sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

F-X2: nova desculpa é aguardar visita de Hollande à Rio+20

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Segundo notícia divulgada pela AFP, visita do novo presidente francês à Rio+20 pode determinar licitação milionária de caças para a FAB

A visita do presidente francês, François Hollande, ao Brasil poderá ser decisiva para determinar uma licitação milionária para a compra de caças, pela qual disputam França, Estados Unidos e Suécia, afirmou nesta quarta-feira uma fonte do governo em Brasília.

“A visita de Hollande pode desatar o nó” e ajudar a definir a licitação, disse a fonte, que não quis se identificar.

O Brasil pretende decidir nos próximos meses o valor da licitação estimada em cerca de 5 bilhões de dólares. Na disputa estão os aviões Rafale da fabricante francesa Dassault, o F/A-18 Super Hornet da americana Boeing e o Gripen NG do sueco Saab

Nenhuma das propostas nos agradam” neste momento, porque a França mantém um preço alto e o Brasil teme as intenções dos Estados Unidos ao transferir sua tecnologia, apesar de ter obtido o compromisso do Congresso e do presidente Barack Obama, explicou a fonte.

A visita de Hollande ao Brasil, agendada para a cúpula Rio+20, entre os dias 20 e 22 de junho, pode ajudar no esclarecimento da proposta e das condições da França, disse a fonte. O ministro da Defesa, Celso Amorim, já afirmou que a licitação será definida ainda este ano, depois de ser adiada devido a cortes orçamentais.

A recente decisão da Índia de entrar nas negociações exclusivas com a França para comprar 126 caças Rafale, como parte de uma oferta estimada em 12 bilhões de dólares, trouxe novidades para a negociação, a principal delas seria o preço mais conveniente do que o oferecido ao Brasil. A proposta da Índia de entrar no contrato brasileiro não agradou o Brasil, já que o governo não abre mão de construir o avião em solo brasileiro, segundo a mesma fonte.

FONTE: AFP (Agence France Presse) via Band

NOTA DO EDITOR o título da matéria original é “Hollande: visita pode resolver compra de caças”, que foi aproveitado na composição do subtítulo. Mudamos para que a matéria faça parte, mais claramente, da nossa série informal “desculpas para continuar justificando o atraso na decisão do F-X2”. Mais matérias da “série” estão abaixo.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

39 Comments

Subscribe
Notify of
guest

39 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick

Essa fonte parece ser a mesma de um forista que posta no DB. Praticamente as mesmas palavras. 🙂

Agora será que é a mesma fonte do Baschera? 😀

No mais, dizer o que de uma fonte que só menciona Rafale (preço alto) e F-18 E (nenhuma ToT) e ignora o Gripen E/F(preço baixo e com a melhor ToT).

Resumo: Se foi decidido, (segundo as fontes) porque ficar nesse mimimi eterno, nesse Loop vicioso, onde o GF não sabe se vai ou se fica. Já se passaram 4 anos do FX-2 e mais de 10 do F-X. Lamentável.

[]’s

asbueno

É uma vergonha. Creio que o Hollande não desejará e não terá espaço para reduzir o preço do Rafale. Aliás, quem deve diminuir é o fabricante e não o governo. Este último pode, sim, reduzir alguns encargos ou, de fato, subsidiar. Aí é que a coisa pega. Em tempos de austeridade, não faz sentido reduzir o preço para agradar um país e desagradar seu público interno. Ainda mais recém eleito. Se a Índia não tivesse aberto negociações com a França e o Brasil tivesse interesse em uma encomenda inicial de um centena, ai sim eu acreditaria que pudessem rever os… Read more »

Edgar

Agence France-Presse? Ah sim.

Creio que essa agência tenha uma forte ligação com a Boeing e o governo americano…

Augusto

O sujeito diz que “Nenhuma das propostas nos agradam” e faz referência ao Super Hornet e ao Rafale somente. O Gripen foi deliberadamente alijado da conversa? Eita!

Observador

Senhores, O Hollande virá ao Brasil, irá embora e o FX-2 continuará na mesma. Isto porque concordo com o colega Asbueno: quem pode abaixar o preço é o fabricante o qual, depois do negócio da Índia (para não dizer da China), não está mais desesperada para vender o Rafale ao Brasil. É o mais do mesmo: era para esperar as eleições francesas para não comprometê-las (rá, rá, rá: é muita arrogância do governo da Bananalândia achar que podia influenciar a eleição na França). As eleições passaram. E agora? Este governo parece cada vez mais o governo do sapo barbudo: naquela… Read more »

juarezmartinez

Boa noite senhores!

A fonte já diz tudo, AFP…..

A decisão está tomada, e devidamente informada ao alto comando.

Grande abraço

asbueno

Repito o que já escrevi em outra ocasião: o negócio não saiu e talvez não sairá por dois motivos: desinteresse quase completo em tratar de compras militares (não creio que seja revanchismo, é desinteresse e incompetência mesmo, do governo anterior, deste e do próximo) e a possível dificuldade em negociar a “fatia de $$$” para alavancar partido e pessoas.

André Bueno

Baschera

O problema não é a AFP, mas sim quem escreveu isto…. – deixou deliberadamente o Gripen E/F de fora, justamente um dia após o Poder Aéreo noticiar a construção de dois protótipos do modelo suíço. – diz textualmente: “Nenhuma das propostas nos agradam”…. nos “quem” cara-pálida ?? Só a Dilma ? O GF como um todo ? O MD ? O ministro da Defesa ? O ministro da Indústria e Comércio ? O Itamaraty ? A FAB ? A COPAC ? A tonga-da-mironga-do-cabuletê ? O Vaticano ? ….. – a tal “fonte” deve ter sido reprovada no ensino primário, já… Read more »

asbueno

Outra coisa. Corremos o risco de passar ainda mais vergonha. Ao exigir (se for verdade) que o preço do Rafale caia, o que parece difícil com um pedido de 36 aviões e que haja garantia “irrestrita” de ToT por parte da Boeing (governo americano), podemos nada conseguir daqui e dali. E daí, o que farão se nada conseguirem? Dirão “está bem, vocês venceram”? Como diz o Vader, a garantia de ToT necessária ao cumprimento do RFP foi dada e a FAB andou com estes três aviões que já conhecemos. Não fosse assim não estariam na short list (for long time).… Read more »

asbueno

Boa Baschera.

Na verdade criticamos um artigo raso de embasamento e impreciso.

Espero que a fumaça branca não se converta e cinza e que o nome do engenho aeronáutico escolhido seja anunciado breve.

Acabariam duas novelas péssimas: a do FX em si e a da necessidade urgente da reposição de caças pela FAB.

Nick

Caro Baschera, Juarez,

Essa situação se resolveria simples: A FAB solta um comunicado curto e grosso: “FX-2, por decisão da Presidente, e aval técnico da FAB, caça X está escolhido e seguirá negociações para detalhamento do contrato e condições financeiras e off-set.”

Mas não, temos que ficar nesse limbo perdendo tempo.

[]’s

Corsario137

AFP = CAÔ

A FAB e o GF não estão nem aí para o que se fala na imprensa paga internacional.

Até Junho chegaremos, de Junho não passaremos. Tenham fé.

Abemus Hornets 😉

Baschera

Nick,

Se o Comd. Saito assim procedesse….. ele estaria pisando em cima do titular do MD e da PresidentA….. e todos sabemos que ele é um pouco baixinho para isto….. 🙂

Sds.

Observador

Senhores, Não é só por desinteresse ou por falta de oportunidade de “descolar algum por fora”. Temos um terceiro problema – e talvez o maior – a afligir a presidente: o desgaste político do anúncio da compra. É o seguinte: ela tem feito o impossível para evitar as manobras dos seus aliados para aumentar os gastos correntes, especialmente em um ano de eleição municipal. Como ela vai fazer um anúncio de uma compra bilionária para o setor de defesa e deixar de atender a corja fisiológica entranhada no Poder? Como falei em outras ocasiões: o segundo semestre se aproxima e… Read more »

Baschera

Observador,

Não se preocupe, se for questionada a justificar o FX-2 à população, a PresidentA, como boa petista, vai responder de acordo:

– Ela pode dar uma de Cachoeira e não responder p#rr@ nenhuma…..

– Pode dizer que os caças serão responsáveis por defender os estádios da Copa contra ataques alienígenas.

– Ou, como escreveu um amigo meu, pode dizer que comprou os caças para atacar Los Hermanos…. 🙂

Qualquer modo, o povão não tem o menor interesse… a não ser que falte carne para o churrasquinho de laje do final de semana !

Sds.

Giordani RS

Pessoas que são boas em arranjar desculpas raramente são boas em qualquer outra coisa. (Benjamin Franklin)

wallace

Se essa “2ª matéria da série”, assim como a primeira, for verídica, já está mais do que claro, escrito de e reescrito, e até explicado por mímicos, que o Brasil já se decidiu pelo Rafale há muito tempo, agora é só questão de negociar preço…

Triste…

Mauricio R.

Bem são somente novas desculpas p/ um velho problema, nada mais.
O importante é:

#embraerforadofx2

É bom p/ a FAB e melhor ainda p/ o Brasil, mas somente se o SH e/ou o NG forem adquiridos.
Le Jaca é da mesma cepa daquela praga de uva, que grassa em Itajubá…

Grifo

Senhores, isto é só a Agência France Presse fazendo o seu trabalho. É só ligar o filtro e ir em frente.

FLIGHTER

O mas chato é que estamos deixando oportunidades irem embora constantemente por conta desta tal “TOT” irrestrita, que não existe !!!, pois quem domina todas as tecnologias, só vão passar as “NECESSÁRIAS”. É nos deixando o aprendizado fugir por entre as mãos, mesmo não sendo um destróier imperial galáctico, o Gripen nos daria a base para vôos mais longos e com real ganho em tecnologia, e tudo cabendo dentro do bolso, ou tem alguém aí que acha que vamos entrar em guerra com uma nação, com caças melhores que os nossos, ufanistas e pessoas com mania de grandeza, já existem… Read more »

FLIGHTER

Por favor retirar meu comentário das 10:39, saiu antes da correção.
Grato

Gilberto Rezende

Na falta de notícia se cria notícia… E não sei de ONDE alguém tirou que o Gripen AINDA tem alguma chance real no FX-2… Só para LEMBRAR o ano atual é 2012 e em 2013/14 os F-2000 vão ser aposentados e ficaremos só com o F-5 Forevis… Está mais que claro : O PRIMEIRO PROTÓTIPO do Gripen E/F (ex- NG) só ficará pronto no final deste ano e INICIARÁ seus testes de desenvolvimento. Correntemente a Suécia se comprometeu (FINALMENTE !) com uma compra (cala-boca ou para inglês/suíço/brasileiro trouxa ver) de 10 aeronaves Gripen E/F para que o governo Suíço possa… Read more »

FLIGHTER

Gilberto Rezende disse:

24 de maio de 2012 às 10:47

Caro Gilberto, o que o governo brasileiro quer e ter a tecnologia nas mãos, e fabricar no Brasil as aeronaves, se o americano não passa a tecnologia, a do francês é cara, as tecnologias do Gripen a custo muito mais em conta nos serão passadas e futuramente poderemos desenvolve-las junto com os suecos, agora quanto ao tempo, vamos ter que comprar de prateleira de qualquer jeito, pois o prazo já passou.

Leonardo

A fonte não garante a credibilidade das informações, no entanto, gostaria muito de ter a certeza absoluta que o Rafale não tem mesmo a menor chance, mas uma coisa é certa, do jeito que é o nosso GF, a ausência do Obama na RIO+20 pode pesar a favor dos franceses.

Nick

Caro Gilberto, O maior risco que corremos com o Gripen E/F é ter maior autonomia do que com o F-18 E/F ou o Rafale. 🙂 Volto a repetir: Se tívessemos assinado com os Suecos em 2009, um desses protótipos estariam saindo de Gavião Peixoto em 2012. Agora, é claro depois de 4 anos de atraso nesse decisão, perdemos boa parte do desenvolvimento do Gripen E/F, que continuará sendo desenvolvido sem participação do Brasil. Triste é saber que perdemos mais uma oportunidade. Mas… mesmo que se assinasse algo agora, ainda participaríamos nos processos de ensaios, e claro na versão mais personalizada… Read more »

Gilberto Rezende

Flighter, Tecnologia BARATA é, por definição, tecnologia DEFASADA ou que não TE INTERESSA. A tecnologia SUBSTANCIAL que a SAAB pode REALMENTE oferecer é de integração de sistemas disponíveis no mercado na prateleira. E para ISSO tenho que concordar com o Osires Silva, a Embraer pode fazer QUASE tão bem quanto a SAAB (não faz IGUAL porque a SAAB tem um pouco mais de experiência com o projeto das duas gerações de Gripen Legacy A/B e C/D e outras aeronaves mais antigas). Se o Brasil quer continuar a pensar PEQUENO e não gastar o que REALMENTE CUSTA para se ter a… Read more »

Gilberto Rezende

Nick sua fala soa como um ________________… Perderíamos sim TODO o desenvolvimento do DEMONSTRATOR Gripen. Sua afirmação é simplesmente uma ________________________. Em 2012 não sairia NADA de Gavião Peixoto que não fosse uma versão brasileira do Gripen DEMO com air frame do Gripen C/D e sem radar AESA. Só sairia algo diferente disso se o Brasil de 2009 a 2012 entrasse como parceiro de desenvolvimento e aportasse recursos MAIORES que o que dispunha a SAAB para o desenvolvimento. O que VOCÊ e todos que defendem o Gripen se negam a admitir que a SAAB quer e PRECISA na verdade alguém… Read more »

Mauricio R.

A operação do Gripen legado mesmo na forma de leasing, sucesso na Rep. Theca e na Hungria, seria uma verdadeira benção p/ a FAB. Nos livraríamos dos inúteis M-2000 e dos franceses e suas práticas trapaceiras e desonestas de criarem dificuldades, e não foram poucas, p/ nos venderem mto caro, facilidades de duvidosa serventia. Teríamos uma aeronave mto mais moderna, mto mais em conta de operar e manter, vantagens inexistentes no material francês ora operado. Poderíamos substituir aos F-5, conforme estes encerrasseem suas vidas úteis restantes e poderíamos tb cancelar o pretendido update dos AMX/A-1, aeronave restrita a somente 2… Read more »

Nick

Caro Gilberto,

Não sei do que tu me chamou, nem importa. 🙂

Tu podes discordar das minhas opiniões e até mesmo contra-argumentar. Mas entenda: O Gripen E/F protótipo(um deles) sairia sim de Gavião Peixoto. 🙂

Mesmo porque como você mesmo diz estaríamos sim pagando pelo desenvolvimento do Gripen E/F, e sendo co-proprietários e também produzindo grande parte da estrutura e alguns aviônicos do Gripen E/F.

[]’s

Gilberto Rezende

Amigo, NICK, sabendo-se o estágio atual do projeto Gripen DEMO/NG/E/F sua afirmação de que se tivéssemos assinado com a SAAB em 2009 em 2012 estaria saindo de Gavião Peixoto um Gripen NG para FAB só há como classificar sua opinião como: a) loucura; b) mentira; c) brincadeira; d) ingenuidade; E esta é MINHA opinião sobre a sua opinião. Se os editores não entenderam, paciência… P.S. Não lhe chamei de nada, me referi no post anterior apenas a opinião emitida, em a) e b). Apenas acho que realmente a palavra adjetiva que usei depois de b) é que ficou pesada demais… Read more »

Daglian

Gilberto disse: “O Super Hornet SEQUER é um caça de força aérea, é um caça NAVAL adaptado e nem de perto é o melhor da tecnologia americana. E mesmo esta tecnologia de segunda ou terceira mão americana “suficiente”, o Brasil NUNCA terá acesso total e SEMPRE terá seu uso monitorado política e economicamente da sua “maravilhosa e moderna” tecnologia Yankee.” Aonde está escrito que o Super Hornet é caça naval? Só porque ele opera em porta aviões ele não consegue combater partindo de terra? Vale lembrar que a Austrália o utiliza em sua FORÇA AÉREA. Isso não é argumento. O… Read more »

Carcará 01

Gente, tão usando cada argumentp espúrio pra defender o rafail que eu nem vou entra no merito… Putz… Dizer que o SH usa tecnologia de terceira ou que os “yankees” nao vao cumprir com o combinado em contrato, o que alias que fizeram foram os franceses, é forçar demais a barra… Ta me cheirando a desespero…

Nick

Caro Gilberto, Pode entender minha opinião como loucura, ingenuidade, etc.. 🙂 Mas acreditando ou não, é o que aconteceria. Infelizmente para que isso fosse possível, o contrato teria de ter sido assinado em 2009. Hoje obviamente não teria como. Vale lembrar que: de 2 protótipos, um já está montado e outro em fase de montagem, o que coincide com o a notícia sobre o Raven ES-05. Ou seja um deles poderia estar sendo montado aqui. Aliás de 4, 2 seriam, se não me engano. Fariam uma boa parte da campanha de ensaios por aqui. Sobre o Gripen E/F voar no… Read more »

ricardo_recife

O governo Dilma não sabe o que quer em relação ao FX-2. O preferível para este governo era deixar a coisa do jeito que está. O Rafale é muito caro e não vale o que custa. O F-18 Super Hornet é by EUA. E a neura esquerizoide não deixa. O Gripen E/F não interessa por que a Suécia não é um Global Player (é a sindrome do Brasil pufencia). Talvez o mais estranho disto tudo é que atuamos no projeto Gripen E/F via Akaer (fuselagem central, fuselagem traseira e das asas), Atmos (radar Raven) além do memorando de entendimento com… Read more »

Grifo

Das que eu lembro, destacam-se as que citaram de forma pejorativa ou negativa (o ex-ministro da Defesa Jobim, por exemplo, que comparou a oferta sueca com promoção de refrigerante e cerveja). Caro Nunão, a FAB não fala publicamente sobre os concorrentes. Talvez seja por isso que você não veja muitas declarações pró-Gripen vindo do Governo. Acho que o fato dos lobistas pró-Rafale e a própria Dassault sempre fazerem questão de falar mal do Gripen NG, a ponto de em algumas entrevistas falaram mais do Gripen NG do que do seu próprio produto, para mim mostra que as chances do caça… Read more »

Gilberto Rezende

Grifo quem DECIDE é o governo federal, a FAB assiste… Como nós… Se é que é verdade que ainda tem algum desavisado na FAB (da área operacional) que ainda torce para o Gripen. QUALQUER oficial operacional da FAB que está acompanhando as notícias do F-X Suíço já entendeu realmente o grau de maturação do projeto Gripen E/F, o comprometimento do governo sueco e quando honestamente se espera o início da produção seriada da versão MK 1 deste projeto. E sabendo nossa situação de só F-5 Forevis apartir de 2013/14 a conclusão óbvia de que o Gripen já está descartado fica… Read more »

Luis

“Grifo quem DECIDE é o governo federal, a FAB assiste… Como nós… Se é que é verdade que ainda tem algum desavisado na FAB (da área operacional) que ainda torce para o Gripen.” Mas quem analisou foi o COPAC, afinal é a FAB quem entende de aviões. Pra que serviu o relatório final? Se não for Gripen, a FAB prefere SH. Francês, só o pãozinho matinal. “E sabendo nossa situação de só F-5 Forevis apartir de 2013/14 a conclusão óbvia de que o Gripen já está descartado fica mais que óbvia…” Os setenta Gripens A/B/C/D que a Suécia tem estocados… Read more »

Tadeu Mendes

Eu simplesmente nao entendo como algumas pessoas acreditam sinceramente, que os Rafales sao melhores/superiores que os Super Hornets. O SH e um caca naval sim, e dai??? A diferenca deles para os Rafales, e que os F-18 sao bem mais robustos e portanto mais pesados. As turbinas do SH sao melhores, sua avionica e mais sofisticada, seu radar e top of the line, e seu poder de fogo e de arrepiar. Nao estou dizendo que o Rafale seje um mal caca, mas para mim, nao tem como competir com os Vespoes. Ate porque o preco dos Rafales ate parece artigo… Read more »

Últimas Notícias

Força Aérea Brasileira inaugura nova estação radar de vigilância aérea em Rondônia

Estação será usada pelo Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) para auxiliar na proteção de fronteiras do Brasil A...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -