terça-feira, abril 20, 2021

Gripen para o Brasil

Test Drive do Falcon BMS

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Meu ovo de páscoa desse feriado foi testar o simulador Falcon BMS. Como o simulador é bem realista, sendo possível experimentar na “prática” como seria um combate aéreo ou operações de ataque.

Baixei o cenário de Israel, que veio com a opção de jogar com o F-15I e F-16I com tanques conformais. A primeira coisa que se nota é poder levar mais armas, com mais cabides disponíveis. A imagem abaixo é de um F-16I biposto. Nessa missão voei de ala e é bem difícil tentar manter a formação. A imagem bidimensional não dá muitas indicações de distância e velocidade de aproximação para manter a distância e velocidade. Também é possível ver os “labels” ao fundo, indicando a distancia e identificação dos contatos ao redor. Sem essa informação fica fácil se perder em um cenário denso, sendo necessário ficar pedindo ao AWACS a posição da ameaça mais próxima pelo rádio. O AWACS indica a direção e distância em relação a minha posição. A cabina tem todos os botões funcionais que podem ser acionados pelo “mouse” simulando o dedo.

bms01

Descobri que o radar de acompanhamento do terreno (TFR) funciona. A imagem abaixo mostra o FLIR ligado como visto no MFD da direita. Como no “LANTIRN” real, é possível escolher a altitude de voo (1000, 500, 300, 200 e muito baixo) e o tipo de voo (leve, médio ou duro). No voo “duro” (hard), a aeronave tenta seguir o acompanhamento do terreno. No modo “leve” o voo tende a mudar pouco. Foi possível voar uma missão inteira no TFR. Me fez lembrar da época que jogava o Tornado IDS da Digital Integration.

bms02tfr

Como eu ainda não sabia disparar armas guiadas, como as Paveway e JDAM, e nem usar modos CCRP ou DTOS (dive toss), iniciei as missões de ataque com bombas burras com modo CCIP. A imagem abaixo é depois de sair do alvo. Estava olhando para trás para ver o resultado, como fazem os pilotos, e não vi nada acontecer. O Falcon BMS é muito detalhista, e para disparar as armas tem que colocar o botão “master arm” em “on” (ligado). A imagem também mostra o meu ala mergulhando no alvo (ou me seguindo?).

bms03bda

O mais interessante nos simuladores é o combate aéreo. No Falcon BMS a mira no capacete JHMCS foi implementada. É muito mais fácil apontar um míssil para um alvo dentro da curva usando a mira no capacete, sem precisar que o alvo entre no campo de visão do HUD. O sensor do míssil fica apontado para onde está a mira no capacete. No BMS fica mais fácil ainda usando a visão “padlock” como mostra a imagem abaixo, já mostrando o resultado do combate. Um F-16 carregado de bombas e mísseis fica mais pesado e bem menos manobrável. É nessa hora que o JHMCS faz a diferença. O F-16 é muito manobrável quando está sem cargas.

bms04hmd

O casulo Litening e Sniper XR do Falcon BMS tem modo ar-ar funcional. Qualquer alvo trancado no radar será visto pelas câmeras dos casulos se estiver no modo ar-ar. A imagem baixo mostra um MiG-25 detectado a 23 milhas (cerca de 40km) e um J-11 detectado a 9 milhas (15km). Além de ajudar na identificação do alvo, as imagens podem gravar o resultado do combate. Com sorte é possível ver o inimigo disparando mísseis e ter um alerta que está sendo atacado. Não testei, mas o casulo também aponta para contatos no alerta radar, ajudando nas missões de supressão de defesas.

bms05pdl

bms06pdl

Estava tentando atacar uma bateria de mísseis com o míssil HARM e não percebi que havia uma bateria de mísseis SA-6 bem mais perto e fui atacado. Então veio a hora das evasivas e sentar o dedo no botão de lançar chaff e flares. Contra o primeiro míssil dá para escapar fácil, o segundo também (foto abaixo), mas no terceiro já se está sem velocidade e altitude e vira presa fácil. Já no Vietnã já se usava essa tática de disparar três mísseis, para tentar acertar com o terceiro.

bms07evasiva

Uma grande vantagem dos simuladores é poder ter acesso a pontos de vista que não seriam possíveis na vida real. A imagem abaixo é de uma câmera virtual seguindo um míssil AMRAAM. Disparei o míssil contra um MiG-23 que fugiu (turn tail). Marquei a velocidade do míssil (660 kts) na imagem e o MiG conseguiu escapar pois pode voar até mais rápido. A imagem permite ver o míssil atingindo a velocidade máxima e depois a velocidade ir caindo. A baixa altitude o míssil desacelera mais rápido e o alcance diminui. Os dados de alcance de mísseis (mais de 50km para o caso do AMRAAM), geralmente só consideram uma situação ideal, com o alvo voando bem alto, voando em direção ao míssil e sem manobrar. A vida real é bem mais complicada.

bms08dlz

- Advertisement -

10 Comments

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
HMS TIRELESS

Onde posso obter esse simulador?

Diegolatm

Qual o requerimento minimo de Sistema?

Vader

Putz, vou tentar baixar. Muito legal.

Hamadjr

Certo e só tem esse modelo de aeronave?

G-LOC

Pessoal, o BMS é grátis como já mostrou o Eduardo, mas precisa do jogo original (Falcon 4) rodando no CD. Deve ter para baixar como torrent. O Falcon 4 é de 1998 e não precisa de um computador muito poderoso, a não ser para jogar nos requisitos máximos. O mais importante é ter um TrackIR e um bom joystick, além de saber inglês para ler os manuais de centenas de páginas. Hamadjr, eu joguei com o F-16 e é o que tem a cabine mais funcional. Também joguei com o F-14 e F-18 só para pousar em NAe. Voei algumas… Read more »

G-LOC

Teste uma missão de treino contra mísseis SAM. Contra mísseis mais antigos como o SA-2, SA-3 e SA-4 dá para se safar facilmente com um pouco de treino e usando as manobras corretas. Contra mísseis guiados por IR como o SA14 e SA13 o problema é o tempo de reação. Se lançar flares e manobras são até mais fáceis de evitar, além de voar alto. Contra o SA-11 já é mais difícil. Contra o SA-10 é praticamente impossível escapar com evasivas. Se atacado a longa distância dá para se esconder no terreno. Consegui escapar de todos os mísseis de uma… Read more »

joseboscojr

Eu não sei qual o motivo mas eu não consigo baixar nada. Se fosse pai de santo ia morrer de fome. Rsrsrss

Eduardo

Esqueci de colocar o link do Falcon 4.0, aqui vai ele:

http://thepiratebay.se/torrent/3633902/Microprose_Falcon_4.0_English_(this_one_works_)

Não é para instalar o falcon 4.0, só é necessário emular ele para instalar o falcon bms.

Intruder

Gostaria de me candidatar a uma vaga como wingman nessa escola top gun aí!

Mas alguém teria que dispor de um tempinho livre por semana pra me ensinar. Já baixei, instalei e rodei o jogo. Funcionou perfeitamente.

Se algum de vcs puderem ajudar seria muito bom!
Grande abraço!

Reportagens especiais

Apresentação do Gripen E na Suécia: por hoje, vamos de maquete

Amanhã, mostraremos o avião de verdade, o protótipo 39-8 da nova geração do caça da Saab - Fernando "Nunão" De Martini Por volta...
- Advertisement -
- Advertisement -