segunda-feira, dezembro 6, 2021

Gripen para o Brasil

Esquadrão Pacau realiza operação continuada em Manaus

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Esquadrão Pacau (1º/4º GAv) que opera aeronaves de caças F-5M realizou (11 a 15/6) a operação continuada no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus (AM). O exercício tem como objetivos treinar a unidade aérea para missões diurnas e noturnas em prontidão de sessenta horas, o pessoal de manutenção para a realização de atividades de suporte às operações aéreas, bem como capacitar os diversos setores da Base Aérea de Manaus (BAMN) para o apoio remoto.

FONTE: FAB/BAMN

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Hoje, pelo visto, sem Desafio Aéreo!!!!

champs

Pra quem não tinha nada(caças) na Amazônia é um avanço considerável, mas é um vetor “perna curtíssima” para aquele TO, espero que para defesa aérea Manaus desdobre um elemento para atuar mais avançado em Boa Vista e Porto Velho, assim serão mais efetivos.

Marcos

Essa é a nossa defesa aérea pra enfrentar os Sukhoi do Chapolin.

Talvez o objetivo seja esse mesmo.

E sejamos sinceros, são mais de dez anos empurrando a decisão do novo vetor com a barriga. Se tivessem de decidir algo, já teriam decidido.

Giordani RS

Forevis-5 no TO de uma região com as dimensões da Amazônia é só para marcar presença da aviação de caça. Imagina um Forevis, acionado para interceptar, subindo com a pós combustão brilhando. Decolou e já tem que voltar!

Giordani RS

Aquele avião de carreira, atrás do Forevis-5, está um pouco sujo, não?

Guilherme Poggio

Aquele sujinho do fundo é um 737 da Rico Linhas Aéreas (a matrícula é bem visível PP-VMM).

Não voa já faz uns dez anos.

Do lado tem um Brasília com as cores da mesma companhia, mas que não deve voar mais também.

Últimas Notícias

Finlândia deve escolher jatos F-35 na concorrência de US$ 11 bilhões

A Finlândia deve escolher os caças F-35 da Lockheed Martin Corp. em sua licitação de 10 bilhões de euros...
- Advertisement -
- Advertisement -