segunda-feira, maio 17, 2021

Gripen para o Brasil

Troca de comando na EDS

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Segundo a Reuters, Aguiar deixará Embraer Defesa e Segurança; Schneider assumirá

 

KC-390 - imagem 2 Embraer

ClippingNEWS-PAO presidente da Embraer Defesa e Segurança, uma unidade da fabricante brasileira de aviões, deixará a companhia no começo de 2014, após ter reestruturado o negócio de defesa do grupo e elevado os padrões de governança em meio a uma investigação, disse uma fonte a par do assunto à Reuters nesta quinta-feira.

Luiz Carlos Aguiar decidiu deixar a Embraer depois de ter trabalhado por 10 anos na companhia. Ele será substituído por Jackson Schneider, atualmente vice-presidente de Pessoas, Relações Institucionais e Sustentabilidade da Embraer.

Procurada sobre a mudança na presidência da Embraer Defesa e Segurança, a fabricante de jatos se recusou a comentar o assunto.

Aguiar assumiu o comando dos negócios de defesa da Embraer no começo de 2011, mais de um ano após a venda de 92 milhões de dólares para as forças armadas da República Dominicana, um negócio que é alvo de investigação por autoridades nos Estados Unidos e no Brasil devido à suposta corrupção.

A investigação, iniciada pelo Departamento de Justiça dos EUA e pelo órgão regulador de mercados norte-americano, a SEC, sob a Lei de Práticas de Corrupção Estrangeiras de 2010, foi ampliada para envolver outros países e levou a uma investigação interna sobre as práticas de vendas da Embraer.

Promotores brasileiros também começaram uma investigação criminal de executivos envolvidos. Aguiar não tem sido questionado na investigação, de acordo com a fonte, que falou sob condição de anonimato.

Schneider, que assumirá o lugar de Aguiar, trabalhou na Mercedes Benz em 2011, após uma carreira que começou no setor público e antes de se juntar à Embraer. Ele já atuou também como presidente da associação nacional de montadoras, a Anfavea.

O executivo assumirá a divisão de maior crescimento da Embraer, conforme o governo se prepara para se tornar um cliente ainda mais relevante da terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo.

No próximo ano, espera-se que a Força Aérea Brasileira (FAB) assine um pedido firme pelo primeiro avião militar de carga da Embraer, o KC-390, após investir 2 bilhões de dólares no desenvolvimento do avião que competirá com o Hercules, da Lockheed Martin.

Às 14h, as ações da Embraer operavam em alta na Bovespa de 0,98 por cento, a 17,54 reais.

FONTE: Reuters Brasil

- Advertisement -

10 Comments

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Tem coisa ai. E não tem nada a ver com o Departamento de Justiça dos EUA.

Baschera

Ao contrário… tem tudo a ver com a legislação americana e a SEC…se a EMB quiser continuar na Bolsa de NY….e no mercado norte-americano… cabeças terão que rolar e multas pesadas deverão ser aplicadas.

Fora ter ido para o espaço o negócio na Rep. Dominicana.

No Brasil…. aqui não vai dar nada !

Bola fora da EMB.

Sds.

Gilberto Rezende

A notícia é um míssil no estilo “me de motivo”… Aproveitam a substituição de um presidente de uma unidade da Embraer que assumiu a EDS um ano DEPOIS do negócio da República Dominicana , e apesar disso depois passam mais da metade do texto da notícia a falar mal da companhia e a insinuar outros negócios e práticas escusas e previsões de investigações e sanções americanas e etc… Talvez na verdade o executivo simplesmente saiu da Embraer para trabalhar na BOEING… Está com toda cara para mim de campanha de CHANTAGEM yankee, se a Boeing não ganhar o FX-2 vamos… Read more »

Mauricio R.

Hhhuuummm, me parece que a NSA acertou uma pedra, no telhado de vidro de alguém…

Marcos

Baschera

Luiz Carlos Aguiar assumiu a empresa muito tempo depois do inicio do processo pela Justiça americana, por isso não há porque a sua cabeça ter rolado, muito pelo contrário.

Marcos

Gilberto

Mesmo que Luiz Carlos Aguiar tenha saído da Embraer para ir para a Boeing, não há chantagem nenhuma nisso. Chantagem é o que faz o Estado Russo, que levanta bloqueios contra nossas exportações e nos impõe o que quer vender.

Marcos

Mauricio

De fato pode ter acertado em alguma coisa, entretanto é bom lembrar que o processo ainda está sob investigação e, como disse a Embraer em comunicado ao mercado, pode dar é em nada se chegar-se a conclusão que não houve suborno. Pessoalmente tenho lá minhas dúvidas, até porque já foram identificadas várias transferências de numerários.

Marcos

“EMBRAER (EMBR-NM) Alteracoes na Diretoria Enviou o seguinte Comunicado ao Mercado: São Jose dos Campos, 5 de dezembro de 2013 A Embraer S.A. ( Companhia ) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que: O Sr. Luiz Carlos Siqueira Aguiar apresentou renúncia ao cargo de Vice-Presidente Executivo de Negocio de Defesa e Seguranca, com efetividade a partir de 28 de fevereiro de 2014. No período entre 1 de janeiro e 28 de fevereiro de 2014, o executivo se dedicara a apoiar a transição para seu sucessor, o Sr. Jackson de Farias Schneider, atual Vice-Presidente Executivo de Pessoas, Relações… Read more »

Oganza

Fundos de Pensão Estatais + golden share = DEDO PODRE DO PLANALTO

🙁

Baschera

APÓS AFASTAR EMBRAER, GUATEMALA NEGOCIA COM ISRAEL Sergio Barreto Motta Israel deverá substituir a brasileira Embraer no fornecimento de seis aviões Super Tucano (EMB 314/A29) e dois radares à Guatemala. Há algum tempo, a ex-estatal anunciou a venda desses equipamentos para o país centro-americano, com base em crédito do BNDES de US$ 133 milhões. Em seguida, houve desistência de parte do comprador, e o jornal Prensa Libre revelou que o governo local se queixava de “sobrepreço entre US$ 12 milhões e US$ 18 milhões” nas contas da Embraer. Segundo o site Indodefensa, “a companhia brasileira nunca esclareceu esse sobrepreço”. Na… Read more »

Reportagens especiais

Os F-5 da Jordânia, agora na FAB

A Real Força Aérea da Jordânia recebeu um total de 61 Northrop F-5E Tiger II e outros 12 F-5F...
- Advertisement -
- Advertisement -