sábado, fevereiro 27, 2021

Gripen para o Brasil

Estados Unidos estão otimistas sobre escolha do Brasil pelos caças americanos

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

USN Super Hornet 135 na AFA - foto Poder Aereo - Poggio

Sabrina Craide

vinheta-clipping-aereo O encarregado de assuntos político-militares do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Tom Kelly, disse hoje (3) que o governo americano está otimista quanto à escolha do Brasil pelo modelo de caça fabricado naquele país a fim de equipar a Força Aérea Brasileira (FAB). O Brasil também avalia propostas de caças da França e da Suécia.

“Temos confiança que temos a melhor oferta com o melhor preço e a melhor tecnologia. O governo brasileiro está dentro de um processo interno muito detalhado e respeitamos isso, mas esperamos que possamos convencer as autoridades a fazer uma parceria importante com a gente”, disse.

Segundo Kelly, a questão da obrigatoriedade de transferência de tecnologia para a Força Aérea Brasileira já está superada e os líderes do Congresso americano já se comprometeram em aprovar a questão, caso o Brasil opte pelo modelo americano. “Temos demonstrado que vamos transferir toda a tecnologia relevante que a FAB precisa”, garantiu.

Ele disse ainda que pretende debater com autoridades brasileiras a possibilidade de uma parceria entre o Brasil e os Estados Unidos para treinar novas equipes e desenvolver um currículo em conjunto a fim de aproveitar a experiência brasileira na formação de forças de manutenção da paz. “O Brasil tem muita influência, especialmente na África, e tem a capacidade de expandir o número de países que podemos ajudar. Temos muitas necessidades na África”, disse.

O representante do governo americano declarou que os Estados Unidos podem colaborar com o Brasil na área de segurança, se for necessário, para os grandes eventos como Copa do Mundo e as Olimpíadas, e ressaltou a capacidade brasileira de fazer eventos “maravilhosos”. “Temos muita confiança na capacidade do Brasil”.

FONTE: Agência Brasil

COLABOROU: Henrique C.O

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Galeão Cumbica

Bem que eles poderiam fazer aquelas ofertas irrecusaveis, que ai nao teriam como o Presidenta recusar. O secretário falou sobre uma coisa importante, o Brasil tem uma boa influencia na Africa, nao sei se ele sabe como estamos conseguindo esta influencia, semana passada perdoando 900milhoes em dividas de paises africanos por exemplo, desde que comecei a lembrar das coisas, nao me lembro de alguem ter feito isso pelo Brasil, alguem se recorda? A Dilmona poderia terceirizar esta segurança da copa, pede pra o USA colocar um Porta Avioes daqueles ai na Baia de Guanabara e quero ver quem chega perto!!!… Read more »

Vader

Essa dívida foi perdoada para que as grandes empreiteiras brasileiras possam pegar dinheiro do BNDES para financiar seus projetos na África, uma vez que o BNDES não empresta dinheiro para projetos em países que são devedores do Brasil.

É apenas mais um exemplo da “transferência de renda” petista dos impostos pagos pelo surrado contribuinte aos grandes empreiteiros oficiais, que sustentam as campanhas políticas do ParTido.

Galeão Cumbica

Poggio, ja tinha ouvido em uma outra ocasiao, mas não sabia que o Rei Sol tb tinha feito isso.

Milord! que negociata, bem embaixo de nossas barbas!!!

Exemplificando, claro que não é facil assim, mas perdoar divida, hoje em dia nem de pai pra filho ouvimos falar, poderia a Presidenta transferir esta divida pra o USA, pegar 10 caças novinhos e assim poderia emprestar o dinheiro que não é dela pra quem quer que seja!!! 😛

sds
GC

- Advertisement -

Combates Aéreos

F-16 do Paquistão: Pentágono diz que não sabe sobre contagem do número de aeronaves

A posição do governo dos EUA parece estar de acordo com a Índia, que no contexto do ataque, reafirmou...
- Advertisement -
- Advertisement -