terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

Array

Mais Tucanos para a FAV?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O ministro do Poder Popular para Relações Interiores e Justiça, general de brigada (Guarda Nacional) Nestor Reverol Torres, informou em nota à imprensa que a Venezuela incorporará meia dúzia de aviões Tucano “para incrementar a luta antidrogas no país e melhorar a segurança aérea do território nacional”.

Segundo Reverol, a incorporação dos Tucanos representará um investimento de 27 milhões de bolívares (algo como 6,3 milhões de dólares), que será custeado com recursos do Fundo Nacional Antidrogas. Os aviões seguirão para a Força Aérea e terão a tarefa de detectar voos ilícitos dentro do espaço aéreo venezuelano.

O ministro não precisou se os aviões seriam comprados ou se seriam recuperados aqueles que a FAV já possui.

Em 1986 a FAV adquiriu 32 aviões Embraer EMB-312 Tucano, sendo que 20 deles seguiram para o Grupo de Treinamento Aéreo Nº 14 e outros 12 para o “Grupo Aéreo de Operaciones Especiales Nº 15”, onde completavam os trabalhos dos Rockwell OV-10E Bronco. Com a chegada dos OV-10A em 1991, os Tucanos do Grupo 15 foram transferidos para unidades de treinamento tático.

Na metade da década passada, com a vida útil dos Bronco chegando ao fim, a Venezuela negociou com o Brasil a compra de 24 a 36 aviões Embraer EMB-314 Super Tucano. Mas com o embargo norte-americano a venda não foi concretizada.

Com tal negativa, a Venezuela buscou novas fontes e acabou adquirindo 18 jatos Hongdu K-8W Karakorum de fabricação chinesa.

Por outro lado, a frota de Tucanos reduziu-se consideravelmente com o tempo, em função do atrito ao longo de 26 anos de operação. Houve também o veto norte-americanio para a compra de sobressalentes, reduzindo a disponibilidade das aeronaves. Meses atrás, apenas sete unidades estavam operacionais.

FONTE: Infodefensa (tradução e adaptaçã: Poder Aéreo)

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lyw

Quem venderá os Tucaninhos à FAV?

Galeão Cumbica

Com o Chaves morrendo la em Cuba, duvido que vai sair alguma coisa! Acho que noticia assim é só pra dizer que a luz ainda esta acesa!

GC

Lyw

É muito estranha mesmo esta notícia, se os tucanos da FAV estão quase todos parados por falta de peças de reposição o mesmo acontecerá com os novos! Pra mim só faz sentido se eles querem adquirir alguns para voar por 1 ou 2 anos até resolverem como deverão substituir estas aeronaves o que não será fácil.

HMS TIRELESS

Meu palpite é que esses aviões serão doados pelo gigante bobão pela própria natureza Brasil, em consonância com a atual diplomacia de atabaques e no espírito bolivariano que une os governos dos dois países…..lamentável..

Giordani

O que foi? O K-8 não serve mais? Solta pecinha? Descobriram que do chão ele não passa?

Apesar da nota falar em valores de aquisição, também compartilho da opinião do Tireless. No final, os aviões serão doados da FAB para a FAV…sabe como é né…itamaravilha…cumpañeros…bolivarianos…nações amigas…

Fernando "Nunão" De Martini

Giordani, K-8 e Tucano são para empregos diferentes.

Sobre doação, é só propor uma troca: a FAB doa T-27 pra FAV e esta doa F-16 para a FAB, numa troca de “tampões” para suas respectivas necessidades…

E, de quebra, resolve-se uma “mágoa” que deve existir entre Falcões e Tucanos que não devem se bicar desde que um dos primeiros abateu um dos últimos.

Tudo viagem minha, é claro, só pra descontrair.

Alfredo Araujo

Mas o veto americano não vale tmb para artigos usados ?

Fernando "Nunão" De Martini

Alfredo, até onde sei esse poder de veto vale para o avião em si se você quiser revender a outro país um material militar que comprou dos EUA. Esse problema foi um dos que brecaram a venda de F-5B usados da FAB (comprados novos direto dos EUA) para um comprador, quando foram desativados. Já nesse caso de vender T-27 (fabricados pela Embraer e pertencentes à FAB) para a FAV, o eventual problema seria a compra de peças fabricadas nos EUA para mantê-los e não a venda do avião em si, creio eu. Eventual porque, afinal de contas, os F-16 venezuelanos… Read more »

Vader

HMS TIRELESS disse:
23 de janeiro de 2013 às 11:32

“Meu palpite é que esses aviões serão doados pelo gigante bobão”

BINGO!

Wait and see…

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -