sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Brasileiros vencem competição mundial de foguetes nos Estados Unidos

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Equipe ITA ROCKET vence competição mundial de foguetes nos EUA - foto divulgação via R7Grupo de alunos do ITA trabalhou em projeto por 10 meses, ao custo de R$ 60.000

vinheta-clipping-aereoUm grupo de estudantes do ITA (Instituto de Aeronáutica) conquistou o prêmio de melhor projeto na 8º IREC (Intercollegiate Rocket Engineering Competition), competição mundial de foguetes realizada em junho em Green River, Utah, nos Estados Unidos. A competição reuniu estudantes de 25 universidades dos EUA, Canadá, Turquia e Índia, além do Brasil.

O único grupo brasileiro que participou da competição trabalhou por 10 meses na criação do projeto vencedor. O custo de toda a produção foi de aproximadamente R$ 60 mil. Dumont, como foi batizado o foguete, pesava cerca de 18 kg, tinha 2m de comprimento e recebeu o nome em homenagem a Alberto Santos Dumont, pioneiro da aviação.

A IREC possui duas categorias. Na básica, o foguete deve atingir, com a maior precisão possível, altitude de pico de 10 mil pés (3 km, aproximadamente). Já na avançada, precisa chegar a 25 mil pés (ou cerca de 7,5 km). Os veículos devem levar uma carga útil de 4,5 kg e, após o voo, ser recuperados em segurança no solo, por meio de um sistema de paraquedas, que permita um novo lançamento.

A competição é promovida pela entidade não governamental ESRA (Experimental Sounding Rocket Association). Nela, os competidores precisam projetar e construir um foguete de sondagem e lançá-lo com o máximo de precisão e tecnologia, e são avaliados por especialistas do setor, incluindo ex-engenheiros da indústria aeroespacial americana da NASA e SpaceX.

Os dois times que atingem a maior pontuação em cada módulo ganham bônus em dinheiro e um troféu, além do prêmio “Jim Furfaro Award for Technical Excellence” para o projeto de maior destaque, conquistado pelos brasileiros.

FONTE / FOTO: R7

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest

1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Colombelli

Cérebros tem, so falta apoio, quem sabe com o dinheiro que foi gasto nos estádios.

Mas se esperar o que de um governo que a pouco tinha à frente um indivíduo que se vangloria de não ter estudado? Um verdadeiro analfabeto funcional que so conhece bem artimanhas antiéticas?.

Últimas Notícias

Força Aérea Brasileira inaugura nova estação radar de vigilância aérea em Rondônia

Estação será usada pelo Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) para auxiliar na proteção de fronteiras do Brasil A...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -