domingo, junho 13, 2021

Gripen para o Brasil

Depois de postergar aquisição de caças MiG-35, Rússia pode comprar versão modernizada do MiG-29

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

 

smt15a

O Ministério da Defesa Russo e a MiG aircraft firmaram um acordo de compra de 16 caças MiG-29SMT até 2016, informou o jornal Kommersant na terça-feira (20/8) citando como fonte uma alta autoridade militar.

O acordo faz parte do esforço do governo para manter a fabricante de aviões de combate em atividade após o atraso anunciado do contrato sobre a compra de 37 caças MiG-35 para depois de 2016 (veja nos links abaixo disponibilizado pelo Poder Aéreo).

“A MiG terá três anos para aperfeiçoar o design de suas aeronaves MiG-35 e preparar a sua transição suave para a produção em massa”, disse a fonte à Kommersant sob condição de anonimato.

“Enquanto isso, vamos trabalhar juntos no MiG-29SMT, que já está em serviço [com a Força Aérea da Rússia], e ao mesmo tempo apoiar a nossa indústria [aeronáutica]”, disse a fonte.

Fontes na United Aircraft Corporation (UAC), que inclui a empresa MiG, confirmaram negócio que está para ser fechado, acrescentando que uma opção para a compra de um segundo lote de MiG-29SMTs será oferecido para os militares.

FONTE: Ria Novisti (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

VEJA MAIS:

- Advertisement -

14 Comments

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Pra mim esse MiG-35 nasceu morto.

Uma pena, porque não é um conceito de todo ruim.

Fighting Falcon

Será que vale a pena investir no MIG 29 mesmo modernizado?
Tem espaço ainda para ele nos dias atuais?

Soyuz

A leitura desta noticia é que o MIG-35 ainda é um avião com necessidade de desenvolvimento para atender as exigências de emprego operacional o que para quem acompanha este tema não é novidade alguma. É aquela velha história que poucos se apercebem. Demonstrador de tecnologia é uma coisa, avião com capacidade de entrar em serviço é outra. E a distância entre ambos não é necessariamente pequena nem em dinheiro nem em tempo necessário para atingir o IOC, initial operational capability. Só no programa Rafale, entre o vôo do demonstrador de tecnologia e o primeiro avião de série recebido foram 16… Read more »

Soyuz

@Fighting Falcon

Depende do contexto.

Para a Rússia que tem centenas de Mig-29 para canibalizar peças para manter outros voando a custos mais baixo é uma opção interessante que de bônus gera trabalho para o fabricante que esta em situação financeira ruim.

Para outros operadores de Mig-29 que via de regra são nações com economia fraca também é uma opção razoável de quem queria comprar caça novo e não pode.

Já para alguém que não opera Mig-29 trazer esta aeronave modernizada para o inventario é loucura.

Marcelo

Soyuz disse:
21 de agosto de 2013 às 14:57

Excelente comentário, Soyuz. Reflete o que eu penso sobre o NG.

Abraços.

juarezmartinez

Comentário mais uma vez norteado pelo bom senso, parabéns Soyuz, a cada post seu, mais atenção dedico a leitura.

Grande abraço

Corsario137

A pergunta que não quer calar: É o fim da Mikoyan-Gurevich?
Se for, é uma pena.

Soyuz

Valeu Juarez, eu que tenho grande prazer em ler seus posts, sempre realistas sobre a FAB de verdade e não aquela “romanceada” pelas revistas de aviação militar brasileira.

Abraços

Antonio M

Concordo com o que foi dito mas, no que se refere ao alcance do caça acho que não faz diferença, algo que o reabastecimento e tanques externos e localização geográfica das bases não resolvam. Por diversas vezes mostraram aqui fotos do próprio Rafale, Mirage F1, Gripen, F18, F16 com tanques externos. A escolha do Gripen seria justamente pela “filsofia” de não ficar inventando a roda porém, sem deixar de se tentar absorver novas tecnologias de engenharia, fabricação, materiais etc mas, não sei se ainda seria viável e compensador agora, como seria a alguns anos atrás podendo participar de mais etapas.… Read more »

Antonio M

Outra coisa, com a atual tecnologia de engenharia e computacional muitas etapas podem ser simuladas, adiantadas portanto diferente de aguns anos atrás. E não é possível manter tanto desenvimento para que se chegue “à perfeição”. É como na Fórmula 1, se o carro “nasce ruim” vai ser ruim até o fim da competição então o esforço deve ser voltado para que seja bem nascido e mesmo a partir de sua utilização efetiva, manter desenvolvimento e modernizações. Como exemplos, o Harrier que na versão americana recebeu melhorias na fuselagem com uso de materias compostos mais modernos e de motor, o próprio… Read more »

Jackal975

Será que o interesse em continuar desenvolvendo o Mig-29/Mig-35 não tem a ver com o NAe Kuznetsov? Penso que os russos tem apostado no Mig-35 para substituir o Su-33. Queira ou não, o fato é que o Su-33 se revelou uma aeronave grande demais para o Kuznetsov e o Mig-35 poderia substituir tanto o Su-33 quanto o Su-25UTG.

Nick

O problema do MIG-35 é o SU-35. 🙂

[]’s

Gutex

Mas Jackal975, os substitutos do Su-33 já foram escolhidos, e serão os MIG-29K/KUB. O contrato para aquisição de 20 MIG-29K e 4 MIG-29KUB já foi assinado, e as entrega das primeira unidades esperada para este ano ainda.

Control

Senhores A postergação das entregas do Mig35 parece mais conseqüencia de um política de garantia de sobrevivência da MIG, com um escalonamento de produção onde primeiro saem os Mig29SMT e depois os Mig35 e não problemas de desenvolvimento destes. Pegando o gancho dos comentários sobre o tempo para desenvolvimento de um novo caça: A questão do tempo de desenvolvimento de novos aviões de caça é interessante. Ignorando os períodos das duas guerras mundiais, que são casos de exceção, se observarmos o período entre o início da década de quarenta até a década de sessenta, época particularmente importante pelas mudanças e… Read more »

Reportagens especiais

Fort Worth Alliance Air Show 2015 – B-52

Sim, ele é grande, é feio, é gordo e faz estrago, não é à toa que o apelido do B-52...
- Advertisement -
- Advertisement -