domingo, junho 20, 2021

Gripen para o Brasil

Fanning: tudo certo com o programa do KC-46

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

KC-46 reabastece bombardeiro B-2 em voo - foto USAF

O programa da nova aeronave de reabastecimento em voo da USAF, o KC -46, está dentro do custo e do orçamento programado, informou o secretário da Força Aérea, Eric Fanning, em 09 de setembro.

Em uma entrevista para a “American Forces Press Service”, Fanning disse que o programa “está em um momento saudável”. A Força Aérea vai comprar 179 aeronaves para substituir os atuais KC- 135 Stratotanker, que em muitos casos são mais velhos do que as tripulações que voando neles.

Fanning visitou a linha de produção do KC -46 em Everett, estado de Washington, recentemente. Dois KC- 46 que estão na linha de produção deverão voar no próximo ano. O KC -46 é baseado na aeronave comercial Boeing 767, que voou pela primeira vez em 1981. A empresa tem 32 anos de experiência com o avião.

“É um conceito da variante comercial, e estamos fazendo mais na linha de montagem do que fazíamos normalmente é por isso que somos capazes de cumprir os prazos”, disse o secretário em exercício . “Tudo está se unindo muito bem”.

A maior razão deste programa ser um sucesso é o fato dos requisitos terem sido claramente definidos, disse ele. A USAF tem resistido a adaptar os requisitos durante o curso do desenvolvimento.

FONTE: USAF (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

14 Comments

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fighting Falcon

Se cancelarem nosso KC-X futuramente essa seria uma ótima alternativa para aquisição hein.
Se cancelar podem adquirir sem licitação os A330, o que considero mais viavel para o GF do ponto de vista estrategico e político.

Galeão Cumbica

Alguem sabe a quanto andas o nosso KC? ja compraram as aeronaves? e o os Tucanos da USAF? ta morno!!!

sds
GC

Galeão Cumbica

Obrigado Poggio, mas ainda ta em pe de ele voar ano que vem? o primeiro prototipo eu me refiro.

sds
GC

Marcelo Andrade

Só falta o nosso!!!

Baptista Jr

Infelizmente, depois do processo de seleção para um substituto dos nossos KC-135, a FAB recebeu ordens de parar a negociação, não tendo sido autorizado a contratação.
Sobre a frota de nossos KC-135, está no chão, desde o acidente com uma aeronave, no Haiti.
Também com respeito à capacidade de transporte aeroestratégico, a FAB não tem boas notícias.

Baptista Jr

…autorizada a contratação.

Fernando "Nunão" De Martini

“Infelizmente, depois do processo de seleção para um substituto dos nossos KC-135, a FAB recebeu ordens de parar a negociação, não tendo sido autorizado a contratação.” Prezado Baptista Jr, Fico me perguntando então para que servem os processos de seleção, alguns deles aguardando anos e anos por uma decisão por parte do governo, se depois a ordem “de cima” é parar a negociação de algo selecionado, provavelmente porque quem manda não gostou do resultado da seleção… Sem querer com isso denegrir o trabalho da COPAC, muito pelo contrário, mas se é para gastar tempo, esforço etc selecionando para não servir… Read more »

Justin Case

Nunão, boa noite. Independentemente de qual seja a decisão ou escolha, um processo de seleção é sempre útil, e talvez indispensável. Por mais que se estudem os requisitos, somente quando as respostas chegam de várias empresas é que se tem a real dimensão das capacidades operacionais que podem ser entregues, dos custos, dos prazos e dos riscos. Além disso, o fato de haver uma competição segura os preços e ajusta as condições para um projeto sem margens de lucros excessivas, dentro dos menores prazos possíveis. Também existem outros resultados paralelos, como os provenientes de offset, os quais não alcançariam os… Read more »

Justin Case

Amigos,

Lembro que, apesar de estarmos em um comentário mais ligado ao KC-X, isso vale para qualquer projeto de grande monta; seja F-35, F-X2, mísseis antiaéreos, helicópteros…

Fernando "Nunão" De Martini

Caro Justin, boa noite.

Apenas para deixar claro:

Não estou advogando por compras diretas, sem seleção.

E sim, exatamente o contrário…

Justin Case

Beleza, Nunão.

É que, pela demora, muitos por aí já se perguntam se não seria melhor buscar uma compra direta.
Mas a “a primeira trincheira”, para mim, é a essencial.
Qualquer candidato que consiga ultrapassá-la com méritos pode ser escolhido, que o objetivo vai ser alcançado.
Estamos há quatro anos sem sequer uma decisão porque existe dúvida sobre qual seria a melhor escolha entre as excelentes soluções disponíveis.
Abraço e bom fim de semana,

Justin

Justin Case

Obs.: Comentei, pensando no F-X, mas para o KC-X não é diferente.

Justin

Fernando "Nunão" De Martini

Justin,

O problema a meu ver não é a primeira trincheira ser ultrapassada por um equipamento selecionado.

O problema é a trincheira ser simplesmente coberta por um grande tapete, para que assim um equipamento não selecionado, ou sem méritos, a ultrapasse confortavelmente.

Ou, usando a palavra mais apropriada, por um tapetão.

Será que esse tapete tem que ser tão grande a ponto de levar quatro anos para tecer?

Bom final de semana igualmente!

Reportagens especiais

Visita ao National Naval Aviation Museum – parte 2

Continuando a visita à parte externa do National Naval Aviation Museum em Pensacola-FL, pudemos fotografar várias aeronaves que marcaram...
- Advertisement -
- Advertisement -