Home Noticiário Internacional Presidente francês conversa sobre o Rafale com autoridades do Qatar

Presidente francês conversa sobre o Rafale com autoridades do Qatar

299
2

Rafale - foto 2 Cyril Amboise - SIRPA Air via Dassault

Segundo notícia divulgada pelo site Bloomberg no domingo, 23 de junho, o presidente francês François Hollande afirmou que discutiu com o Qatar a possível venda ao país de caças Rafale, fabricados pela francesa Dassault.

A Dassault e o Qatar estão em negociações, disse Hollande em uma coletiva de imprensa realizada na capital do Qatar, Doha. A França já fornece cerca de três quartos dos equipamentos militares do Qatar, segundo o presidente francês. A visita de dois dias ao Qatar incluiu encontros com o Emir Hamad Bin Khalifa Al Thani e o primeiro ministro Hamad Bin Jassim Bin Jabor Al Thani.

O Qatar divide a maior reserva de gás do mundo com o Irã, e deseja substituir sua atual frota de 12 caças Mirage por 24 a 36 novos jatos, segundo reportagem da Reuters divulgada no último dia 19. A Dassault também estava em discussões para vender o Rafale aos Emirados Árabes Unidos em 2011.

Rafale - painel - foto A Paringaux - Dassault

FONTE: Bloomberg (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTOS: Dassault

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
7 anos atrás

Qatar parece com a “Grande Putenphia”: muitas aeronaves VIP e poucos caças.

B.707 – 2
B.727 – 1
B.747 – 2
A.320 – 1
A.300/310 – 2
A.340 – 2
Hawker 800 – 1
Falcon 900 – 2
TOTAL: 13

Alpha-Jet – 6
Mirage 2000 – 12

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

O Mirage-2000 possui uma peculiaridades quanto a sua comercialização. Todos os países que comparam M2000 novos (excetuando o Brasil que comprou de segunda mão como tampão) operam este caça em conjunto com outro avião equivalente (Mig-29 ou F-16). Vejam a lista; Egito: Opera F-16 Emirados Árabes: Opera F-16 Grécia: Opera F-16 Índia: Opera Mig-29 Peru: Opera Mig-29 Taiwan: Opera F-16 A explicação é simples. Todos estes países, a exceção do Peru (comprador de ocasião de aviões russos) operam em cenários politicamente complicados, como a Grécia que tem sua inimiga Turquia dentro da mesma OTAN onde são aliadas, ou o Egito,… Read more »