Home Força Aérea Brasileira ‘Sábado Aéreo’ 2012 na BASP: sol, céu azul e aeronaves para todos...

‘Sábado Aéreo’ 2012 na BASP: sol, céu azul e aeronaves para todos os gostos

815
1

O dia estava perfeito, com um céu de um belíssimo azul de início de primavera, temperatura agradável e um sol gostoso. De um lado, a pista do aeroporto internacional mais movimentado do Brasil, com aviões comerciais de vários países subindo e descendo o tempo todo. De outro, um pátio repleto de aeronaves militares, com quatro delas abertas à visitação. E, para completar, um bom público, mas nada que tornasse o espaço difícil de se movimentar ou criasse filas intermináveis.

Pelo contrário, não faltou espaço livre e, para completar, as curtas filas para entrar nas aeronaves ou para alimentação andavam rapidamente e algumas atividades “extra-aeronáuticas” (afinal, demonstrações ou acrobacias em voo não combinam com o espaço aéreo de Cumbica) entreteram os visitantes da BASP – Base Aérea de São Paulo.

Um “Sábado Aéreo” que, embora sem rasantes de caças ou acrobacias da “Esquadrilha da Fumaça”, tem seus atrativos e “charme” pelos motivos expostos acima. Um conjunto que você poderá conhecer melhor agora nessas fotos tiradas pelo Poder Aéreo, que esteve presente ao evento na parte da manhã.

 

 

Ainda que nossa visita à BASP tivesse que ser mais rápida do que gostaríamos, “ensanduichada” entre outros compromissos, foi possível captar o “clima” desta edição, que repetiu muitos pontos positivos da anterior (veja matérias nos links abaixo) e acrescentou mais aeronaves em exposição estática em relação a 2011.

Entre elas, estava o jato de ataque A-1 (AMX) da Força Aérea Brasileira (FAB), que chamou bastante a atenção do público e que escolhemos para abrir esta matéria. Mas quem chamava ainda mais a atenção, até pelo seu porte, era o Boeing 737 que se destacava no pátio. Afinal, não é todo dia que se pode entrar e visitar um avião presidencial, mesmo desativado. A maior fila de visitantes estava lá e, mesmo assim, não demorava muito para chegar a vez de se ver a cabine por dentro (quando comparado a eventos com maior concentração de público).

 

 

Outras aeronaves que podiam ser conhecidas por dentro eram um F-5EM, um SC-105 Amazonas e um H-34 Super Puma: assim, tanto aeronaves de caça, de asas rotativas, busca e salvamento e transporte (VIP) podiam ser visitadas, dando uma visão geral bem interessante sobre as diversas aviações da FAB.

Entre outros aviões em exposição estática (mas sem visitação) vale destacar a presença de um novo integrante do 4ºETA (Esquadrão de Transporte Aéreo), que é a única unidade aérea que é baseada na BASP: bem perto de um dos hangares, estava um C-95BM Bandeirante. O “M” significa modernizado, e externamente o avião chamava a atenção pelo seu padrão de pintura diferente de outros dois “irmãos” não modernizados que podiam ser vistos do outro lado do pátio.

Outro fato digno de nota foi a presença, ao mesmo tempo, dos dois helicópteros “Vip” de menor porte do GTE,  (Grupo de Transporte Especial) e que atendem à Presidência da República, os VH-35 (EC-135T2i da Eurocopter).

Não é raro ver um deles em São Paulo, dado que as viagens presidenciais à capital paulista são razoavelmente frequentes, e a aeronave realiza os deslocamentos curtos da base para a cidade. Mas os dois juntos é algo que nem sempre que se pode ver.

Um motivo pode ser a visita agendada para a presidente nesta segunda-feira, conforme noticiado em jornais neste final de semana, na qual também foi incluído comício à noite, ligado às eleições municipais de São Paulo.

 

Outras aeronaves em exposição eram um T-27 do EDA (Esquadrão de Demonstração Aérea), a “Esquadrilha da Fumaça”, dois T-25 da AFA (Academia da Força Aérea), um dos quais decolou no final da manhã, um helicóptero H-60 Black Hawk do Esquadrão Pantera, um A-29A (monoposto) Super Tucano do Esquadrão Flecha, um P-95B “Bandeirulha” da Aviação de Patrulha da FAB e um Fennec da Aviação do Exército.

Saindo da parte “aérea” para a “espacial”, embora na ficção, pessoas caracterizadas como personagens dos filmes Avatar e Star Wars circulavam entre os presentes, com direito a muitas fotos. Uma dessas fotos nós  infelizmente não pudemos presenciar, mas ouvimos falar a respeito: em dado momento da manhã, “Luke Skywalker” subiu na cabine do F-5EM, proporcionando uma visão ao mesmo tempo diferente e cômica.

 

No gramado um pouco mais afastado dos hangares e do pátio da base, vários visitantes aproveitavam a oportunidade de tomar sol vendo as decolagens e pousos dos aviões comerciais nas pistas em frente. O conjunto formado pelo belo céu, temperatura agradável e movimentação aérea dava vontade de não sair de lá. Mas, infelizmente, nossa visita à BASP teve que ser curta devido a outros compromissos no dia.

Ainda deu tempo para dar um “alô” a duas aeronaves históricas expostas bem ao lado: um T-6  com as cores da ERA 41 – Esquadrilha de Reconhecimento e Ataque – e seu sucessor nas missões do tipo, o  AT-26 Xavante com o brasão da unidade que também a sucedeu,  o 4ºEMRA (Esquadrão Misto de Reconhecimento e Ataque), que operou na BASP até o final da década de 1970.

BASP Portões-Abertos 2012 - T-6 nas cores da ERA 41 - foto Nunão - Poder Aéreo

 

Resumindo: mesmo sem acrobacias aéreas, demonstrações de helicópteros ou passagens rasantes de jatos, o “Sábado Aéreo” da BASP é um evento que reúne bons  atrativos. Esperamos ter mais tempo no ano que vem para aproveitá-los melhor, como fizemos no ano passado, caso a “tradição”  iniciada em 2011 prossiga. Até lá!

PS prometemos a matéria para o domingo, mas só foi possível publicar nesta segunda-feira.

VEJA TAMBÉM:

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Roberto F Santana Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Roberto F Santana
Visitante
Roberto F Santana

A melhor foto da serie.
A do passarinho pousado na asa da aguia.
Parece que ele chegou so para aparecer ou para conversar com a amiga.
Incrivel sao os azulejos antigos com o simbolo da FAB.