Home Exercício Força Aérea Italiana participa do ‘Brilliant Mariner 2013’ da OTAN

Força Aérea Italiana participa do ‘Brilliant Mariner 2013’ da OTAN

438
3

Caças Eurofigher F2000 e KC-130J italianos no Brilliant Mariner da OTAN - foto Força Aérea Italiana

A Força Aérea Italiana participou do exercício “Brilliant Mariner 2013” da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), realizado entre 26 de setembro e 6 de outubro.

Foram empregados nas operações quatro caças Eurofighter F2000 para vigilância e defesa do espaço aéreo, quatro caças AMX para reconhecimento e interdição, um Atlantic para patrulhamento marítimo e antissubmarino, um KC-130J e um KC-767 A para reabastecimento em voo e um veículo aéreo pilotado remotamente Predator, com funções de inteligência, reconhecimento e vigilância.

AMX italiano no Brilliant Mariner da OTAN - foto Força Aérea Italiana

Caças Eurofigher F2000 e KC 767A italianos no Brilliant Mariner da OTAN - foto Força Aérea Italiana

O exercício multinacional envolveu cerca de 5.000 militares e meios navais da França, Alemanha, Itália, Reino Unido, Espanha e Turquia, além da Força Aérea Italiana. Parte do pessoal dedicado ao comando e controle das operações aéreas estava no Comando Operativo de Poggio Renatico (Ferrara) e parte estava embarcada no navio-aeródromo Cavour, da Marinha Italiana, de onde também operaram jatos Harrier AV8B da Marinha.

Atlantique italiano no Brilliant Mariner da OTAN - foto Força Aérea Italiana

Harrier AV8B da Marinha Italiana - foto Força Aérea Italiana

FONTE / FOTOS: Força Aérea Italiana (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em italiano)

Para ver mais fotos e saber mais informações sobre o exercício, clique aqui para acessar matéria do Poder Naval.

3 COMMENTS

  1. Olha o AMX marcando presença.
    Lá é aeronave de “2ª linha” aqui é primeirissima, podendo ser usado até em interceptação.
    Precisamos melhorar o nível.
    E alguém aposta como será o Brasil esse ano na CRUZEX? Vai surpreender positivamente ou não?

    • Segunda linha? Mais ou menos, Fighting Falcon.

      No Afeganistão, é o principal vetor italiano em operação, e segundo as notas divulgadas pela Força Aérea Italiana, vem cumprindo muito bem as missões, deixando com o tempo de fazer apenas missões de reconhecimento e passando a realizar ataques com bombas guiadas.

      Tudo depende da missão, pois na Força Aérea Italiana o Typhoon cumpre principalmente missões de defesa aérea (já que a aeronave ainda não tem todo o seu potencial ar-solo desenvolvido) e o ataque ao solo é dividido entre esquadrões de Tornado e AMX.

      O que pode surpreender nessa notícia, isso sim, é o fato de não haver menção ao Tornado. Talvez porque o AMX venha se mostrando de custo-benefício melhor para esse tipo de exercício, vai saber…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here