segunda-feira, maio 17, 2021

Gripen para o Brasil

Hora do rush

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Caças Hornet e Super Hornet no convoo do USS Nimitz em out2013 - foto USN

Caças Super Hornet e Hornet no movimentado convoo do USS Nimitz (CVN 68), que está na área de atuação da 6ª Frota da Marinha dos EUA, no Mar Mediterrâneo. Na foto divulgada no último dia 23, um defletor protege um caça F/A-18C enquanto um F/A-18 F aciona a pós-combustão para ser catapultado do convoo. Mais atrás, outro defletor protege um F/A-18 E enquanto aguarda o lançamento de mais um F/A-18 F, já posicionado em outra catapulta do CVN 68. Em primeiro plano, um F/A-18 F com grandes tanques externos sob as asas e um casulo de reabastecimento “buddy-buddy” na estação central.

FOTO: USN (Marinha dos EUA)

- Advertisement -

11 Comments

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Pergunta:

O defletor contribui de alguma forma para um melhor desempenho na decolagem???

Marcos

Outra pergunta, esta para Justin Case:

Os tanques do Super Hornet não são paralelos ao eixo longitudinal da aeronave. Mas em relação ao ar que se desloca em torno da aeronave, não poderiam os tanques estarem posicionados para justamente reduzir o arrasto?

Alfredo Araujo

Marcos…
Acredito q os defletores sejam apenas para direcionar para cima os gases de escape, expelidas pelas turbinas dos aviões decolando…

Justin Case

Marcos disse: 27 de outubro de 2013 at 17:35 # Olá, Marcos. Em asas enflechadas, é comum que o fluxo de ar escorregue lateralmente ao encontrar a asa, e esse efeito aumenta com o crescimento do ângulo de ataque (e da sustentação). Como essa situação varia durante o voo, o esperado é que os projetistas escolham a melhor posição possível para a situação de cruzeiro subsônico, em situação operacional. Por isso deve ter sido decidido utilizar essa divergência nos pilones do F-18, na tentativa de alinhar esse pilone e as cargas externas com o fluxo de ar. No entanto, isso… Read more »

Justin Case

Amigos, Quanto aos defletores nos porta-aviões, a função é dupla. Uma delas é permitir que se alinhe outro avião imediatamente atrás daquele que será catapultado. Além de agilizar as operações, isso também diminui a interferência na pista diagonal, que pode estar sendo usada para pouso. A segunda é aumentar o empuxo resultante, pelo efeito de ação e reação, facilitando a decolagem. Há modelos que defletem para cima, mas também já se pensou em recolher para baixo do convés e fazer a exaustão para as laterais do navio. O maior problema desse defletor é o aumento de sua temperatura. Ele tem… Read more »

nunes neto

então compra um defletor vêio de um NAe americno desativado e coloca no Opalão,kkkkk

Marcos

JC:

Copiado!
E grato pela resposta.

Edgar

Bela foto. Interessante notar o tamanho do SH em comparação ao pessoal que trabalha no convoo.

Rapaz, e que emprego perigoso o desse pessoal em! Tomar um “tapa” nas ideias de uma asa dessas é o menor dos problemas dos caras 😀

Esse cara ao lado do PC ligado deve ter suado um pouco… Não sei se o mecanismo de refrigeração dele é tão eficiente quanto o do defletor 😀

Marcos

grato

Marcos

Nunão

Na verdade já havia entendido que a coisa toda era por uma questão de segurança nos lançamentos.
Mas a pergunta veio em função da questão do fluxo de ar, que muitas vezes não é paralelo.
De qualquer forma, grato!

Reportagens especiais

PAMA-SP 2014: Poder Aéreo no Domingo Aéreo – parte 4

Continuam no PAMA-SP quatro células de F-5E das oito aeronaves do tipo adquiridas da Jordânia e ainda não enviadas à Embraer - Chegamos...
- Advertisement -
- Advertisement -