Home Editorial F-X2: faltam 18 dias para acabar o primeiro semestre de 2012

F-X2: faltam 18 dias para acabar o primeiro semestre de 2012

62
33

Autoridades do governo  insistentemente divulgaram, desde o início do ano, que o resultado do F-X2 seria divulgado neste primeiro semestre de 2012. Lembramos que faltam apenas 18 dias para o término do semestre e do prazo dado pelas próprias autoridades. Qual será a próxima desculpa para a não divulgação?

Veja abaixo uma coletânea de matérias apontando o prazo para o primeiro semestre deste ano.

 

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giordani RS
7 anos atrás

Essa madruga assistia o jornal da globonews, quando apareceu a síndica, discursando para os militares(acho que era na academia naval) e dizendo mais uma vez de que o governo precisa investir em novos equipamentos, no reaparelhamento sistemático e na valorização profissional…me deu um sono que consegui dormir…

thomas_dw
thomas_dw
7 anos atrás

a Austria levou 25 anos para escolher o EF2000, e courtou 1/3 da encomenda quando comprou … nois num ta tao ruim asin.

Nick
Nick
7 anos atrás

Faltam 18 dias para o fim da temporada da novela FX-2. Vamos aguardar o final dessa temporada, e qual vai ser o “gancho” para o próxima (2013).

[]’s

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Ainda acredito que sai antes de 1° de Agosto.
E digo mais, acredito num pacotão de investimentos em defesa do GF até 2014.
Será? Será?

geobosco
geobosco
7 anos atrás

Façamos o seguinte: vamos esperar a “reeleição” do Presidente Barack Obama e aí depois vamos decidir qual caça comprar e de quem. Acho que posso sugerir um novo título para a nova novela : ” FX-2 e os caçadores dos aviões perdidos: a saga continua”

thomas_dw
thomas_dw
7 anos atrás

Nao ha condicoes no momento de se fazer tal compra em vista das eleicoes Municipais de 2012, em 2013 ja sera fim de governo devemos aguardar 2016 quando o novo governo ja estiver mais em andamento, em 2017 nao sera possivel de se fazer tal compra em vista das eleicoes Municipais de 2018, em 2019 ja sera fim de governo devemos aguardar 2021.

Giordani RS
7 anos atrás

O que a FAB tinha de fazer é seguir a cartilha…já avisou e reavisou o GF…chegou 2040, o Forevis-5 não aguenta mais, pronto, acabou, não dá mais! Tem substituto? Não. Então, não tem defesa aérea…deu, simples. O salário vai estar na conta e no dia certo…

Almeida
Almeida
7 anos atrás

Final de 2013 os F-2000 darão baixa, 2017 começarão os F-5M, 2020 não terá mais nenhum deles e os A-1M começarão a dar baixa também e ficaremos apenas com os A-29 a partir de 2025 ao invés dos 120 caças de 4.5 geração planejados. Isso é Brasil “potência”.

A não ser, é claro, que algum governo receba algum por fora pra escolher uma aeronave qualquer superfaturada…

Giordani RS
7 anos atrás

Pois é Almeida, mas em 2025 vai ver a aposentadoria dos que deixaram a FAB assim…vai ver o patrimônio dos que permitiram tal…com certeza terão multiplicado por 120… 🙁

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Quem não planeja vive de apagar incêndio.

Quem planeja mas não executa termina por apagar incêndio também,
mas ao menos tem os caminhos mapeados para agir com menos afobação.

Certamente a FAB tem planos de contingência, mas sabe perfeitamente que vai ter que pagar mais caro por não ter recebido autorização para agir no tempo certo.

Pelo andar da carruagem (ou carro de boi pela lentidão) o ‘tampax’ ‘TX2’ será inevitável.

Sds, 🙁

Justin Case
Justin Case
7 anos atrás

Amigos, Não recebeu autorização? Mas não dizem por aí que foi a FAB que não quis o F-X decidido e anunciado pelo governo? Planejamento? Mas o F-X teve seu requisito operacional assinado em 1992. Menos afobação? Todas as ofertas, compromissos, informações estão na mão dos decisores há mais de dois anos! O que falta? Inevitável TAMPAX? Por quê? Basta decidir, negociar, contratar, produzir, receber. Comprar TAMPAX (daqui a uns três anos, se for “meia boca”) e esperar mais dez anos para começar o processo F-X de novo? De que planeta serão oriundos os condutores do processo na próxima década? Serão… Read more »

Franco Ferreira
Franco Ferreira
7 anos atrás

Ajuste no título: 17!

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Antes algum Tampax, desde que não sejam M-2000 novamente, do que Le Jaca!!!
Companheiros do Aéreo, não podemos esmorecer, senão a petralhada nos entubará, a FAB e a nós contribuintes pagantes de impostos, c/ mais este item da nefasta “parceria estratégica” França-Brasil!!!
Entusiastas unidos, jamais serão vencidos!!!

Daglian
Daglian
7 anos atrás

Eu não concordo de maneira alguma com tampax… é absolutamente RIDÍCULO que a SEXTA ECONOMIA DO MUNDO, um PAÍS CONTINENTAL, não consiga comprar 36 caças de 4a geração!!! Ninguém suporta mais. Entendo que os colegas não aceitam uma FAB sem aviação de caça, mas eu penso assim: ou caças modernos ou NADA. Eu prefiro ver a nossa força aérea sem caças à esta com caças velhos no osso arriscando a vida de seus pilotos. Defender uma nação como a nossa com caças antigos e em pequeno número é praticamente o mesmo que não defendê-la. Já que não há interesse (aparentemente)… Read more »

cristiano.gr
cristiano.gr
7 anos atrás

Comentário do Daglian: “… largas-se essa questão eo governo que se vire caso ocorra uma guerra.” Em caso de guerra a primeira coisa a ser feita é os militares tomarem as rédeas e não deixar nenhum político vendido controlar a situação. Em caso de guerra o país inteiro pagaria por ela e não seria justo ficarmos nas mãos dos ratos e gatos de Brasília. A transferência de tecnologia é muito boa se bem aproveitada e aprimorada, mas não adianta pagar caro para tê-la e fazer a escolha da aeronave baseada na maior transferência se ela for mal aproveitada, como nos… Read more »

cristiano.gr
cristiano.gr
7 anos atrás

A França foi escolhida como parceira estratégica por haver interesse de ambas as partes, por ser potência nuclear e ser integrante do Conselho de Segurança da ONU, e, também, e principalmente, por ter negociado a venda dos submarinos com transferência de tecnologia e desenvolver o casco do submarino nuclear brasileiro, com ToT no casco. Essa aliança estratégica também tem como intenção se fortalecer contra o crescente fortalecimento militar da Venezuela, pois a França possuí o território da Guiana e não tem interesse que haja algum combate próximo as suas fronteiras. Baseado nisso é fácil visualizarmos que a escolha fique sobre… Read more »

Daglian
Daglian
7 anos atrás

cristiano.gr, Exatamente por isso que estou dizendo que os militares se empenham, mas não fazem milagres. Embora em caso de guerra toda a nação pague, acredito que isto não está claro nem na mente dos brasileiros nem na mente de seus políticos (ou está mas não é de seus interesses?). Explique-me, então, como defendermos nossa nação contra um inimigo sem os F-5M e os F-2000 (quando estes se aposentarem)? Com mais tampões? Será que isso será efetivo? Já foi dito diversas vezes aqui: a nação não tem interesse em defender-se? Então que os militares simplesmente não se preocupem mais com… Read more »

Optimus
Optimus
7 anos atrás

HEHEHE… Meus caros, em caso de guerra, vcs acham que as ratazanas de BSB que deixaram a situação chegar esse ponto ficariam no Brasil para defender a nação?! A primeira coisa que farão é na calada da noite entrar nos seus jatinhos particulares e zarparem para um exílio (GTE vai ter mais trabalho que a aviação de caça nesse dia…) e de lá ficarem escrevendo artigos chorosos e pacifistas lamentando o imperialismo e as guerras no mundo, mas isso claro em seus belos apartamentos no quartier latin regados a bons vinhos e de tudo que há de bom e do… Read more »

Giordani RS
7 anos atrás

Bom, vamos partir para a hipótese(hi-pó-te-se) de um Tampax², qual deverá ser?

Digamos que amanhã, surja nova desculpa, transferindo para o próximo governo a decisão do Forevis Xis(hipótese beeeem plausível), qual seria o vetor e quais serião as opções?

F-16s do AMARGS?
Gripens C/D?
Tornardos?
Kfir´s?
F-5 Tiger III chilenos?
Mais M2000?
Mais Forevis-5?
Seja o que deus quiser?

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Minhas opções:

F-16; Gripen C/D e “Seja o que deus quiser?”, mas M-2000 nunca mais!!!

Nick
Nick
7 anos atrás

2 Tampax me parecem ser os mais viáveis: F-18 C/D canadenses e os Gripen C/D suecos. F-16 da AMARG teriam passar por extenso processo de revitalização das células e isso sairia muito caro. M-2000 usados praquê se temos 12 e não queremos mais eles? E retrofita-los para o padrão -9 sairia a preço de caça novo, praticamente.

Mas Tampax como tampax mesmo, ou seja apenas para dar mais tempo dos caças do FX-2 estarem operacionais. E darem o descanso merecido aos F-5EM e M-2000C.

[]’s

Justin Case
Justin Case
7 anos atrás

Putz,

Não adiantou nada.
Após o que escrevi, foi postada quase uma dezena de comentários, opinando qual seria o melhor TAMPAX.
E esse é um post sobre F-X2!
Assim não pode. Assim não dá! 🙁
Abraços,

Justin

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Justeau Cas, Realmente “dá uma tristeza… … mas com o andar no passo de tartaruga manca é o que se dá. Mas cabe algumas respostas às suas perguntas: “Não recebeu autorização? Mas não dizem por aí que foi a FAB que não quis o F-X decidido e anunciado pelo governo?” NÃO houve autorização formal e (apesar do que dizem) NÃO foi decidido nada formalmente. O que houve foi a manifestação informal e intempestiva de autoridades nacionais, mas sem a devida formalização. Falaram demais e agiram de menos. Outro esclarecimento: “Planejamento? Mas o F-X teve seu requisito operacional assinado em 1992.”… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Os F/A-18 canadenses são A/B e não C/D.

Giordani RS
7 anos atrás

Mas Ivan,

Num país que não cumpre prazos nem pagamentos, e os exemplos são diários, vide a matéria da Barreira do Inferno, porquê diabos com o gripen E/F seria diferente? Comprar para desenvolver e montar aqui é tiro no pé! É AMX²!

E Jus,
Não fica assim. Pessoal tá cansado e com a Esperança à minguar…fora alguns insistentes torcedores, pessoal já sentiu o que vai acontecer… 🙂

“O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente.” (Mahatma Gandhi)

gilmarjosilva
gilmarjosilva
7 anos atrás

Esta indefinição do governo sobre o FX-2 é uma vergonha para o Brasil. Não é falta de dinheiro pois em abril os tributos arrecadados pelo governo chegaram à cifra de 92.6 bilhões de reais. Como eu disse, não é falta de dinheiro. É falta de um projeto para o futuro de nossas forças.

Alexandre
Alexandre
7 anos atrás

Cristiano, “aliança estratégica também tem como intenção se fortalecer contra o crescente fortalecimento militar da Venezuela, pois a França possuí o território da Guiana e não tem interesse que haja algum combate próximo as suas fronteiras” Tal afirmação é equivocada pois, se vc der uma olhada no mapa, se quer a guiana francesa faz fronteira com a Venezuela. Para chegar próximo a guiana frâncica as tropas do canceroso (o Chavez, não o de 9 dedos) teriam que atravessar a Guiana (Ex-Guiana Britânica) e o Suriname (ex-Guiana Holandesa) ou o território brasileiro. No 1º caso, Chavez abriria confronto direto com “Uncle… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Outro detalhe a respeito do Hornets canadenses, é que parte das células (62 A e 18 B) foram reformadas entre 2001 e 2010, mas o restante, que sabe-se lá se será substituída pelo F-35, não .
Então essas células não reformadas, tb seriam mto caras de atualizar, pois teriam que ser zeradas.

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Giordani RS, Gostei muito da citação que vc postou… foi trilegal tchê. Por isso gostaria de acrescentar outra: “Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova.” . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (Mahatma Gandhi) Vc tem razão. (Como também meu amigo e seu conterrâneo Francisco AMX.) O grande risco do Gripen NG é tornar-se um “AMX²”, a missão. Mas acredito que podemos fazer diferente, podemos construir um futuro sem repetir os erros do passado e aproveitando o que aprendemos de positivo.… Read more »

Nick
Nick
7 anos atrás

Caro Mauricio R,

Obrigado pela correção.

E sobre o post, 16 dias, e contando…..

[]’s