segunda-feira, maio 23, 2022

Gripen para o Brasil

Táticas de combate aéreo: ‘Deep Six Attack’

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Nessa manobra tática, o MiG-21 inimigo surpreende dois F-5E por trás, que fazem uma curva evasiva de 90 graus para cada lado. O inimigo, por sua vez, toma a vertical para ganhar energia, enquanto o ala também sobe e o líder curva para baixo. O F-5 ala faz um “head on” com o MiG e mergulha, atraindo o inimigo para baixo.

O MiG tenta engajar o líder, mas acaba encaudado pelos dois F-5, que conseguem ficar atrás dele em posição de tiro.

VEJA TAMBÉM:

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre este e outros assuntos no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz

No livro sobre o MiG-21 escrito pelo Yefim Gordon (que é de nacionalidade russa) consta que um F-5E capturado pelo Vietnam do Norte no final da guerra, foi levado para a URSS para ser estudado. Foi feita uma série de combates simulados e em todos eles o Tiger foi vencedor, simplesmente porque curvava mais que o MiG-21 e as vantagens deste em desempenho não puderam ser convertidas em vitórias nos combates.

Alexandre Galante

Sim Clésio, segue o link com o vídeo do F-5E capturado sendo testado pelos russos:

http://www.aereo.jor.br/2010/03/13/f-5e-capturado-e-testado-pela-urss/

jacubao

O bichinho é veinho pacas mas ainda dá trabalo aos mais modernos caças se o engajamento for a curta distância e mesmo na arena BVR (os modernizados), ainda dão um caudo, não na linha de frente, mas um pouco mais recuado, fazendo números.

Últimas Notícias

Novas fotos do caça furtivo chinês J-35

Foram divulgadas novas fotos do caça furtivo J-35 de 5ª geração baseado em porta-aviões em desenvolvimento pela China. Baseado no...
- Advertisement -
- Advertisement -