Home Indústria Aeronáutica Empresa suíça fornece à Saab máquinas para produção do Gripen E

Empresa suíça fornece à Saab máquinas para produção do Gripen E

312
11

Gripen E nas cores da Força Aérea Suíça - ilustração Saab

Contrato com a Starrag para máquinas de usinagem em cinco eixos, que produzirão partes da nova versão do Gripen, tem valor de 7 milhões de francos suíços

Em nota publicada na última segunda-feira, 2 de setembro, a sueca Saab informou sobre a encomenda de máquinas da empresa suíça Starrag (de Rorschach SG), para usinagem de peças em alumínio para o caça Gripen E. Segundo a Saab, esses centros de usinagem em cinco eixos, com entregas previstas para 2015, não são os primeiros produzidos pela empresa sueca para o programa do Gripen. O relacionamento de negócios entre a Starrag e a Saab vem desde 1992, com a produção de quatro máquinas, seguida da revitalização de mais uma, que atualmente está na África do Sul.

Esses equipamentos de alta tecnologia produzirão partes em alumínio que necessitarão de menos juntas, permitindo peças maiores e em menor quantidade para a construção da fuselagem do Gripen E. Espera-se que o Governo Suíço, que selecionou o Gripen E como o novo caça do país, formalize uma encomenda de 22 aeronaves.

Ainda segundo a nota da Saab, havia a possibilidade de procurar no mercado outros fornecedores para as máquinas, mas a decisão pela Suíça está ligada ao programa de participação industrial do Gripen E, no qual a Saab se comprometeu a gerar negócios pra a Suíça, em bases comerciais. Isso foi facilitado devido à Starrag ser considerada “tanto um parceiro competente quanto competitivo”, afirmou Roland Spiegel, diretor sênior de aquisições da Saab Aeronautics.

Pelo programa de participação industrial, ligado à futura aquisição do Gripen E pela Suíça, a Saab se comprometeu a entregar cooperação industrial no mesmo valor do contrato para a Suíça. Até o final de 2012, a empresa sueca e seus parceiros já haviam entregue negócios no valor de 250 milhões de francos suíços para empresas suíças, e assinou neste ano um volume de negócios no valor de 65 milhões. A empresa trabalha para ampliar esse volume.

FONTE / IMAGENS: Saab (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

11
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
Fighting FalconGaleão CumbicaSantana DenisJonerHamadjr Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

E nós aqui chupando o dedo.

Jackal975
Visitante
Jackal975

Mais uma bela oportunidade perdida. De desenvolver, senão o todo, mas alguma coisa, pelo menos.

Nick
Visitante
Member
Nick

O munda gira. E aqui, nada.

[]’s

Corsario137
Visitante
Corsario137

Nunão: kkkkkkkkkkkkkkk…

Hamadjr
Visitante
Member
Hamadjr

Vocês são pessoas de pouca fé e com um pessimismo patológico, nossa presidente, depois do amadorismo “spyianqui” foi até a Russia para dizer ao Obama, que somos uma nação independente e que com ela o buraco é mais embaixo, vai neste mês de Setembro, no dia 7 anunciar a compra do Gripen.
Puxa vida esse cigarrim que eu tô fumano é bom mesmo manô

Joner
Visitante
Joner

Nunão: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Santana Denis
Visitante
Member
Santana Denis

Passando só para lembrar aos navegantes > Como já havia colocado, desde ABRIL o Rafale extraoficialmente esta fora da disputa, se esse assunto da espionagem for a “cabo” realmente, a Presidenta cancelar visita e restringir as relações com os EUA, e adeus SH, e houver o interesse do Brasil em decidir antes do termino da prorrogação do contrato o FX2, só temos um caça na disputa. Minha opinião pessoal é que infelizmente agora o FX2 acabou de vez, eu nunca estive tão certo disso, é triste dizer isso, e os próximos capítulos dessa novela da espionagem não serão animadores a… Read more »

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

Esta historia de fazer “partes em alumínio que necessitarão de menos juntas, permitindo peças maiores e em menor quantidade” e uma coisa muito complicada quando o assunto eh manutenção, na hora de montar todo mundo fica feliz, uma vez colocada no lugar resolveu se o problema, mas quando temos que fazer manutenção, ou a peça se desgasta em algum ponto, vc tem que trocar a peça inteira, ta igual os para choques de carro hoje em dia, é quase a frente inteira do carro, se vc tem um amassadinho de um lado tem que trocar a peça inteira, particularmente nao… Read more »

Fighting Falcon
Visitante
Fighting Falcon

Olha o cavalo arriado passando e o povo deixando de montar ele e cavalgar.
Vamos com o nosso burrinho mesmo e sem pressa para chegar.

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica