domingo, maio 16, 2021

Gripen para o Brasil

‘Águias de ataque’ americanas na ‘Bandeira Azul’ israelense

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

F15E da USAF no Blue Flag de Israel - foto USAF

Nessas belas imagens do final de novembro, um grupo de jatos F-15E Strike Eagle taxiam na Base Aérea de Uvda, em Israel, após voltarem de uma missão de combate no exercício Blue Flag (bandeira azul, na tradução literal). O exercício israelense contou com a participação dos F-15E do 492º Esquadrão de Caça da USAF (Força Aérea dos EUA), normalmente baseado em Lakenheath, na Inglaterra.

Nas missões, os jatos Strike Eagle (águia de ataque, na tradução literal) engajaram múltiplos alvos como as pesadas defesas antiaéreas simuladas no exercício, enquanto atacavam outros objetivos terrestres e enfrentavam a oposição aérea. Além de aeronaves da USAF e da Força Aérea Israelense, participaram forças da Grécia e da Itália.

F15E da USAF no Blue Flag de Israel - foto 2 USAF

FONTE / FOTOS:USAF (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
bitt

As “pesadas defesas”, nesse tipo de exercício, simulam, de maneira aproximada, algum sistema de defesa de um adversário potencial. Suponho que, no caso de um exercício realizado em Israel, esse adversário não possa ser a Rússia, a China ou o Paquistão, a não ser que seja possível simular, por computador, as condições climáticas e a topografia. Também suponho q não possa ser o Irã, pelos mesmos motivos. Qual seria, então, o adversário a ser simulado? O Egito? Mas as defesas AAe egípcias são assim tão “pesadas”?

Tadeu Mendes

As defesas “pesadas”, com aspas mesmo, seriam a Siria e o Iran.

Carlos Alberto Soares

Não realizaram esses exercícios com deslocamentos, disponibilidades e emprego dos meios para “passear”.
Assim como não vão distribuir um release com detalhes
estratégicos. Parabéns as FA’s. As fotos são muito boas.
Talvez seria interessante uma equipe da FAB ter
acompanhado como observadores (AMX ?) se convidados
logicamente. Sim, teatros muito distintos, mas ai é que
está o X, sempre sai algo muito bom de aprendizado.

Rinaldo Nery

Os israelenses já tem planejado um ataque às instalações nucleares iranianas. É óbvio que o exercício teve esse propósito. O maior empecilho é a distancia. Por isso, Israel realizou exercícios com a Turquia, vislumbrando a possibilidade de um apoio daquele País.

Iväny Junior

Os Eagles são os melhores aviões feitos nos eua. Máquinas imponentes muito melhores que o super lobby que querem nos enfiar goela abaixo.

Oganza

Sempre achei o Strike Eagle com os CFTs meio “banhudos”… rsrsrs parece que estão com gordura localizada…. deve ser o peso da idade… kkkk

Grande caça, simplesmente fantástico.

Sds.

Reportagens especiais

O Rafale apresentado por quem entende

O Poder Aéreo participou de uma coletiva com a imprensa especializada fornecida pela Dassault Aviation na LAAD 2009. A exposição...
- Advertisement -
- Advertisement -