Home Indústria Aeroespacial A linha do tempo da aviação militar dos EUA

A linha do tempo da aviação militar
dos EUA

626
16

Nas fotos, a linha do tempo mostrando os protótipos que voaram na Base Aérea de Edwards, desde os anos 1940. Clique nas imagens para ampliar.

16
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
Vassilialan berniniOzawaMarcosNick Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
jacubao
Visitante
jacubao

Aonde vcs arrumaram isso???????
Muito shou de bola mesmo.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Onde compra? 😉

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

Comparem a “genealogia” aeroespacial americana com os demais paises.

Da para comparar???? De jeito nenhum.

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Se eles se esforçassem mais um pouco ficaria quase tão boa quanto a nossa 🙂

Bronco
Visitante
Bronco

Às vezes eu escuto muito a expressão “Know-how” para coisas banais.

Isso aí sim é know-how.

As pessoas olham para o F-22 ou para o F-35 e acham que ele surgiu do nada, de uma prancheta, quando na verdade ele é resultado de décadas de experiência e de formação de cabeças pensantes na indústria militar americana.

asbueno
Visitante
Member
asbueno

De fato, a “[…] a “genealogia” aeroespacial americana […]” (TADEU MENDES) é fruto do interesse político americano e de sua visão estratégica. Tudo bem, militar leva à guerra e esta a mortes, mas há os spinoffs, para as mais variadas áreas. “As pessoas olham para o F-22 ou para o F-35 e acham que ele surgiu do nada”. (CLÉSIO LUIZ). Edwards “trabalha” desde a década de 40. São setenta anos de um grande volume de trabalho! São erros e acertos da indústria aeroespacial americana. Edwards é “apenas” a ponta do iceberg, digamos assim. Se a EMBRAER nos dá orgulho, imagine… Read more »

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

@asbueno

Acho que você confundiu o Bronco comigo.

Nick
Visitante
Member
Nick

Coleção fantástica essa. 🙂

Impressiona a quantidade de aeronaves experimentais.

[]’s

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Nota-se que cada década que passa a quantidade de protótipos dimunui. É provável que os investimentos, entretanto, sigam uma escala inversa. A somatória de dinheiro investido nas décadas de 40/50 deve ser impressionantemente inferior a somatória dos investimentos na décadas de 90/00, mesmo decontando-se a inflação.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Leandro Segatti (facebook):

E o Brasil?

Ora, o Brasil é a maior potência nunca antes na história dessas galácticas!!!

asbueno
Visitante
Member
asbueno

Clésio

SIm, de fato, cometi um engano!

Como complemento: o discurso de TT, difundido há tempos, não cola. Ou melhor, não substitui o knlw how, back ground and so on que os EUA tem em pesquisa, desenvolvimento e fabricação de aeronaves e seus sistemas.

A TT, se efetivamente ocorre-se, seria um quebra galho.

Abraços.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Desafio aéreo para o “Poder Aéreo”:

Selecionar as aeronaves experimentais que o Brasil produziu!!!

Seguem alguns:

Convertiplano (CTA) por Prof. Focke

Beija-flor (CTA) por Prof. Focke

BQM1BR (CBT) –

Ozawa
Visitante
Member
Ozawa

Parece uma exposição de entomologia num museu de história natural…
Uma imensa folha de isopor com “voadores peçonhentos” espetados…

Uns besourões, umas abelinhas, uns mosquitinhos, uns zangões, umas moscas varejeiras, umas libélulas, uns marimbondos…

Muitos com uns zunidos bem estridentes e uns deles com ferrões bem peçonhentos…, que assustaram muita gente grande, e alguns deles, fora do isopor, ainda assustam…

asbueno
Visitante
Member
asbueno

Ozawa,

Muito boa sua comparação. É uma verdadeira fauna. Darwin adoraria estudá-la. Fico imaginando Santos=Dumont diante desse quadro.

Imaginem se houvesse uma exposição como todos os modelos, mesmo em uma escala reduzida, com fotos de seus voos, detalhes destes… Seria um orgasmo aeronáutico!

Putz, imagino uma viagem ao Smithsonian Air and Space Museum…

alan bernini
Visitante
alan bernini

Um ótimo infográfico/linha do tempo em 3D! 🙂
Estou trabalhando em algo parecido com alguns modelos que possuo.
Muito bacana mesmo!

Vassili
Visitante
Vassili

AS Bueno,

Se o nosso querido patrono aeronautico visse uma cena destas, com certeza que ficaria desolado até os fios de cabelos, pois não gostava de ver sua invenção sendo usada para fins militares……..

Mas que é uma linda cena, é……… para nós que gostamos do assunto.

Nos mais, o fato de o F-117 não constar neste quadro deve ser simples: ele não foi testado na Base Aérea de Edwards, e sim em Groon Lake, Nevada…….

abraços.