sábado, julho 2, 2022

Gripen para o Brasil

Array

Documento mais antigo do TTE suíço mostra versão anterior do Gripen

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Ainda é possível encontrar informes e documentação mais antiga sobre o TTE (Tiger-Teilersatz, ou programa de substituição parcial do F-5 Tiger II suíço, cujo vencedor anunciado na última quarta-feira foi o caça sueco Gripen), seguindo alguns caminhos menos comuns no site da Força Aérea Suíça. Isso porque  o site é publicado em três línguas originais (italiano, francês e alemão), com algumas diferenças entre uma versão e outra e também em relação à versão resumida em inglês. Isso permite acesso a partes que não estão no ar em alguma versão ou mesmo no site da Armasuisse (organização suíça dedicada às aquisições de defesa), que também trazia informações sobre o TTE.

Um documento em pdf com as características do Gripen, acessível a partir da área do TTE em alemão, mostra uma versão diferente da que foi divulgada no pdf que acompanhou o informe sobre a seleção do caça sueco, publicado no último dia 30 de novembro de 2011 no site do Departamento de Defesa, Proteção Civil e Esportes (DDPS) da Suíça. Na parte do pdf novo que pode ser vista na imagem mais abaixo (com data de 28 de novembro de 2011 e que já mostramos em matéria anterior), o motor indicado é o General Electric F414G, o mesmo que equipa o demonstrador do Gripen NG (que testa as mudanças que deverão ser implementadas nas versões E / F do caça).

Já no documento antigo, com data de 21 de agosto de 2008 e que pode ser visto na imagem acima, a motorização é o Volvo RM-12, que equipa a versões C/D. Essa diferença, além de todas as informações já declaradas por fontes suíças e da Saab nesses últimos dois dias, deixa ainda mais claro que a proposta do Gripen foi atualizada ao longo do processo.

Além da motorização, pode-se notar também as diferenças de peso vazio e máximo de decolagem, comprimento, envergadura, além do perfil da aeronave: a ilustração do caça no pdf mais novo mostra claramente a nova configuração do trem de pouso principal que vem sendo testada no Gripen NG Demo, que libera mais espaço na fuselagem para combustível. Curiosamente, a carga de armamentos externos não foi alterada, embora tenham sido acrescentados dois pilones.

Se ao invés dos jpgs disponibilizados nesta matéria você preferir acessar os arquivos originais em pdf (aproveite enquanto ainda estão disponíveis nos sites da Força Aérea Suíça e do DDPS) basta clicar aqui para a versão nova e aqui para a versão antiga. A nova versão também mostra, num mesmo documento, os dados técnicos dos outros dois concorrentes, Dassault Rafale e Eurofighter Typhoon.

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Poggio

Nunão,
Deve-se destacar também a grande cobertura que fizemos e ainda fazemos sobre as concorrências nos EAU e no sortlist do MMRCA. Em ambos os casos o caça sueco não participa.

Últimas Notícias

Marinha e Força Aérea dos EUA testam novo míssil de microondas de alta potência

ALBUQUERQUE, N.M. - Os laboratórios de pesquisa da Marinha e da Força Aérea dos EUA estão encerrando um esforço...
- Advertisement -
- Advertisement -