Home Noticiário Internacional Força Aérea Real Tailandesa receberá três caças Gripen hoje

Força Aérea Real Tailandesa receberá três caças Gripen hoje

254
3

Gripen Tailândia - formação de três caças - foto S Kalm copyright Saab AB

Segundo jornal tailandês The Nation, uma das aeronaves foi atingida por um raio quando voava sobre a Índia, o que atrasou em dois dias a entrega desse último lote que completa a encomenda de 12 caças

Nesta quarta-feira, 4 de setembro, o jornal tailandês The Nation informou que o país receberá três caças suecos Saab Gripen ainda hoje. A entrega se dá com dois dias de atraso, após um dos caças ter sido atingido por um raio quando voando sobre a Índia.

O acidente causou danos mínimos num sistema eletrônico, segundo declaração do porta-voz da Força Aérea Real Tailandesa, AVM Monthon Satchukorn. Ele negou uma notícia anterior de que o jato havia sido danificado severamente e feito um pouso de emergência na Índia. Os três jatos pousaram num aeroporto indiano devido à necessidade de se reabastecerem. Técnicos aproveitaram a oportunidade para checar o caça atingido pelo raio e trocou algumas partes.

Gripen Tailândia - foto 2 Saab via Gripen International - P Liander

Ainda segundo o porta-voz, a entrega dos três jatos, que são o último lote de um total de 12 caças Gripen que a Força  Aérea comprou da Suécia e que estava programada para terça, estava sob responsabilidade da Suécia. A Suécia deverá reparar o jato antes de entregá-lo à Força Aérea Real Tailandesa, explicou o porta-voz, acrescentando que, assim que os caças chegarem à Ala 7 em Surat Thani, os mecânicos checarão as aeronaves novamente antes que a Força Aérea possa utilizá-los.

FONTE: The Nation (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTOS: Saab (meramente ilustrativas – os caças das fotos são de ocasiões anteriores à entrega deste último lote)

NOTA DO EDITOR: o acordo para compra de seis caças Gripen C/D foi assinado em 2008 pela FMV (administração de material de defesa da Suécia) e a Força Aérea Real Tailandesa (vale dizer que foi o mesmo ano em que nasceu o atual programa F-X2 da FAB). O treinamento dos pilotos e mecânicos tailandeses começou em 2009 e essa primeira encomenda de aeronaves, que incluía um Saab 340 Erieye AEW, foi entregue entre 2010 e 2011, ao mesmo tempo em que um segundo lote de seis jatos Gripen C foi encomendado para que o país pudesse continuar seu programa de substituição de velhos caças F-5. Ao longo do processo, a Tailândia também iniciou uma modernização de seus caças F-16. Ambos os programas foram dimensionados para se adequar a restrições orçamentárias do país e, por isso, são feitas poucas encomendas de cada vez. E assim a pequena Tailândia vai renovando aos poucos sua aviação de caça.

VEJA TAMBÉM:

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
RomauBRObservadorFighting Falcon Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fighting Falcon
Visitante
Fighting Falcon

Se o processo aqui fosse ágil, provavelmente estariamos recebendo nossas aeronaves. Claro não considerando se fosse o Gripen NG, mas os outros já teríamos um substituto para o 2000.

Observador
Visitante
Observador

Ai, ai, ai…

Que inveja da Tailândia…

RomauBR
Visitante
RomauBR

Observador disse:
4 de setembro de 2013 às 19:20

Ai, ai, ai…

Que inveja da Tailândia…

[x2]