Home Aviação de Caça Peru pode comprar Super Tucano, mas quer transferência de tecnologia

Peru pode comprar Super Tucano, mas quer transferência de tecnologia

917
8

O ministro da Defesa do Peru, Alberto Otárola, se reuniu nesta terça-feira com o titular da pasta no Brasil, Celso Amorim, com quem analisou assuntos de segurança nas fronteiras e uma possível compra de aviões de combate para reforçar o poder da aviação peruana.

“Foi analisada a possibilidade de uma venda de aviões, mas da perspectiva de uma cooperação industrial”, o que também representaria uma transferência de tecnologia, disse Amorim a jornalistas ao lado do ministro peruano.

Otárola detalhou que seu país está interessado na tecnologia do Super Tucano, um turboélice de ataque ligeiro e treinamento avançado desenvolvido pela Embraer, considerado ideal para operar nas densas regiões amazônicas.

A Força Aérea peruana possui cerca de 30 aviões Tucano, um modelo anterior, e pretende modernizar esses aparatos em uma operação que poderia incluir ainda a aquisição de dez Super Tucano, indicaram os ministros.

Segundo explicaram à Agência Efe fontes oficiais, o Super Tucano tem atualmente um preço de entre US$ 10 milhões e US$ 15 milhões, que varia em função do equipamento bélico incorporado.

Amorim e Otárola também começaram a analisar as bases de um futuro acordo de segurança nas fronteiras, que segundo explicaram será similar e complementar ao que o Peru já mantém com a Colômbia.

O ministro brasileiro indicou que esse acordo representará uma maior cooperação entre os países, com troca de tecnologia e sistemas de satélites que ambas as nações utilizam para vigiar as regiões amazônicas.

Após a reunião com Amorim, Otárola deve visitar uma base da Força Aérea Brasileira em Anápolis (GO), a cerca de 130 quilômetros de Brasília, onde terá a oportunidade de voar em um Super Tucano.

Nessa base conhecerá ainda o avião-radar E-99, que também é desenvolvido pela Embraer e adaptado especialmente para operações de vigilância na região amazônica.

Otárola também visitará a sede da Embraer em São José dos Campos (SP) e depois irá ao Rio de Janeiro, onde nesta quarta-feira percorrerá instalações da Marinha, nas quais possivelmente será realizada a manutenção dos submarinos peruanos IKL 209.

No Rio, o ministro peruano conhecerá também um centro de alta tecnologia do Exército, no qual são fabricados os veículos de combate 4×4 Gaúcho, desenvolvidos pelo Brasil em parceria com a Argentina.

FONTE: EFE, via Epoca

NOTA DO BLOG: ainda segundo notícia semelhante publicada no Portal Terra, o Peru estaria interessado no KC-390 e no veículo encouraçado de terra (sic) Guarani.

8
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Corsario137Fernando "Nunão" De MartiniBascheraNickLatino dark Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Latino dark
Visitante
Member
Latino dark

Olha ai que boa noticia ,,,para o nosso super tucano e quem sabe para o kc-390

Nick
Visitante
Member
Nick

Os Tucanos da FAB também não precisam de uma modernização/revitalização? Seria uma boa fazer essa parceria ae.

Agora o que seria esse 4×4 gaúcho??? Nunca ouvi falar.

[]’s

Baschera
Visitante
Member
Baschera

ToT para a merreca de 10 ST ??

Aí também é dose…. não poderia ser alguma contrapartida comercial ??

Nick,

Gáucho em espanhol ou Gaucho em protuguês é um veículo leve, aerotransportável da classe VtrLEmpGeAetrnp…. calma, eu explico… VtrLEmpGeAetrnp = Viatura leve de Emprego geral Aerotransportável.
Trata-se de um projeto binacional, Argentina/Brasil, para uma espécie de “bugre” militar blindado, leve, rústico, todo-terreno, versátil e de baixa silhueta, capaz de ser lançado de paraquedas….etc.

Bem, para não me alongar, cito abaixo, matéris do reconhecido Expedito Carlos S. Bastos, da Ufjf.

http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/GAUCHOBLINDADO.pdf

Boa Leitura !!

Sds.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

A mesma coisa está acontecendo com a Colômbia, que adquiriu o Super Tucano e está recebendo tecnologia para modernizar o Tucano, se não me engano.

Sobre o 4×4 Gaucho: http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/GAUCHO4x4ARGENTINA.pdf

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Ops, o Baschera foi mais rápido, precisamente um minuto mais rápido.

Nick
Visitante
Member
Nick

Caro Baschera, Nunão,

Grato pelos esclarecimentos sobre o 4×4 Gaucho 🙂

Me parece ser um projeto interessante…se aguenta mesmo tiros de 7,62, IEDs e Minas… seria uma espécia de mini-HUMMVEE …hehehehe

[]’s

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Nunão….

Bond…… Baschera Bond !!

Rsssssss.

Sds.

Corsario137
Visitante
Member
Corsario137

Mais um operador escolhe nosso produto, reforçando ainda mais a qualidade excepcional desta aeronave.

Parabéns a Embraer. Notícia importante neste momento de tentativa de tapetão nos EUA.