Home Busca e Salvamento (SAR) O início do Pave Low

O início do Pave Low

296
9

HH-53C_over_Vietnam_October_1972

Um estudo após a guerra do Vietnã, com 778 pilotos resgatados no Vietnã do Norte, mostra que foram perdidas 109 aeronaves e 76 tripulantes das forças de resgate. Foram perdidas 1 aeronave para cada sete pilotos resgatados e um tripulante morto para cada 10 pilotos resgatados. A mentalidade da época era usar de todos os meios para tentar recuperar os pilotos abatidos.

Para diminuir as perdas no Vietnã tentaram dar capacidade noturna as aeronaves. No fim de 1972, o novo sistema estava pronto para testes no Vietnã do norte. Foi chamado de Limited Night Rescue System – LNRS (Sistema de Resgate Noturno Limitado). O sistema combina navegação com Doppler e televisão de baixa luminosidade. O HH-53C Jolly Green usado como protótipo foi enviado para o esquadrão “40th Air Rescue and Recovery” na Tailândia. No total, foram enviadas cinco aeronaves para o local.

No fim de dezembro daquele ano, chegou a oportunidade de testar. Um AC-130 Spectre foi derrubado e dois tripulantes conseguiram saltar de paraquedas. O HH-53C com o LNRS voou direto para o local da queda, pegou os dois tripulantes, fez busca rápida para ver se havia mais algum sobrevivente e voltou. Os tripulantes do HH-53C só perceberam alguns tiros de armas leves contra a aeronave e, mesmo assim, sem ameaçar.

O Pave Star e o Pave Imp foram dois programas criados depois do conflito para dar capacidade noturna e qualquer tempo para as aeronaves de busca e resgate. Eram muito caros e acabaram cancelados. As informações de ambos foram usadas para o programa Pave Low. A configuração Pave Low III acabou entrando em serviço nos HH-53 com FLIR estabilizado, navegação Doppler, mapa móvel, radar de acompanhamento do terreno e suite defensiva. O protótipo voou em 1976.

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
joseboscojr
joseboscojr
7 anos atrás

Não seria um tripulante morto para cada 10 resgatados?

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  joseboscojr
7 anos atrás

Corrigido, Bosco. Obrigado.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
7 anos atrás

O Combate Rescue, como os norte americanos chamam a missão, evoluiu muito nos últimos anos. A FAB promoveu dois simpósios internacionais sobre o tema, em 1999 e em 2003 (esse organizado pelo Carlos Lorch), onde tive a oportunidade de assistir a vários relatos e novas doutrinas utilizadas nessas missões, inclusive no Iraque, Kosovo e Afeganistão. Participaram membros das Forças Aéreas dos EUA, França, Reino Unido, Israel, dentre outros. No de 2003 assisti a palestra do Ten Cel Dale Zelko, o piloto de F-117 abatido no Kosovo. Muito interessante o seu relato. Participou também o comandante do Esquadrão de E-3D da… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
7 anos atrás

O Combat Rescue, como os norte americanos chamam a missão, evoluiu muito nos últimos anos. A FAB promoveu dois simpósios internacionais sobre o tema, em 1999 e em 2003 (esse organizado pelo Carlos Lorch), onde tive a oportunidade de assistir a vários relatos e novas doutrinas utilizadas nessas missões, inclusive no Iraque, Kosovo e Afeganistão. Participaram membros das Forças Aéreas dos EUA, França, Reino Unido, Israel, dentre outros. No de 2003 assisti a palestra do Ten Cel Dale Zelko, o piloto de F-117 abatido no Kosovo. Muito interessante o seu relato. Participou também o comandante do Esquadrão de E-3D da… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Bem que eu desconfiei que faltava a outra metade do avião.

Skyraider = 2 X ST.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 anos atrás

Só para esclarecer uma antiga desconfiança minha: o G-LOC é a mesma pessoa que escreve no site Sistemas de Armas não é? Porque se não for, vocês escrevem da mesmíssima forma.

joseboscojr
joseboscojr
7 anos atrás

Clésio,
Infelizmente tenho que te informar que se você descobrir a identidade secreta do “G” teremos que eliminá-lo.
rsrsssss

joseboscojr
joseboscojr
7 anos atrás

Ah!
E falando do “sistemasdearmas”, só uma informação para os entusiastas que cansaram de entrar lá e não o via atualizado, ele foi atualizado no final do ano com um artigo sobre o Exocet.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 anos atrás

Fábio de Castro. Do your best, pal!