domingo, junho 13, 2021

Gripen para o Brasil

Boning 747?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

China pode passar a fabricar versões piratas do ‘Jumbo’

 

boeing_747_8

ClippingNEWS-PAOs chineses são especialistas em criar “cópias paralelas” de uma gama imensa de produtos. De óculos Rat Ban, videogames Wee e PolyStation, até, claro, os tão aclamados HiPhones. Para termos uma ideia, engenheiros da indústria aeroespacial chinesa criaram seu próprio avião Chengdu J-20 usando como modelo um F-117 Nighthawk americano, um caça stealth abatido no final da década de 90. Não ficou aquela maravilha, mas voa. Dizem.

E agora os habilidosos duplicadores, demonstrando que o céu não é o limite (~apagar~), pretendem piratear um Boeing 747.

É o que sugere o repórter Hugh Gallagher, da revista Newsweek. Ele afirma que teve um encontro com um piloto contratado para levar metalúrgicos até um hangar, distante dos grandes centros, propriedade de uma companhia aérea chinesa. Nesta conversa, o piloto deu o seguinte depoimento:

“Dentro [do hangar] havia oito aviões. Eles eram verdes – o metal parecia aqueles que podemos ver em jatos sem pintura, recém comprados da Boeing. Quatro deles estavam intactos, mas os outros estavam meticulosamente desmontados em um universo de peças espalhadas em grandes espirais que tomavam todo o hangar. Os metalúrgicos de Singapura logo se juntaram aos engenheiros chineses na tarefa de copiar o avião. Com posse de transferidores, réguas, pranchetas e smartphones, esse pequeno exército de gênios da engenharia reversa estavam medindo cada centímetro dos aviões dissecados, catalogando até mesmo o comprimento e espessura dos parafusos. Ao que tudo indica, o profissional teria sido levado para particionar as placas metálicas, ajudando a construir o que, um dia, será o Boning 747”.

Se pensarmos que existe um aeroporto espetacular, inaugurado no último dia 28 em Shenzhen, na China, é de se esperar que o país queira abastecer o local com novos aviões. Mesmo porque a população do país está utilizando cada vez mais este tipo de transporte e faz sentido que eles queiram manter o lucro (e o know-how “absorvido”) dentro de suas próprias fronteiras. Fronteiras essas que levantam a bandeira da pirataria sem o menor pudor. Por vezes, até com orgulho.

Eu só espero que eles não queiram copiar também o Boeing Dreamliner 787. O atual pesadelo da companhia.

E você? Voaria em um possível Boning 747?

FONTES:
Newsweek e Gzmd, via meiobit

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ozawa

Não, Being 747…

thomas_dw

provavelmente os Chineses estavam fazendo uma analise de processos de montagem, o Boeing 747 e’ propriedade intelectual da Boeing, não pode ser copiado e vendido, não apenas isto, os Chineses não possuem a aviônica nem os motores para ele, sem descontar o processo que eles levariam por pirataria, sem descontar que a FAA não certificaria o mesmo, que com isto, nao poderia pousar em nenhum Aeroporto comercial com passageiros, nem na China nem em nenhum lugar.

Vader

Em uma palavra:

MEDO! 😉

Edgar

Thomas, motores eles podem incorporar os russos utilizados nos Antonov, e avionicos, quem precisa deles? Afinal, estamos falando da capital mundial dos gadgets eletronicos: pros chinas, bastara um GPS e um altimetro de USD 15 ligados numa gambiarra de Benjamins no isqueiro e voila, Beijing 747 saindo do forno.

De quebra da pra adaptar alguns gauges e telas LCD trazidas dos J-10:

J-10 Cockpit

A China ira inovar com o conceito de FBL (fly-by-luck)…

😀

Marcos

A China já fabricava grande parte do Boeing 717, não em todo. E ai resolveram desenvolver o seu próprio avião. Deu em quê? Nada!

Mauricio R.

Nenhum dos projetos chineses de transportadores de passageiros, ARJ-21 e Comac C-919, caminham bem.
Essa suposta cópia do 747, mais parece alguém gritando fogo, fogo, fogo, qndo na verdade há somente um fósforo aceso.

Reportagens especiais

Avro Canada CF-105 Arrow, um sonho interrompido

Por Luiz Reis*, especial para o Poder Aéreo Na aviação, muitos projetos considerados promissores acabam sendo cancelados, não por causa...
- Advertisement -
- Advertisement -