Home Aviação de Patrulha Começa a Reunião de Aviação de Patrulha em Salvador

Começa a Reunião de Aviação de Patrulha em Salvador

194
1

Começou neste domingo (20/05) a XXIX Reunião da Aviação de Patrulha (RAP), em Salvador. Neste ano, os eventos acontecerão no Centro Militar de Convenções e Hospedagem da Aeronáutica (CEMCOHA) e na Base Aérea de Salvador. A abertura foi feita pelo Brigadeiro do Ar José Alberto de Mattos, Comandante da Segunda Força Aérea.

A reunião tem como objetivo avaliar procedimentos aéreos e terrestres, proporcionar intercâmbio operacional, troca de experiências e atualização da doutrina entre as unidades de patrulha da Força Aérea Brasileira. Adicionalmente, promover o espírito de corpo e propiciar o congraçamento e estreitamento dos laços de amizade entre todos aqueles que integraram e integram a Aviação de Patrulha.

Participam do evento o Major-Brigadeiro do Ar R1 Wilmar Terroso Freitas, Subdiretor de divulgação do INCAER e Presidente da Associação Brasileira de Equipagens da Aviação de Patrulha (ABRAPAT), o Chefe do Estado-Maior do Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR), Coronel-Aviador Paulo Vladimir Ribeiro Rodrigues, o Coronel-Aviador Mauricio Carvalho Sampaio, Comandante da BASV, o Tenente-Coronel Aviador Amilton Fernandes Pinheiro Junior, Chefe da subdivisão de aeronaves do PAMA-AF, militares do 1º/7º GAV, do 2º/7º GAV e do 3º/7º GAV, com sede, respectivamente, em Salvador, Florianópolis e Belém, militares da Marinha do Brasil e um representante da empresa Aeroeletrônica.

A XXIX RAP termina no próximo dia 22 de maio, com a realização de cerimônia alusiva ao Dia da Aviação de Patrulha. A atividade foi planejada pela Segunda Força Aérea (II FAE), sediada no Rio de Janeiro, responsável, entre outras atividades, por preparar o emprego de toda a Aviação de Patrulha da FAB.

FONTE: Agência Força Aérea

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

Nada de praia e menos ainda cervejinha, agora temos ac de petrulha maritima decente, então é arregaçar as mangas e trabalhar.

PS: Aviação de Patrulha Marítima, qndo tem aquelas festa comemorativas dos feitos na 2ª Guerra Mundial, aquelas suásticas ganhas lutando sem sair do Brasil.
Como é que se senta a Aviação de Interdição, Apoio Tático e Ataque ao Solo, que deveria ser “de Caça”, que foi á Itália e não trouxe nenhuma???