terça-feira, dezembro 7, 2021

Gripen para o Brasil

Vem aí o Y-20, o grande jato de transporte militar chinês

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Segundo a agência chinesa Xinhua, o ministério da defesa da China confirmou no final de dezembro que está sendo desenvolvido um grande avião militar de transporte. A aeronave deverá melhorar a capacidade de transporte militar das forças chinesas e ainda poderá ser empregado em ajuda humanitária e situações de emergência. Fotos do protótipo da aeronave circulam na internet e o China Defense Blog brincou com a semelhança do avião com um Angry Bird.

- Advertisement -

13 Comments

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edgar

Além do Angry Bird, este avião é “tipo-parecido” com o Ilyushin Il-76, que, por acaso, a PRC opera:

Ilyushin Il-76

joseboscojr

Esse solta “peçonas”. rsrsrs

Renato Oliveira

Pô, Edgar, seu apressado, tirou as palavras dos meus dedos rsrs.

Pena que é mais um concorrente para o KC-390…

Corsario137

Enquanto a Índia compra de um tudo a China desenvolve de um tudo. Se por um lado, atualmente e no curto/médio prazo, a Índia tem/terá uma força mais moderna, no longo a China será um fornecedor de equipamentos complexos e de qualidade em escala mundial, sem depender de fornecedores externos, burocracias e corrupções ligadas a processos de licitação, bem como interveniências externas. Não defendo aqui nem um nem outro modelo, apenas observo como os dois gigantes asiáticos tem direcionado suas políticas de defesa, dado que têm objetivos e ameaças muito parecidos. Salvo a vaca sagrada (EUA), nenhum outro país do… Read more »

Corsario137

Olá Renato,

Não acredito que esta aeronave seja um concorrente para o KC 390 por este último ser de um porte consideravelmente menor (achismo de olho, sem consultas técnicas). Acho que está mais para C-17 e outras do tipo.

Ivan

Corsário, Foram os Estados Unidos pós Nixon que levantaram a bola da economia chinesa, numa manobra para conter a União Soviética. Esta deixou de existir e o Urso passou a ser apenas russo, o que ainda é muita coisa. Agora os yankees estão as voltas com um poderoso Dragão, que ajudaram a acordar. Mas, como não poderia deixar de ser, a Índia que tinha na URSS seu principal aliado, percebeu a mudança dos ventos e hoje hindus e yankees se aproximam de várias formas, dos yellow cab de NY até astronauta da NASA. As alianças estão mudando na Ásia. Abç,… Read more »

Marcos

Na verdade isso ai tem é mais cara de Antonov que Ilyushin.

Groo

Realmente Marcos, tem cara de Antonov. Será que os ucranianos participaram do projeto? Algo como os israelenses (Lavi) e o J-10?

Aliás, a participação dos israelenses no J-10 é fato ou boato?

Ivan

A ligação da asa com a fuselagem lembra o Antonov AN-70.

Mas a cauda é Ilyushin com Boeing, mas também poderia ser Lockheed.

Os chineses podem surpreender… de novo!

Renato Oliveira

Corsario, o que manda, no fim das contas, são os custos, mais que as capacidades.

O KC-390, a não ser que aconteça um milagre, não vai vender tanto quanto a Embraer espera. Se o projeto tivesse começado antes ou mais ou menos junto com An-70/A-400M, aí sim.

Assim sendo, já que volume a China sozinha é capaz de providenciar (banânia não), é capaz de o Y-20 ter custos comparáveis. Aí o KC-390, que nem roll-out fez ainda, estará morto e enterrado.

Mauricio R.

Assim como os caças, aqui o calcanhar de Aquiles continua sendo um turbo-fan c/ alta razão de desvio, algo que a indústria chinesa ainda não conseguiu produzir. Nem pela tradicional aplicação de engenharia reversa, nem por meios originais próprios. Qnto ao KC-390, podem botar milagre nisso aí, pois vão precisar!!! Não creio que a megalomania da Embraer estivesse melhor, se o projeto houvesse iniciado na masma época de AN-70 ou A-400M. O projeto ucrâniano patina a décadas e somente agora os russos finalmente demonstraram interesse concreto pelo mesmo. A situação do projeto europeu tb não é mto diferente, c/ a… Read more »

Corsario137

Caro Ivan,

Perfeita análise. Não creio que volte a existir uma confrontação EUA x China nos moldes da guerra fria, seja por questões econômicas, seja por estratégia militar. Os EUA continuarão a fortalecer os vizinhos asiáticos e assim manterão a agenda chinesa muito mais local do que global.

Ainda assim, contra tudo e contra todos, acho que os chineses estão no caminho certo de quem deseja ser uma super potência global.

nunes neto

Groo, é o que rola na net, que tiveram ajuda de Israel, os caças são a cara de um fuçinho do outro, creio não haver nada oficial de venda de projeto; nessa área rola muita espionagem industrial e venda de projetos por baixo dos panos, Israel mesmo copiou o Mirage, contam que foi espionagem industrial! Mas depois do J-31 ,que é a cara do F-35, já acredito se disserem que eles olharam uma foto e copiaram,kkkk.Abraços

nunes neto

O KC-390 é a cara Kawasaki C-1, se o avião da EMBRAER fosse um projeto Chines iriam dizer que é cópia!

http://www.avioesdecombate.com.br/transporte/kawasaki-c-1.php
http://www.flugzeuginfo.net/acdata_php/acdata_c1_en.php

Últimas Notícias

Alto oficial da Força Espacial diz que a China está desenvolvendo capacidades ‘duas vezes mais rápido’ que os EUA

Para o general David Thompson, China pode ultrapassar os EUA em capacidades espaciais em 2030 O vice-chefe de Operações Espaciais...
- Advertisement -
- Advertisement -