Home Editorial O ciclo dos caças

O ciclo dos caças

300
20

ciclo dos cacas

SAIBA MAIS:

20 COMMENTS

  1. a FAB tambem tem uma parcela – substancial – de culpa, sabendo com quem esta lidando, deveria ter aceito o Rafale quando foi oferecido, devia ter comprado os F-16 usados, devia ter comprado os Kfir C10 tampao … etc – a FAB sempre esta querendo a solucao ideal.

    • Caro thomas_dw

      Quem disse que a FAB “deveria ter aceito o Rafale quando foi oferecido”? O que ocorreu foi um episódio onde o presidente e o ministro das Relações Exteriores anunciaram negociações exclusivas com a França, mas voltaram atrás no dia seguinte. A FAB nem teve tempo de responder.

      Sobre o Kfir, seria tão ou mais tampão que o Mirage 2000. Sem falar das nuvens cinzas que pairavam sobre esse negócio.

  2. Para piorar, ainda somos ofendidos com uma reportagem chinfrim, escrita por um anão moral puxa-saco do iluminado de Garanhuns, onde além de equívocos grosseiros em termos de política internacional e geopolítica, ele brinda seus bovinos leitores com uma canhestra justificativa para a decisão “político-etílica”do dia 07/09/2009 e incide nos conhecidos delírios de “Brasil – PuTênfia”:

    http://www.conversaafiada.com.br/economia/2013/07/15/dilma-vai-ao-obama-ou-a-boeing/

  3. HMS TIRELESS

    Melhor que o texto são os comentários dos leitores, como este que eu pincei:

    “Você se esqueceu de citar que os caças Russos são mais velozes mach 3, carregam mais armamento, voam em altitudes que os outros não voam. Ou seja ele pode subir na altitude máxima dele e os outros não podem alcaça-lo. Enquanto os outros voam mach 2 ele voa mach 3 ou seja os outros não conseguem acompanha-lo, sem contar que os outros desconhecem sua tecnologia, pois se a conhecem já teriam fabricado algum semelhante. Com transferência desta tecnologia e com a fábrica que temos, poderíamos estar fabricando algo semelhante em pouco tempo.”

    Notem a qualidade técnica do comentário!

    Dilma, feche com os russos logo, pois teremos acesso a tecnologias inimagináveis.

  4. HMS TIRELESS disse:
    15 de julho de 2013 às 11:10

    ROTAnaRUA disse:
    15 de julho de 2013 às 11:55

    Caros, sugiro fazer o que eu fiz, escrever nos comentários àquela matéria do jornalista chapa-branca, desmontando as bobagens que ele e os seus lambe-bolas escreveram.

    Não tem coisa que esta gente deteste mais do que ser contrariada.

  5. Eu diria que é o Ciclo vicioso da imcompetência. Falta de visão e objetivos de longo prazo dos Governos(independente de partido) comprometem uma compra dessas que deve ser sempre visto sobre um horizonte de 30 anos, no mínimo. E mais, se houvesse um pouco mais de visão estratégica, já teríamos ao menos um caça leve nacional do porte do KAI FA-50 substituindo os F-5E e futuramente os AMX.

    []’s

  6. Aquilo é um salafrário… Deveriam dar uma camada de pau nele, pra deixar de ser escroto, mentiroso… Pensem numa raiva que eu tenho desse caba…

  7. HMS TIRELESS disse:
    15 de julho de 2013 às 11:10

    Amigo Tireless, com todo o respeito, mas q p. é essa de você ficar visitando aquele esgoto lá? 🙂

    Pô parceiro, num pisa fora da faixa… num dá “audiência” praquele lixo humano não, que é tudo que ele mais deseja… 😉

    E outra meu amigo: acredite, burrice pega…

    Em suma, não se rebaixe.

    Sds.

  8. Nick, acredito que mesmo com muito atraso o caça leve virá, projetado pela Embraer e pela Boeing, com parte dos custos financiados pela Viúva, como ocorre com o KC-390. A Embraer tem muita facilidade de tirar dinheiro do governo federal. Quer um indício? A repotencialização de aeronaves de combate da FAB demora além do cronograma mas sai.

  9. Fui lá no site do jornalista chapa-branca.

    Meu comentário cobrando dele explicações sobre de onde ele tirou informações colocadas no textinho mequetrefe foi deletado.

    Lá só ficam os comentários rasos dos pelegos picaretas e dos comentaristas semi-analfabetos, sempre a soldo do regime.

    Como falei antes, não há nada que esta choldra deteste mais que a opinião contrária.

    Para eles, a democracia é só uma forma de se tomar o Poder.

  10. Que é isto gente…. visitar aquele site de pelego mor ??

    Ô loco….. a última vez que fiz isto tive que tomar três banhos pra desinfetar e tomar oito passes de desobsessão……

    Mas, o Homem lá em cima está vendo tudo….. e em breve este picareta vai passar um tempinho no xilindró….. a menos que a justiça transforme a condenação naquelas penas alternativas ridículas.

    Sds.

  11. N]ão passam de um bando de esquerdopatas e doentes mentais, realmente, ideologia, as vezes, emburrece as pessoas, mas falando em latrina, tem outra cujos membros são sempre os mesmos, e como não conseguem mais mudar o disco, a moda agora é detonar a trilogia, porque esta assumiu uma posição clara diante de alguns desmandos deste desgoverno.
    A propósito eu e o Vader somos os mais citados pelo “iluinados do WC”.

    Grande abraço

  12. Hehehe Juarez dessa eu me livrei: não tenho acesso àquela joça, rs.

    Aliás, gente desse tipo não gosta de debate, gosta mesmo é de ficar em Madrassas como aquela, remoendo entre si suas mágoas.

    Enfim, os cães ladram e a caravana passa, como dizia um lixo que tinha por aqui…

    Sds.

  13. Deu agora à noite, por volta das 22h30, no Jornal da GLOBO NEWS:

    O comentarista Carlos Monforte, de Brasília, em matéria que tratava da insegurança cibernética e de telecomunicações do Brasil, na esteira do assunto, tratou do que chamou “insegurança também na defesa aérea”, com a desativação dos Mirage 2000 até o final do ano, etc…, etc… E a ausência de um substituto até o momento…

    Reproduziu palavras da presidentA onde ela afirma que “definiria a escolha dos caças até o final do ano”… Nada falou sobre as propostas que vencem em setembro…

    Pontuou o comentarista sobre a ausência da França na edição deste ano da Cruzex, insinuando a insatisfação francesa com a demora da escolha do FX2 e quiçá com a eleição do Super Hornet… (Será que os franceses é que grampearam as ligações brasileiras ?)

    Disse ainda o comentarista, com ar de profundo entendido, talvez após ler de relance alguns posts do PA, que qualquer que seja a escolha, os caças brasileiros já serão “defasados” em relação, por exemplo, aos EEUU, sempre eles…, pois nenhum dos caças do programa FX2 é de “5ª Geração”, mas de “4ª geração”… Não foi perguntado pela âncora do programa ao comentarista, com detalhes, o que isso significaria, não só, per si, mas no contexto de um combate aéreo, as desvantagens ou indiferenças dessas gerações, a depender do oponente, da missão, no contexto da América Latina, quem possui hoje um caça de 5ª geração operacional, etc…, etc… O cometarista apenas acresceu este assunto da matéria dizendo que os EEUU já decolam “drones” de seus Porta-Aviões…

    A destacar o tom de reprovação de um importante segmento da imprensa com a demora na escolha do principal vetor de defesa aérea da FAB… Talvez os EEUU tenham contribuído mais do que esperavam com essa escolha…, seja qual for…

    E talvez a SAAB, nesta história de espionagem, tenha ganho alguns pontinhos no cômputo geral pela reconhecida neutralidade e discrição sueca…

    SH com uma cabeça de vantagem, ou um bico, mas o Gripen encostou nesta última semana…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here