Home Noticiário Nacional Amorim diz que compra de caças é fundamental e urgente

Amorim diz que compra de caças é fundamental e urgente

103
28

Brasília – A compra de caças para a Força Aérea Brasileira (FAB) é considerada fundamental e urgente pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, mas ainda não foi discutida “em profundidade” com a presidenta Dilma Rousseff.

Amorim, que participa hoje (29) de audiência na Comissão de Relações Exteriores do Senado, destacou a relevância do assunto devido ao estado dos caças Mirage que país detém e do tempo que as empresas que produzem os aviões levam para entregá-los.

“Até o final de 2013, nenhum dos 12 Mirages que estão em Anápolis estará em condição de atuar plenamente. É algo realmente muito urgente, muito importante. A necessidade de defesa da Amazônia, das fronteiras, impõe que nós tenhamos uma aviação de caças adequada”, afirmou Amorim.

Apesar disso, o ministro disse que falou apenas superficialmente sobre o assunto com a presidenta. Amorim ressaltou ainda que os aviões não serão escolhidos apenas pelo preço, por considerar que “em defesa, o barato sai caro”. A transferência de tecnologia, já colocada como requisito na escolha dos caças, será fator determinante.

“Há atenção prioritária à transferência de tecnologia. Não apenas a promessas de transferências de tecnologia, mas a questões contratuais e à presença de empresas brasileiras no processo de transferência”, explicou o ministro.

FONTE: Agência Brasil

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre este e outros assuntos no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick
Nick
8 anos atrás

Se fosse fundamental e urgente para o Governo Federal, em 2009 já teriam fechado o anúncio e em 2010 o contrato. Então fala sério, Sr Ministro. Não consigo acreditar que esse assunto não foi discutido exaustivamente com a presidente Dilma. Ela assumiu quando? 1º de Janeiro? Já estamos em Outubro, praticamente. 2012 é logo ali. 2013 então. Em 2013 os M-2000 serão desativados. Com isso sobra para os F-5 EM que terão de voar mais, o que gerará ainda mais desgaste das celulas. O que deve antecipar o prazo previsto dos mesmos para desativamento. FX-2 (sendo otimista) : 2012 é… Read more »

Baschera
Baschera
8 anos atrás

Sr. Ministro….que é URGENTE …eu sei …. a quinze anos !! O que eu não entendo é porque ninguém quer assumir a compra ou aquisição dos vetores necessários. Se bobear, nem mesmo esta administração os comprará…. Perdemos quinze anos que poderiam, com investimento em P&D, ter gerado algo como ao menos um quarta geração nacional, ao estilo do programa KC-390. Então dizer que é urgente, este modesto comentarista já sabe….. o que quero entender são os motivos que levam a que se adquiram tampões e não se decide no tempo hábil o que fazer de melhor e mais correto para… Read more »

edcreek
edcreek
8 anos atrás

Olá,

Ele está de bricandeira, não foi discutido? Para com isso, republica bananeira…….

Pelo menos ele deixou claro que o preço não será o fator determinante e sim ToT com participação de empresas nacionais, leia-se Rafale, como vem acontencedo com o Sub e os Helis.

Abraços,

DrCockroach
DrCockroach
8 anos atrás

O Amorim teve encontro agendado com a Dilma fazem dois dias… Se nao existe vontade de concluir o FX-2 ele estaria, desnecessariamente, colocando a Dilma em saia justa. Embora dali pode sair qualquer coisa… Recordar eh…ter pesadelos: o discurso dele foi identico (transcrito aqui pois nao escutei) ao do NJ: Preco nao importa, ToT eh determinante e, como o Lobim, de que as tecnologias seriam colocadas em contrato (o Lobim apenas incluia a palavra “Rafale”); Quanto custa a ToT? Eh para quem? Quais sao os motivos? Eh value for the money? … Alguem perguntou isto na audiencia? Acho que o… Read more »

DrCockroach
DrCockroach
8 anos atrás

Complementando, quanto sairiam os jets sem ToT? Por exemplo, o Rafale custaria 3-4 bilhoes de dolares a menos sem a ToT? Eh por isso que eh bem mais caro, por causa da generosa ToT? A resposta comeca com N e terminao com O.

[]s!

Vinicius Donadio
Vinicius Donadio
8 anos atrás

É realmente é algo muito mais q urgente!…urgente isso foi a uns 10 anos atras, agora é ver no que isso vai dar. Se for tampax como provavelmente devera ser, tomara q seja Gripen A/B…ou D/C

Ozawa
Ozawa
8 anos atrás

A essa altura do campeonato, e pela delonga dessa discussão, o Brasil não precisa de um caça…, o Brasil precisa é de uma coça…, e bem dada !

asbueno
asbueno
8 anos atrás

Ozawa, muito bem escrito.

Nossos governos são ineptos em criar e gerenciar qualquer estratégia. Antes a carência econômica escondia tal inépcia. Agora ela está escancarada.

Abraços.

JapaMan
JapaMan
8 anos atrás

Bom, uma coisa ficou sem clara, nas palavras do Sr. Ministro: Vai dar Rafale, não tenho mais dúvidas. Uma rodeio, disfarçar e voltaram para o mesmo ponto.

Infelizmente o apagão é inevitável, ( no caso da compra das 3 opções do Fx) e a quantidade de equipamentos pelo valor q será pago serão insuficientes, porque estamos pagando (se não me engano) quase a mesma coisa q a índia e vamos levar 36 enquanto la eles terão 120?

coisas de Brasil.
abraços

jacubao
jacubao
8 anos atrás

hohohohoooo…. Ele acabou de descobrir o planeta terra, hohohoh.
Concordo plenamente com o Ozawa e ainda acrescentarei o seguinte:

Tem que dar uma surra no Brasil sim e tem que ser uma surra de gato morto e bater até o gato “latir”.

Renato Oliveira
Renato Oliveira
8 anos atrás

Grandes Jacubão e Ozawa… ri muito (tem que rir pra não chorar).
JapaMan, não se esqueça que aqui tem muitos ‘intermediários’, o que acaba encarecendo…
Agora, em relação à TOT, pra valer esse preço da jaca, só se transferir a SNECMA, a Safran, a Thales, a Nexter, etc. pra cá.

Gueorgui Jukov
Gueorgui Jukov
8 anos atrás

Como o Ministro disse o Barato saí caro e o duro investimento vai por aguá abaixo.

Urgente era faz 30 anos quando novos caças com mais tecnologia começaram a surgir, não venham com a balela de que os F-5 davam conta na época, que eu vou rir e muito.

Se o Rafale e a bola da vez que chute logo no gol, e que pelo menos uma vez nesse seculo a FAB diga que teve algo que preste, eu preferiria o F-18 mas como não sou eu que decido, que venha o Francês ou o Americano tanto faz.

jacubao
jacubao
8 anos atrás

Vamos melhorar mais ainda Renato Oliveira, vamos transferir toda a frança, afinal de contas ela cabe inteirinha no Brasil junto com a Guiana, Polinésia e etc. 😀

Antonio M
Antonio M
8 anos atrás

o barato pode sair caro mas , nenhum dos três “classificados” no “FX2” são baratinhos!!!!

E lembrar também que, o que é caro pode sair ainda mais caro principalmente quando não tem escala, o custo de operação/manutenção é alto demais, o que faz aumentar os gastos com manutenção de hangares para as “rainhas de hangares” …..

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Antonio M
8 anos atrás

A frase “o barato sai caro” é basicamente a mesma de dois anos atrás, falada pela mesma pessoa (embora em outro cargo), nas explicações que vieram na esteira do pronunciamento de Lula em 7 de setembro de 2009, anunciando um início de conversas com o consórcio do Rafale. Lembram? Dois anos! E a mesma conversa. Será que já não passou tempo suficiente para mudar o disco e tomarem uma decisão de uma vez? Seja pelo caro que sai barato, pelo barato que sai caro, pelo caro que sai caro, pelo barato que sai barato ou ainda pelo barato que é… Read more »

Corsario137
Corsario137
8 anos atrás

Qualquer um que me venha com esse papo de “Transferência de Tecnologia” consegue me levar as raias da loucura, mesmo o Ministro Amorim, a quem eu tenho grande respeito. As regras do fórum não me permitem deixar claro o suficiente o que eu penso sobre isso. Então, sendo apenas sucinto: É um blá-blá-blá sem pé nem cabeça. O “timming” favorece muito o Ministro caso o FX saia, porque mesmo chegando ontem ele terá “resolvido” um problema que se arrasta a duas décadas. Eu só aposto alguma ficha nele depois que sair o real orçamento da União. Vamos ver o quão… Read more »

Observador
Observador
8 anos atrás

Senhores, Nenhuma novidade na fala do Sr. ministro. A preferência dele por este avião era apontada até mesmo pelo ex-Ministro Nelson Jobim. Celso amorim SEMPRE foi defensor do Rafale, em razão da insistência absolutamente estúpida da esquerda brasileira em buscar o não-alinhamento com os EUA, custe o que custar. Felizmente, quem decide não é ele. É ela. E ela já sofreu pressões que chega para comprar o caça francês. E não deu o braço a torçer. Se era para ser o Rafale, porque não no oba-oba depois das eleições, ocasião em que ninquém reclamaria? E mais: por que o Sarkozi… Read more »

Corsario137
Corsario137
8 anos atrás

Caro Observador, Complementando o que você disse, eu acho que a Dilma colocou o Celso não só por ele ser um nome aceito pela base mas porque ele não tem maiores pretensões políticas e acima de tudo é submisso a presidência. O NJ era um louco, saiu do ministério da pior e mais ultrajante maneira possível, fechou uma porta por onde ele jamais conseguirá voltar. Como eu disse acima, minha esperança é que o Amorim vista de fato a camisa do ministério. Ele tem a retórica e a confiança da presidenta a seu favor para realizar os grandes projetos que… Read more »

ricardo_recife
ricardo_recife
8 anos atrás

É uma palhaçada! O Amorim acha que somos todos idiotas! Agora ele percebeu quite há um risco real e muito sério de apagão na FAB. Por que não perceberam isto antes do Timoneiro Genial de Todos Os Povos ter metido o bedelho em um assunto em que é completamente incompetente? Se o Molusco não houvesse se metido nisso já teríamos encerado o assunto. Não há coincidência! Primeiro plantam a noticia que Dilma quer comprar a jaca, mas não tem dinheiro. Depois o molusco vai a França e agora isto, com o mesmo discurso do NJ. A campanha canalha já começou.… Read more »

Luis
Luis
8 anos atrás

Tá esperando o quê, então, pra trazer os Gripens C/D dos estoques suecos? Até o Saito foi lá na Rep. Tcheca dar uma olhada nas máquinas. De preferência a maior quantidade possível.

Eduardo RA
Eduardo RA
8 anos atrás

Amigos,
o FX-2 é o próprio “Plunkt-Plakt-Zum”: não vai a lugar nenhum.
O único apagão que a turma de Brasília entende é o de energia, mesmo assim porque dá munição pra baixar o malho (oposição) ou pra superfaturar umas obrinhas de “infra-estrutura” (governo).

Edgar
Admin
8 anos atrás

Pessoal, acho que essa frase do ministro, dado o tremendo lobby que a Boeing fez em Brasília esse ano e que em minha opinião foi bem sucedido, valeria também para o F-18 como possível argumento pela não escolha do vetor mais barato, mas, claro, numa visão muito otimista de minha parte.

jacubao
jacubao
8 anos atrás

Eu também estou torcendo pelos SH mas sabemos que isso é um jogo de cartas marcadas. 🙁

DrCockroach
DrCockroach
8 anos atrás

Concordo com o observador que se o Rafale estivesse garantido o sarkozy nao estaria novamente fazendo lobby. Mas sem querer entrar em politica partidaria, mas acho que aqui eh pertinente, apesar da linha dura da Dilma, ela o eh com outros partidos da coalizao, nunca com o PT. O J. Dirceu foi, acidentalmente, pego no ano passado dizendo p/ sindicalistas que com a Dilma o partido teria mais influencia, o que nao acontecia com o Lula. Vejam o Mantega, supostamente da cota do Lula, soltando as asinhas como nunca e implementando, parcialmente, uma agenda do partido. Vide a recente protecao… Read more »

Vader
8 anos atrás

Senhores, não “priemos cânico”: 🙂 Leiam com mais atenção a declaração do Amorim: “Não apenas a promessas de transferências de tecnologia, mas a questões contratuais e à presença de empresas brasileiras no processo de transferência” Pra mim meus amigos, modestamente, isso é significa tumba de Le Jaquê, e sua ToT “irrestrita” (leia-se: “prometida”) a partir da 36a aeronave… 😉 Não se esqueçam camaradas: Celso Amorim tinha SIM pretensões políticas; inclusive já havia se filiado (ou prometido se filiar), salvo engano ao próprio PT. Porém a pantomima do Irão, da qual ele esperava sair laureado quem sabe até para um Nobel… Read more »

Renato Oliveira
Renato Oliveira
8 anos atrás

Amém, Vader.

Renato Oliveira
Renato Oliveira
8 anos atrás

Jacubão, a França toda não seria interessante, mas com uma seleção bem cuidada, ia dar alegria!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
8 anos atrás

Eles (GF, PT e grande parte da massa ignara) pensa que o Brasil esta imune a conflitos, invasoes, ataques e ao terrorismo. Essa gente pensa que o Brasil esta em outro planeta, longe das potenciais guerras, que ja despontam no horizonte. Somos um pais dificil de invadir, dada as dimensoes e o numero de habitantes, e longe dos barris de polvora politico, mas nem por isso estamos imunes a um ataque estrategico que decapite nossa infraestrutura. Um ataque as usinas de Itaipu e Urubupunga por exemplo, poderia colocar o pais completamente de joelhos. Com um minimo de dano colateral (fatalidades),… Read more »