto SoaresRinaldo NeryjuarezmartinezphacsantosJustin Case Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Member
Marcos

A comitiva só não viu os caças baseados em Anápolis, porque eles não existem.

Vader
Visitante
Active Member

Vamo FAB, acelera logo esse contrato, pra gente rir mais ainda das rafalechetes viuvetes desesperadas… 🙂

Vamo SAAB, acelera logo esse protótipo, pra gente ver analkiris e rasgação de calçolas lá na Jacalândia… 🙂

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Ah, sim… os “fê-cinco”.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Publicaram algumas fotos lá de Xingapura. Vai ter mais?

Grifo
Visitante
Grifo

Senhores, como dá para ver nas fotos esta comitiva não é exatamente da SAAB e sim da Força Aérea da Suécia, que foi avaliar as instalações para receber os Gripen C/D.

Nick
Visitante
Member
Nick

A afirmação do Grifo, faz mais sentido. 🙂

Levando-se em consideração o tamanho dos Gripen C/D em relação aos M-2000, acredito que não haverá necessidade de grandes mudanças.

[]’s

eduardo pereira
Visitante
Member
eduardo pereira

Graças a Deus as coisas estao <ao que parece, andando a passos largos e podemos até ter esperança de vermos alguns Gripen's C/D este ano em terras Brasilis .

Lord Vader;
…analkiris foi ótima !!!

Sds

Justin Case
Visitante
Member

Amigos,

Quanto à infraestrutura para operar essas aeronaves por longo período, certamente o banco de ensaios do motor é o item mais crítico. Talvez seja mesmo a única questão relevante.
Provavelmente todos os outros tipos de equipamentos de apoio no solo para a manutenção devem ser compostos de kits que podem ser deslocados para os locais de operação.
O mesmo se pode esperar com relação às armas e sensores.
Não creio que seja trazida para o Brasil a manutenção do nível parque (D level) para essas aeronaves.
Abraços,

Justin

eduardo pereira
Visitante
Member
eduardo pereira

Aos mais esclarecidos eu pergunto, há a possibilidade de termos Gripen C/D durante a World Cup ???

Desde já agradeço .

phacsantos
Visitante
Member
phacsantos

Justin Case
14 de fevereiro de 2014 at 8:02

“Não creio que seja trazida para o Brasil a manutenção do nível parque (D level) para essas aeronaves.”

Prezado Justin, como assim?

Quem fará a manutenção? Chamaremos os suecos ou levaremos os aviões lá?

Justin Case
Visitante
Member

Olá, Nunão.

Isso mesmo. Para o Gripen NG BR certamente será viável e vantajoso fazer quase tudo. O problema é que há pouca comunalidade com o C/D. A aviônica será diferente, assim como o motor, os sensores e boa parte da fuselagem e sistemas.
Abraço,

Justin

phacsantos
Visitante
Member
phacsantos

Valeu

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

O Cel..Justin tem razão neste caso. A bancada de de teste de motor, composta pelo “cavalo” de fixação do motor e sua painel de controle e avaliação é vital , para que não seja necessário enviar os motores para fora. O resto são periféricos, ferramental leve e os “carrinos de movimentção e de armamento.

Grande abraço

Rinaldo Nery
Visitante
Member
Rinaldo Nery

Não posso falar pelo COMGAP, mas acredito que o TB Paes de Barros esteja pensando em manutenção nível D em Gavião Peixoto. Seria o mais lógico dentro da idéia de terceirização.

Rinaldo Nery
Visitante
Member
Rinaldo Nery

Complementando, estou falando dos GRIPEN E/F.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Fico pensando nos Branquelos Suecos no PC, calorzinho da região, deve ser hilário.

FPS 200 no mínimo.

Vi esse pessoal em Málaga uma vez, a galera não saia da área na varanda de lazer do hotel, era muito divertido e bebiam cerveja como água no deserto. rsrs