Home Noticiário Internacional Queda do Super Tucano na Colômbia: Farc entregaram corpo de militar acidentado...

Queda do Super Tucano na Colômbia: Farc entregaram corpo de militar acidentado à Cruz Vermelha

395
22

Jordi Raich, delegado da Cruz Vermelha Internacional, confirmou a entrega do cadáver de um dos ocupantes do Super Tucano por membros das Farc. O outro corpo foi recuperado pela FAC ao meio dia desta quinta-feira.

 

Membros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) entregaram nesta quinta-feira ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) o corpo de um dos aviadores mortos no incidente com um Super Tucano da FAC (Força Aérea Colombiana) ocorrido nesta quarta-feira no departamento de Cauca, disse à agência Efe o delegado desta organização, Jordi Raich.

O fato, a entrega do corpo, se deu na área de Jambaló, onde a aeronave caiu, um Super Tucano A-29B (biposto) de fabricação brasileira, aeronave de apoio a contra insurgência que fazia parte da frota de aviões e helicópteros que dava apoio e proteção a visita do Presidente Juan Manuel Santos em sua visita ao departamento.

As vítimas são o tenente e piloto Andrés Serrano Lemus, 29 anos, e o primeiro sargento Oscar Castillo Moncaleano, 38 anos.

Acima, pertences dos tripulantes acidentados entregues pelas Farc à Cruz Vermelha Internacional

As equipes da Cruz Vermelha Internacional chegaram ao local depois  que membros das Farc mantiveram contato e informaram onde poderiam realizar a entrega do corpo.

O Comandante da Força Aérea, o general Tito Raul Pinilla disse que o incidente foi um acidente: “nós não temos nenhuma indicação de que o avião foi abatido” pelas Farc, enfatizou Pinilla, salientando que a situação está sendo tratada como um “crash”, o que ainda será investigado.

Foram deslocados inspetores da FAC até o local a fim de se determinar as causas do ocorrido, aguardando apenas que a área seja “limpa” e haja segurança para os investigadores.

Nesta mesma área de Cauca, recentemente, houve atentados e confrontos com a guerrilha com o Exército que deixaram uma criança morta e outros quinze civis mortos e feridos.

FONTE : elespectador.com / FOTOS: Radio Caracol (Colômbia)

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Poder Aéreo

VEJA MAIS:

22
Deixe um comentário

avatar
19 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
NautilusivanildotavaresGuilherme PoggioFernando "Nunão" De MartiniMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Nick
Visitante
Member
Nick

Porque será que o Suboficial não ejetou??

[]’s

ci_pin_ha
Visitante
ci_pin_ha

Parece que está confirmado que o Super Tucano foi derrubado, vejam a matéria do G1:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/07/aviao-militar-e-derrubado-pelas-farc-na-colombia-diz-jornal.html

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

Amigos, A discussao na Colombia no momento e se o ST caiu ou foi abatido. Se comenta da vulnerabilidade da aeronave a uma rajada da metralhadora .50 , e a outra possibilidade seria o uso de MANPADS, como e o caso do Igla. (duvido que o atual governo da Colombia iria ter a coragem de admitir essa possibilidade, porque o colocaria em choque com o Chavez). As FARC estao buscando comprar esse sistema no mercado internacional (oficialmente), mas secretamente, suspeita-se que o Chavez, que abriga o atual chefe das FARC em seu territorio haveria fornecido tal sistema para essa narcoguerrilha… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Tadeu Mendes disse:

Se comenta da vulnerabilidade da aeronave a uma rajada da metralhadora .50

Mas qual a aeronave que não é vulnerável a uma rajada de .50?

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

Nick,

O Oficial (piloto) nao ejetou (ai esta o misterio), mas o sub-oficial que e o co-piloto; esse sim ejetou, mas foi metralhado quando descia em paraquedas.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Sr. Fontes, que viu a aeronave, diz que há marcas de .50.

E, sim, uma .50 derruba uma aeronave. Os F-86 Sabre utilizavam
as .50 e derrubaram muitos MIG-15.

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

Guilherme Poggio,

Nos sabemos disso; que dependo da distancia, praticamente qualquer aeronave seriam vulneravel a uma rajada da .50.

O problema na Colombia no momento, e que esse detalhe tecnico esta virando debate politico, porque o governo se recusa a admitir que os guerrilheiros tenham condicoes de abater uma aeronave como essa, o qual poderia mudar toda a equacao no TO.

sds.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

O Super Tucano está sendo colocado a prova e todas, vejam bem, todas as aeronaves que foram colocadas à provas reais de combate tiverem de sofrer modificações, reforços, etc.

Fica ainda em aberto uma pergunta: qual foi a causa da queda do SP em Porto Velho?

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Noticias mais recentes dão conta de que o co-piloto ejetou e foi metralhado no ar, enquanto que o piloto caiu com o avião e também foi metralhado no solo.
Supostamente houve falha de motor ao mesmo tempo que este foi metralhado por armamento de baixo calibre (somente a cabine do ST é blindada) segundo frequência de rádio ouvida.

Sds.

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Se foi obra de míssil, mais provável a explosão ocorrer pela ação da espoleta de proximidade, do que pelo choque c/ a aeronave.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Última foto disponibilizada…. do ST caído na Colômbia (link abaixo).

https://www.elespectador.com/files/imagenprincipal/82b7f40edbdff3f5c97e977694b622d6.jpg

Note-se o estado de uma das asas….

Sds.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Baschera,

Mas essa foto aí é da cauda dele.

Não vi nada de mais.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Baschera, obrigado pelo link. Mas apenas lembro que isso não é asa. É a cauda. Aproveitando, pode-se observar na foto alguns detalhes de como, estruturalmente, essa parte aparenta ser bem forte. Foi uma impressão que eu tive na última ocasião que pude ver (externamente) vários detalhes do que a estrutura do Super Tucano mostra (externamente, podem ser vistos atuadores, os rebites que indicam as nervuras, cavernas e longarinas), e a impressão é de grande robustez. Interessei-me especialmente pela cauda, na ocasião, e discuti a questão com o editor Poggio, que estava lá também. Porém, se o que houve foi falha… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Putz… é vero….. Sorry Nunão…..estava digitando enquanto almoço …rsss.

Sds.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Nesta foto (link abaixo)… se podem ver marcas de armamento de baixo calibre…,, o que pode confirmar o abate, pois imagino que se fossem feitas depois da queda, a curta distância, provavelmente teriam perfurado a fuselagem

http://img69.imageshack.us/img69/9130/1000×9.jpg

Sds.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Lembrando também que, nesse momento, muitas informações (e contra-informações, evidentemente) tornam difícil palpitar muito sobre causas. Por exemplo, há informações de que sofreu disparos em voo, assim como há outras dizendo que houve disparos nos destroços – assim, vai ter que se estudar muito esses destroços e eventuais marcas de tiros nos mesmos para saber (caso as informações se confirmem) a origem de cada um.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Baschera, estava escrevendo enquanto vc escrevia. Também acho que, no caso de disparo a curta distância, poderia haver perfuramento. Mas aí entra um monte de outras variáveis: distância, calibre (tanto no caso de disparo nos destroços quanto na aeronave em voo). Disparou-se no avião em voo com armas de que calibre? Só um tipo de arma? Mesmas perguntas em relação a disparos em terra. Um projétil de metralhadora leve tem um poder, de pesada tem outro. Disparou-se à queima-roupa ou de longe, em terra ou no ar, ou ambos? É coisa para especialista tipo CSI… Mas nada impede da gente… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Correto Nunão. Acho que cabe, então, colocar-mos aqui a versão das Farc. Abaixo. Farc reivindicam derrubada de avião da Força Aérea colombiana As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) reivindicaram a derrubada, na última quarta (13), de um avião da Força Aérea nacional, durante um combate no departamento de Cauca. O incidente deixou dois militares mortos. Em um comunicado escrito pela Coluna Jacobo Arenas Farc-EP, a guerrilha confirma que o fato ocorreu “às 15h30 (17h30 de Brasília), na vereda Paletón, do município de Jambaló”. O avião Super Tucano, de fabricação brasileira, foi abatido por nosso fogo antiaéreo e foram mortos… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Nesta foto que o Baschera enviou …

(http://img69.imageshack.us/img69/9130/1000×9.jpg)

… parece que o avião levou uma pedrada e não um tiro.

Uma .50 arrancaria esse bordo de fuga ao invés de deixar umas marquinhas afundadas.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Poggio,

Na última foto que coloquei, veja que claramente são marcas de projéteis…. marcas de tiro mesmo…. porém como já disse antes, mais perecem de pequeno calibre…..uma .50 deixaria apenas os furos, pois o projétil atravessaria a fuselagem., mesmo de razoável distância.

Sds.

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

No assento trazeiro havia um Suboficial! Será se, na FAB, isso acontece? Na Segunda Guerra Mundial era normal um Suboficial pilotando um caça, conforme registrado na Batalha de Midway.
Desculpem o Off-topic.

Nautilus
Visitante
Nautilus

Senhores, esta foto que o Baschera postou mostra marcas que seriam tiros de armas de pequeno calibre, que sequer chegaram a perfurar as chapas. Mas notem que os supostos tiros estão na parte superior da asa (a aviso de “não pise aqui” demonstra isso). Estaria o Super Tucano voando de dorso, para ser atingido na parte superior das asas? Em resumo, não acredito em abate. Esses supostos tiros que sequer penetraram a aeronave não causariam a sua queda. Se fossem de .50, sim. Mas não vi tais marcas. A verdade vai aparecer em algum momento. Mas não acredito, com o… Read more »