sexta-feira, setembro 24, 2021

Gripen para o Brasil

Assustado, governo apressa projeto de satélite antiespionagem

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Suspeita de monitoramento de Dilma pelos EUA impulsiona construção, orçada em US$ 660 mi

Lu Aiko Otta

vinheta-clipping-aereosatelite-comunicacaoO governo espera iniciar em outubro a construção do satélite geoestacionário brasileiro, um projeto orçado entre US$ 600 milhões e US$ 660 milhões. A iniciativa, que já estava em andamento, ganhou impulso após as denúncias de que as comunicações de dados do Brasil, inclusive as da presidente da República, estariam sendo monitoradas pelos Estados Unidos. Ele deverá entrar em órbita em 2016.

Hoje, o País está numa situação vulnerável. Comunicação de dados, telefonia, sinais de TV paga e até comunicações militares passam pelo satélite da Embratel, empresa que já foi estatal mas foi privatizada em 1997. Hoje, está nas mãos do empresário mexicano Carlos Slim, dono da operadora Claro.

“Alugamos satélite de uma empresa estrangeira”, disse ao Estado o presidente da Telebrás, Caio Bonilha. “Hoje, se tivermos algum problema, não temos controle nenhum sobre ele.” Assim, numa situação de guerra, por exemplo, o satélite pode ter sua posição alterada e inviabilizar as comunicações no País.

O governo quer comprar o satélite e a tecnologia. No mês passado, foi escolhido um grupo franco-italiano, o Thales Alenia Space, para fornecê-los. O satélite vai ser construído pela Visiona, uma joint venture entre a Telebrás e a Embraer, que será uma montadora de satélite. A tecnologia ficará com a Agência Espacial Brasileira (AEB), que vai irradiá-la a partir de um polo em São José dos Campos.

Com o novo satélite, pretende-se também aumentar a segurança das comunicações. Hoje, boa parte dos dados que transitam pelo satélite da Embratel é aberta. No futuro modelo, os dados passarão pela Telebrás.

O equipamento brasileiro também terá dispositivo que desligará terminais não autorizados. Segundo denúncias feitas a partir de documentos do ex-técnico americano Edward Snowden, informações podem ter sido coletadas nas comunicações por satélite. Outro objetivo do satélite brasileiro – para Bonilha, o mais importante do ponto de vista social – é levar internet banda larga a todo o País. Ao longo deste ano, a Telebrás implantou uma rede de fibra ótica na Esplanada do Ministério. “A rede está lá, basta instalar os equipamentos e ligar os pontos”, disse Bonilha, destacando que o equipamento é 100% nacional.

‘Falsas’. O presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, repudiaram ontem a atitude do governo dos EUA de espionar a presidente Dilma Rousseff mas não opinaram se o episódio deve levar ao cancelamento de sua visita a Washington, em outubro. A questão, segundo eles, deve ser resolvida pela via diplomática.

Segundo Bernardo, os Estados Unidos não apresentaram, até agora, “nenhuma explicação razoável” para o “lamentável” episódio, e todas as justificativas sobre a espionagem “revelaram-se falsas”. Dias depois da revelação sobre o caso, o governo americano alegou que a espionagem se destinava também “a proteger outros países” contra o terrorismo.

FONTE: estadao.com.br

COLABOROU: Henrique C. O.

- Advertisement -

30 Comments

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio M

Parece conversa de criança, chorando o doce que caiu no chão. Onde está a tal fama de malandro do brasileiro? Lembra a história do café, que chegou atá o Brasil via malandragem. Ou seria por um tipo de espionagem? É justamente pela falta de levar o assunto a sério que não fezemos a lição de casa e agora correm atrás do rabo. E esses acontecimentos mostram quem são os verdadeiros “malandros” e por que ocupam o lugar onde estão na história, pois levam a sério muitos assuntos como se deve. Onde está a indignação desses políticos com os casos de… Read more »

Antonio M

correção: ” …recomprada por R$200 milhões ….”

Jackal975

Sobre a matéria: espionagem é, por definição, uma deslealdade. Algo sorrateiro, traiçoeiro, feito às escondidas e contra a vontade do espionado. E visa, por óbvio, usar das informações descobertas contra o próprio espionado ou, no mínimo, em favor do espião. Portanto, vindo de quem venha e seja contra quem for, não posso concordar com esse tipo de atitude. Não adianta o povo sair às ruas pedindo honestidade dos políticos e depois apaludir algo desse naipe. Sou brasileiro antes de qualquer coisa e quero que meu país seja respeitado, assim como quero que respeite os demais. Claro que não sou a… Read more »

Penguin

Sim Jackal, mas sempre existiu, existe e continuará existindo sob diversas denominações.
As vezes a conveniente ignorância de sua existência desobriga de investimentos necessários na gestão de informações confidenciais, estratégicas, inteligência, contra-inteligência, coleta e análise de informações, SIGINT, ELINT, COMINT etc, etc.
Mas agora que as realezas estão desnudas e a espionagem e suas multiplas faces não irá acabar, resta-nos investir e certo.

Jackal975

Em tempo, aos editores do blog: acho que no título cabe uma correção, faltou um “s” na palavra “assuStado”.

Penguin

O choro embora válido como sinalização de descontentamento, nada resolverá na prática. Muito choro apenas sinalizará ao mundo uma total inoperância nessa área.

carlosserrat

Analisando friamente vamos perceber que o problema maior não está no fato dos EUA nos espionarem. Essa prática existe desde AC e não vai ser agora com toda a tecnologia disponível que ela vai cessar. O fato é que os governantes brasileiros sempre colocaram em um plano secundário as questões de segurança. Esquecem ou não conhecem as ” máximas ” de Sun – Tzu e Napoleão sobre a arte da guerra. Na realidade não conhecemos o inimigo, nem a nós mesmos e muito menos estamos preparados para os embates da rena moderna. Satélites, aviões, carros de combate, artilharia não artigos… Read more »

carlosserrat

Onde se lê: rena, leia-se arena; não artigos, leia-se não são artigos.

Jackal975

Penguin disse: 4 de setembro de 2013 às 11:07 Sem dúvida. OFF TOPIC (com reflexões): A palavra “assutado” existe e significa “feito com o emprego da suta”. Suta, por sua vez, significa “instrumento com que se medem ou traçam ângulos”. Quando iria imaginar que aos 78 anos de idade descobriria uma palavra até então, para mim, inédita. Vivendo a aprendendo…só me resta citar Mercedes Sosa: “Gracias a la vida que me ha dado tanto”… e continua me dando, nunca é tarde para aprender rsrsrsrsrs Bem, se a ideia era usar “assutado” mesmo, o erro foi meu, desculpas aos editores. Fim… Read more »

asbueno

Para aplacar irritação de Dilma, EUA podem apoiar Brasil para órgão da ONU

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2013/09/1336635-para-aplacar-irritacao-de-dilma-eua-podem-apoiar-brasil-para-orgao-da-onu.shtml

Traz citações sobre o FX-2 no final do texto.

cristiano.gr

Me apavora o amadorismo das pessoas e dos órgãos de inteligência no Brasil. Os americanos também se apavoram e tiram proveito do amadorismo. Como é que não imaginam que quem cria um produto como a web e libera o uso dela “gratuitamente” a qualquer país, mequetrefe que seja (não é o caso do Brasil), vai fazer tudo de graça sem querer ganhar nada com isso. Eu, desde minhas primeiras letras na web, principalmente ao preencher cadastro, e desde minhas primeiras navegadas sempre soube da, logicamente provável, supervisão e espionagem americana tanto minha como de qualquer usuário, seja um advogado, um… Read more »

Nick

Só depois de espionado que resolvem o satélite nacional. Se seguir o exemplo, o FX-2 só será resolvido com uma invasão do espaço aéreo pelo Tio Samuel.

O jeito é aguardar passagem baixa dos F-22 em Brasilia.

[]’s

Marcos

E o que seria a “conclusão” do relatório americano sobre o governo brasileiro?

É chute, mas não tão longe. Estaria escrito o seguinte: “NADA DE ÚTIL”.

Marcos

Em uma reportagem do Fantástico, anos atrás, descobriu-se que agentes da KGB haviam espionando vários políticos, empresários e empresas brasileiras. Ao ser informada pela reportagem de que também tinha sido vítima de espionagem, a então Deputada Cidinha Campos respondeu o seguinte: “Perderam tempo!”, e encerrou-se ai a entrevista e o blá, blá, blá.

Corsario137

kkkkk…. é só o que eu tenho a dizer desse episódio todo. É muito engraçado.

Quando eu era criança diziam: “Descobriu a América pelo telefone”, nesse caso foi literalmente kkkkkkkkkkkkkk…

Ai Jesus.

God save us!

RomauBR

Ter o espaço aéreo violado – ou em vias de sê-lo – parece ser a única chance de o FX-2 sair do papel.

Mas é claro que violação bolivariana, cubana, iraniana, norte-coreana… poooode, e com direito a defesa do itamaravilha.

Baschera

Bingo !! Acharam um “motivo” para se mexer…. exatamente como eu havia previsto e até disse isto a alguns amigos a dois dias atras, Impressionante como os governos (todos eles…) só tomam providências depois da porta arrombada…., embora neste caso já tinha anunciado o projeto e escolhido os “intermediários”…. os mesmos de sempre, naturalmente ! Vamos ver se o projeto se finaliza… ou vira só manchete como foram os projetos do astronauta, da estação espacial internacional, das obras de recuperação das enchentes, da transposição do rio São Francisco, do VLS…… e mais outros 10.000 projetos que não passaram do anuncio… Read more »

Fighting Falcon

Se tivessemos 100% do dominio da tecnologia até acreditaria sobre possibilidade de ter comunicação segura, agora comprando parte de terceiros, ainda tenho minhas dúvidas.

Penguin

Até que ponto este satélite comprado na Europa (França, Itália e Bélgica), equipado hardware e softwares importados é seguro?

Max

Espionagem é uma coisa muito nova e só os americanos a praticam
( dãaa! ).
Agora vamos fazer um licitação bilionária e criar uma agencia de espionagem e outra de contra espionagem e mais uns dois ministérios para tomar conta delas.
78 anos Jackal ! e com esse animo todo!

Baschera

Sabem…. me apavora é o nível dos politicos e governantes deste país…. é só comparar os currículos com o de outros governantes mundo afora… e fica fácil também perceber o “nível” dos seus assessores…. risível !!

Sds.

Oganza

“Satélite Antiespionagem” – Como se isso existisse. ÔÔÔh Imprensazinha mequetrefe. Jackal975 disse: 4 de setembro de 2013 às 10:33 Espionagem, seja de qualquer tipo, não é deslealdade não. Isso simplesmente faz parte das regras do jogo, como já foi dito aqui nesse espaço em diversos outros post, as regras são essas e a nação que quiser entrar no salão para a festa tem que estar “VESTIDA A RIGOR”. Lembrando que o que existe no jogo entre as nações são INTERESSES e o PARCEIRO de HOJE será o ADVERSÁRIO de amanhã e vise versa. E isso é respaldado pela história humana,… Read more »

Soyuz

A questão é tratada com superficialidade em todos os níveis. Primeiro que satélite é uma coisa, proteção contra espionagem é outra. O programa de satélite visa garantir a disponibilidade de serviço, coisa que hoje esta nas mãos da Embratel que como sabemos é controlada por um grupo mexicano. Sim, os satélites são necessários, mas não pela questão da espionagem. Você pode ser espionado tendo satélite se não souber proteger seus dados ou pode ter segurança mesmo utilizando um satélite norte americano se tiver modos de proteção confiáveis. Agora sobre a espionagem em si. Dilma e seus ministros não utilizam Gmail,… Read more »

Max

Como a Soyuz disse, existem uma série de medidas técnicas que podem ser tomadas e que já deveriam ter sido .
Com comic relief gostaria de acrescentar que em conversas pessoais cara a cara é indispensável o uso do famoso”Cone do silencio”, afinal as paredes não tem orelha, mas tem ouvido.

Oganza

Soyuz, boas quest˜pes levantadas, mas lembrando que ser espionado é igual a ser corno. Você só sabe quando você descobre.

Então essa lenga lenga de afronta a soberania é meio chover no molhado, pois nunca fizemos nada a respeito e SEMPRE deixamos a porta escancarada e o papo da soberania está sendo discutido como direito incontestável é quase ridículo. Quando sabemos que só tem direito a soberania quem cuida dela, como TUDO na vida.

Grande Abraço.

Jackal975

Max disse:
4 de setembro de 2013 às 13:20

Sugiro um nome para a nova empresa de espionagem: “EspiaBRAX” (dizem que eles tem dificuldades para pronunciar o sufixo “BRÁS” das nossas estatais, tanto que quase mudaram o nome da Petrobrás para PetroBRAX, então largamos na frente e facilitamos a coisa rsrsrsrs…)

Motor 7.8 sim meu caro, com muita energia ainda rsrsrsrsrs 🙂

Jackal975

Oganza disse:
4 de setembro de 2013 às 13:51

Ok. Minha opinião é um pouco diferente, só isso.

Fighting Falcon

Soyuz,
Segundo uma matéria que li hj no Correio Braziliense (não localizei o link para colocar aqui), a Presidência está buscando uma forma de colocar todos seus servidores para utilizar uma rede única, pois alguns estão utilizando e-mails normais (leia-se Gmail, Hotmail, etc).

Baschera

Bom senhores…. o amadorismo grassa….. usam mesmo as formas comuns e públicas de comunicação….

A presidente também encomendou o fortalecimento da rede interna de comunicação do governo, pois ainda hoje muitos de seus auxiliares usam serviços vulneráveis como o Gmail.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,planalto-quer-fechar-empresa-que-ajuda-espiao,1070588,0.htm

Sds.

Mauricio R.

Esse satélite vai custar bem caro e não será somente pelo fornecedor franco-italiano, mas especialmente pelo amadorismo do governo brasileiro.

Últimas Notícias

FOTOS: J-16D com novos pods de guerra/interferência eletrônica

Foram divulgadas mais fotos do Shenyang J-16D, versão de guerra eletrônica do caça multimissão J-16 da Força Aérea de...
- Advertisement -
- Advertisement -