Incidente com avião da Embraer em Chicago

    133
    5

    A cauda de um avião Embraer 135 se enganchou com a asa de um Boeing 747 na pista de pouso do Aeroporto Internacional O”Hare de Chicago nesta quarta-feira e obrigou a retirada de 21 passageiros, informou o jornal “Chicago Tribune”.

    Vinte e um passageiros viajavam a bordo do Embraer, da companhia American Eeagle, enquanto três tripulantes estavam no Boeing. Os aviões foram inspecionados e ninguém ficou ferido no incidente, afirmou Larry Langford, porta-voz do Departamento de Bombeiros de Chicago.

    O acidente ocorreu às 13h locais (14h de Brasília), quando o avião da American Eagle havia aterrissado, procedente do Missouri, e se dirigia ao terminal do aeroporto. Já o Boeing 747 voaria para o Alasca, mas no momento do incidente não levava passageiros.

    FONTE: EFE, via Terra

    Subscribe
    Notify of
    guest
    5 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Marcelo
    Marcelo
    8 anos atrás

    o ideal é mudar o titulo da matéria para incidente. Acidente é usado quando há vitimas.
    Abraços

    Eleazar Moura Jr.
    Eleazar Moura Jr.
    8 anos atrás

    Nosso complexo de inferioridade, bem como a discriminação do mundo em relação ao Brasil é fogo. Quando lemos uma manchete dessa o que vêm logo à cabeça é a falta de qualidade do produto brasileiro. Ora, verifica-se pela reportagem que o que houve foi uma falha humana, no caso do piloto, agora se fosse um acidente com um Airbus ou um Boeing a manchete já enfatizaria que o que ocorreu foi um erro do piloto, dos controladores, das condições climáticas etc, ninguém colocaria jamais em cheque a qualidade do avião. Já pensou se naquele acidente com o A-330 da Air… Read more »

    RA5_Vigilante
    RA5_Vigilante
    8 anos atrás

    Off topic, mas bem interessante (747).

    *ttp://www.youtube.com/watch?v=cHhZwvdRR5c

    Sem motores >> cg deslocado.

    Saudações

    sergiocintra
    sergiocintra
    8 anos atrás

    Eleazar

    Recentemente, no canal de assinatura que passa “Desastres aéreos”, relataram a queda de um Embraer 120 da American Eagle, onde após as investigações concluiram ser falha grave da manutenção – Uma equipe iniciou o procedimento e outra “terminou” (quase) – não computando em nenhum momento, quanto a origem do produto. Mas acredito que a credibilidade dos produtos está intrisicamente ligada a “garantia da qualidade” e quanto a isso só aos incautos desconhecem a nossa capacidade industrial. Fique frio!
    Infelizmente negatividades Vende. São raros os meios que não trilham esse caminho.