Home Indústria Aeroespacial Mais imagens do radar Raven ES-05 AESA no Gripen NG…

Mais imagens do radar Raven ES-05 AESA no Gripen NG…

756
7

…e outras informações apresentadas em Farnborough 2012 pela Saab

Na quarta-feira, 11 de julho, a Saab realizou uma apresentação sobre o programa Gripen NG e liberou, em seu site, arquivo pdf com o conteúdo apresentado. Na página de notícias sobre a feira, também há algumas fotos (menores) do demonstrador do Gripen NG tendo seu radome aberto para mostrar a antena do radar (coberta por uma proteção).


Mostramos aqui algumas das telas e fotos mais interessantes, mostrando estimativas de raio de ação em dois tipos de missão, custo previsto de horas de voo, entre outras informações. Mas você pode clicar neste link para acessar a página que disponibiliza o arquivo original completo, em inglês.

FONTE: Saab

7
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
NautilusNickFernando "Nunão" De MartiniedcreekIvan Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

É impressão minha ou o direcionamento da antena se dá pela rotação desta?

E alcance de voo de traslado, 3960 km, nada mau hein?

Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

E Nunão, esse pdf do link tem uma imagem melhor daquela tabela de custo de horas de voo do Gripen e de outros caças. Você poderia usar ele para aumentar a imagem do outro post, que está quase ilegível.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Clésio,

É exatamente o que vc percebeu.
A rotação da base com a antena inclinada 30º ‘para cima’ permite ao Gripen E/F ‘apontar’ o radar para os lados, para cima ou para baixo.

Interessante imaginar um elemento (duas aeronaves) de Gripen E/F em uma Patrulha Aérea de Combate (CAP – Combat Air Patrol), onde os caças apontem suas antenas para lados opostos e troquem informação on-line pelo datalink. A varredura a frente da dupla seria de pouco mais que 180º, praticamente um hemisfério.

Uma solução engenhosa para um caça pequeno, que não teria espaço para outras antenas, como está planejado para o PAK-FA.

Abç,
Ivan.

edcreek
Visitante
Member
edcreek

OLá,

Muito interessante mesmo, realmente egenhoso!!!

Abraços,

Nick
Visitante
Member
Nick

É bom lembrar que essa antena AESA não ficará girando o tempo todo, como fazem as antenas mecânicas. Esse reposicionamento se dará por exemplo, como no caso que o Ivan citou, 2 Gripens voando, cobrindo com as antenas posicionadas de modo a ter uma grande área de vigilância.

[]’s

Nautilus
Visitante
Nautilus

Clésio Luiz
12 de julho de 2012 at 8:02 #

E alcance de voo de traslado, 3960 km, nada mau hein?

Clésio,

Você converteu as 2.200 milhas náuticas usadas em aviação, por milhas terrestres. Na realidade, o alcance de translado é de 4.070 km. 🙂