Home Noticiário Nacional Deu na ‘Isto É’

Deu na ‘Isto É’

165
24

Revista Isto é, 12 de set, ano 36 nº2235.

24
Deixe um comentário

avatar
24 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
17 Comment authors
VaderFernando "Nunão" De MartiniRomauBRedcreekRenato Oliveira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Member
Marcos

O KC 390 irá em frente, simplesmente porque A Embraer tem experiência e capacidade para fazê-lo.

Já o submarino, ainda mais nuclear… não temos experiência alguma.

Giordani
Visitante
Member

Mas o que tem haver(daí do verbo existir, ter, acontecer) o orçamento de 2013 com algo que nem será pago em 2013 se(SÊ) houvesse de ser finalizado??? É que estava sobrando espaço na aleivosa revista e deu nisso…

uitinaxavier
Visitante
uitinaxavier

Mas uma materiazinha mequetrefe e sensacionalista, com o único objetivo de criar atritos, o que essas revistas fazem “Vamos dar nome aos Bois” Isto é, Veja, Época, eu não caio na lábia dessas revistas de jeito nenhum, pobre daquele que caí na conversa fiada desse povo.

Alfredo Araujo
Visitante
Member
Alfredo Araujo

Desculpe mais o q está errado na reportagem ?
Na minha opnião, o unico erro foi não informar q o primeiro desenbolso seria vários meses após a escolha…

De resto, eu acho positivo a impressa demonstrar ao povo o descaso do governo com a defesa…

Nick
Visitante
Member
Nick

Caro Giordani,

Se por exemplo, o contrato fosse assinado no meio do ano de 2013, haveria uma necessidade de pagarmos um “sinal” , ou uma “entrada”. Mas não é nenhum valor astronômico. Poderia ser o que? US$500 milhões ou menos até. O restante sim seria a perder de vista.

No caso da proposta da SAAB acho que nem isso tem. O pagamento ocorreria em paralelo com o recebimento dos caças.

No mais, aguardando a FAB anunciar sua busca por caças tampões e arquivamento do FX-2.

[]’s

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

E segue o enterro.

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

E o pior, além do mico internacional é que 36 aviões não resolvem nada…

Giordani
Visitante
Member

Como não? 36 aviões permitem um bom desfile…em três capitais…simultaneamente… 🙁 No mais, é só mais vela pra defunto… “Alfredo Araujo disse: 9 de setembro de 2012 às 14:49 Desculpe mais o q está errado na reportagem ? …De resto, eu acho positivo a impressa demonstrar ao povo o descaso do governo com a defesa…” O que está errado é que além de não informarem a realidade, abordam o assunto de forma jocosa, ao melhor estilo ricardo boechat, passando ao povo a sensação de que é um gasto totalmente desnecessário, mas em contra partida, atribuem forte apelo emocional e nacionalista… Read more »

Blind Man's Bluff
Visitante
Blind Man's Bluff

Daqui a 20 anos, depois de enfim havermos educado o povo burro a cuspir no PT, Serras e Russobandos, ainda vamos estar pagando pelo ja muito ultrapassado SSN-BR, enquanto que o dinheiro e o tempo foram jogados no lixo e esses…não voltam!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Vai ver é efeito do “pibinho”, pois deixamos de ser a 6ª econômia do planeta.

(http://veja.abril.com.br/noticia/economia/pib-fraco-faz-brasil-perder-posto-de-6a-economia-do-mundo)

Observador
Visitante
Observador

Senhores,

Cada vez mais fica concreta a possibilidade que já desenhei aqui: não temos anúncio em 2012, nem 2013, com a desculpa da falta de dinheiro, deixando o anúncio para 2014, quando poderá ser utilizado para extrair dividendos políticos na sucessão presidencial.

Vimos isto em 2009, com o anúncio do sub-nuc. Para mim, veremos o mesmo filme de novo em 2014.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Li o artigo da Veja, citado por Mauricio R. O que o artigo não cita é a falácia contábil do Real valorizado. Se a nossa moeda desvalorizar mais um pouco, por exemplo, para uma cotação de 2,50, o Brasil vai lá para a 11ª economia global. Portanto, Brasil Potência é somente mais um confete inventado por Lula. Mas voltemos ao nossos assuntos aqui, que são as forças de defesa. Para um país que pretenda ser alguma coisa, sem dúvida a aquisição de pelos menos 90 un do F-35/A já é algum caminho andado, com 60 treinadores do tipo M-346. Aproveitando… Read more »

Giordani
Visitante
Member
Optimus
Visitante
Optimus

Muito interessante essa matéria saindo exatamente na Isto É… uma notória revista que faz propaganda pró-governo federal… Então pra mim fica claro que as informações da matéria “vieram de cima” … Com o objetivo de informar: A Morte Oficial do F-X2 – e dar a desculpa pra “opinião pública” que o Brasil não tem dinheiro para essas bobagens de caça – pois estamos numa crise, e o SSN e o KC-390 é muito melhor, até pq não precisamos de aviãzinho pra brincar de querrinha, pq somos amigos de todo mundo, etc, etc, etc… Entendam: Os atuais ocupantes do Planalto só… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Vou dar um exmplo…. só para ser possível iniciar um possível projeto de NAe nacional, a Marinha estima necessitar de 600 engenheiros navais especialistas em pelo menos uma dezena de tecnologias distintas…..

Vai dar ???

Sobre FX… não comento mais !!

Sds.

Gilberto Rezende
Visitante
Member
Gilberto Rezende

1) Não há como se colocar no orçamento uma despesa que ainda não se sabe oficialmente o valor. O vencedor e a proposta a ser negociada no FX-2 ainda não foi oficializada. 2) Para todos os efeitos 36 aeronaves é um lote inicial, para o tamanho do país e para o objetivo de ToT, o TRIPLO é necessário. 3) Submarino atômico desatualizado o SN-Br… A melhor piada que eu já li em muito tempo… Ignorância militar é pouco. 4) F-35 A/B, M-346, Dixmude, Mistral, U-212/214 com AIP, GoWind, Fremm, destroyers Type 45 britânicos… Por que não joga uma bomba no… Read more »

Renato Oliveira
Visitante
Member
Renato Oliveira

Caro Gilberto,

A Arábia Saudita pode se dar ao luxo de fazer compras imbecis, nós não. SubNuc apenas para uso defensivo é uma baita perda de $$. Compra subs com AIP e pronto.

Agora, que isso sinaliza muito mal o andamento do FX2, isso sinaliza. Lá vamos nós pro FX3, quem sabe o presidente Russomano aprova a compra do FX7(?) em 2034…

Nick
Visitante
Member
Nick

Caro Renato Oliveira,

Não considero o subnuc desperdício de $$$. Mesmo que para uso exclusivo defensivo. Mas na realidade, um sub de ataque nuclear cumpre tanto missões ofensivas (caçando outros subs, por exemplo) como defensivas (escoltando uma força-tarefa, outro exemplo).

Um Sub AIP tem sua utilidade, mas que pode ter um Sub de Ataque Nuclear, não pode pensar duas vezes.

[]’s

Giordani
Visitante
Member

Tá bom Nick…quando o subnuc encontrar o Nautilus, vai fazer o quê? Usar um bodoque(estilingue) para neutralizá-lo? Esse subNuc só terá utilidade pelas empregos(técnicos) que irá gerar, no mais, será outro grande alvo do hemisfério sul e quando o Opalão se for, será o maior alvo de valor do mundo!!!

edcreek
Visitante
Member
edcreek

OLá,

Amigos o Subnuc já é justificado pelas dimensões do Brasil, foi uma compra acertada, e terá um bom poder de fogo com o misseis SM-39 Exocet(iguais ao AM-39) que serão lançados submersos, ele complementará o projeto dos SBR com maestria…

Sobre os caças é uma pena, parece ser mais um duro golpe na Força Aerea, a Marinha teve algumas chances e aproveitou, não é perfeita mas está andando, até compra de ocasião de algo novo teve….Já a força aerea, só sucata…

Abraços,

Nick
Visitante
Member
Nick

Caro Giordani, Comparar o A-12 Opalão que só fica passeando na Baia do Guanabara com um SubNuc capaz de ficar submerso 90 dias ou até mais( até o limite da fadiga da tripulação) é brincadeira heim. 🙂 Concordo que o A-12 hoje não passa de um alvo ambulante para treinamento de lançamentos de Harpoons, Exocets e outros. Mas um SSN( na verdade de 3 a 6) é capaz de obrigar a US Navy manter verdadeiras Tasks Forces procurando por ele, e com chances não tão grandes de encontra-lo. Podemos até deixar o nosso SSN na saída da base naval do… Read more »

RomauBR
Visitante
RomauBR

Devaneios, quantos devaneios…

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“edcreek disse: 10 de setembro de 2012 às 10:07 a Marinha teve algumas chances e aproveitou, não é perfeita mas está andando, até compra de ocasião de algo novo teve….Já a força aerea, só sucata…” Edcreek, Acho essa percepção um tanto equivocada, talvez muito focada em submarinos x caças. Nesse sentido (um grande programa de bilhões de dólares), é certo que a MB conseguiu mais que a FAB nesses últimos anos. Não quero aqui puxar a sardinha mais para uma força do que para outra, longe disso, mas apenas aprofundar o debate: não se pode esquecer que, comparando todos os… Read more »

Vader
Visitante
Member

Fernando “Nunão” De Martini disse: 10 de setembro de 2012 às 12:32 “Se tem uma força que ficou para trás em renovação de meios e armamentos em todo esse tempo, eu acho que foi o EB.” Nunão, pois eu já acho que o EB deu alguns passos muito importantes nos últimos 15 anos, em especial a renovação de sua doutrina de emprego. Na verdade tudo no EB, do Comando para baixo. caminha para a profissionalização, tão desejada e sonhada por todos seus militares conscientes. Só falta os malditos políticos tomarem a decisão de acabar com o malsinado SMO, coisa que… Read more »